Crescimento em 2017

Publicação: 22/02/18
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

O Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas sinaliza crescimento de 1% em 2017, após dois anos seguidos de contração. Pela ótica da oferta, a maioria das atividades apresentou recuperação quando comparada com a variação de 2016, sendo que a agropecuária e extrativa mineral tiveram os maiores índices (12,8% e 4,5%, cada uma). Um País ainda extrativista. Já o crescimento de 1,8% da transformação é 7,3 p.p. maior que o registrado em 2016, o das atividades de comércio e transportes que tiveram respectivamente de 8,0 p.p. e 7,9 p.p, de expansão superior ao apresentado em 2016.

Comércio
Na pesquisa da Boa Vista SCPC, o movimento do comércio cresceu apenas 0,2% em janeiro, acumulando em 12 meses um avanço de 2,6%. O indicador acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil. Já na avaliação contra janeiro do ano anterior, houve incremento de 9,7%. Portanto, após dois anos de retração, o indicador do comércio já apresenta sinais robustos desde o final de 2017.

Recuperação
Mais uma notícia que mostra a lenta reação da economia. O setor de serviços bate recorde de participação dentre os pedidos de recuperações judiciais e de falências em 2017, revela a Serasa Experian. O setor teve 40,7% dos pedidos de recuperações judiciais e 41,5% dos de falências. Em seguida, 482 pedidos ocorreram no comércio (33,9% do total). A indústria registrou 313 pedidos de recuperação (22,0% do total).

Análise
O veto presidencial ao Refis das pequenas e micro empresas será apreciado pelo Congresso no dia 6 de março. O Sebrae e a Frente Parlamentar mista da MPE seguem com mobilização de deputados e senadores para beneficiar 600 mil empresas que devem à Receita Federal. A derrubada do veto permitirá que as micro e pequenas empresas tenham as mesmas condições, concedidas às grandes corporações, de renegociar dívidas com a Receita Federal em até 180 meses.

Previsão
Será hoje, às 11 horas, na sede da Emparn, a divulgação do boletim de análise e previsão de chuvas para o período de março a maio. Os meteorologistas do Nordeste e do INPE vão elaborar a previsão se abaixo da média, dentro da média ou acima da média histórica.

Intenção de consumo
Pode melhorar mais a recuperação da economia. É que a intenção de consumo das famílias cresceu 4,2% de janeiro para fevereiro. O desejo de consumir mais das Famílias, medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), chegou a 13% na comparação com fevereiro de 2017. Segundo a entidade, a alta é provocada pela melhora do poder de compra das famílias. Apesar disso, a CNC considera que a recuperação da intenção de consumo é lenta, distante dos níveis observados entre 2010 e 2012.

Fraudes
O consumidor potiguar terá a orientação da Operação Semana Santa para evitar fraudes em pescados. Auditores fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizaram a operação em 12 estados e no Distrito Federal, coletando amostras de pescado nacionais e importados, na rede varejista. É o controle oficial de eventuais fraudes como a substituição de espécies de pescado, quando é embalado um peixe diferente daquele informado no rótulo.

O Ministério do Trabalho e Emprego fiscalizou 50.596 empresas notificando 19.497 devedoras e recuperou R$ 4,2 bilhões, em 2017, para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Essas empresas deixaram de depositar o dinheiro nas contas vinculadas dos seus trabalhadores. As maiores arrecadações ocorreram em São Paulo (R$ 692 milhões) e Rio (R$ 485 milhões). O recuperado em 2017 foi 35,4% maior do que em 2016.

O demonstrativo do Imposto de Renda 2017, do INSS está disponível para consulta no site “meu.inss.gov.br”. Quem é obrigado a declarar o IR já podem acessar o demonstrativo de rendimentos. Cerca de 40 milhões de brasileiros devem declarar o imposto de renda este ano. O INSS recomenda que a impressão seja feita na internet ou nos terminais dos bancos.

A produção de plástico cresce 2,5% em 2017 e supera as expectativas. O setor também comemora a retomada de empregos, que registrou quase 5 mil novas vagas. Já a produção brasileira de aço bruto fica estável estável em janeiro, em torno de 2,9 milhões de toneladas um aumento de 1,3% quando comparada com o mesmo mês de 2017.

Turismo
O planejamento do turismo potiguar para 2018 será apresentado hoje, na primeira reunião do ano do Conselho Estadual do Turismo (Conetur/RN), no Centro de Convenções, a partir das 10h. A Secretaria de Estado do Turismo do RN e da Emprotur confirmam as feiras locais, nacionais e internacionais já programadas. A Fecomércio também vai detalhar os números de uma pesquisa de demanda turística no RN.

Debate
A captação de novos voos para Natal é tema de abertura do 9º Fórum de Turismo do RN, que acontecerá nos dias 23 e 24 de março no Centro de Convenções de Natal. O palestrante será um dos principais especialistas em aviação comercial na América do Sul, Roberto Luís de Oliveira, diretor de Negócios Aéreos da Inframérica (concessionária do Aeroporto Aluzio Alves) e com mais de 30 anos na aviação comercial.

Parceria
As companhias Air France KLM e GOL comemoram o quarto ano da parceria e lançamento do HUB, em Fortaleza. Nesse período já atendem juntas a 99% da demanda entre América do Sul e a Europa. No total, o acordo entre as aéreas já oferece mais de 39 cidades do Brasil e América do Sul e 64 destinos europeus.

Ambiente
O Centro de Biociências da UFRN realiza uma pesquisa sobre a percepção ambiental de pessoas que já doaram resíduos ao projeto Ecoponto e também da comunidade acadêmica. O Ecoponto coleta resíduos que não são comumente reciclados e direciona às empresas especializadas, como como esponjas, lápis, canetas, borrachas, lapiseiras, creme dental, escova de dente e suas embalagens.


Crescimento futuro

Publicação: 21/02/18
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

O Indicador Ipea de investimentos aponta crescimento de 4,2% em dezembro. Mas, apesar do bom desempenho também no quatro trimestre – alta de 1,7% –, o resultado acumulado de 2017 ficou negativo em 2%, é o que diz o Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), ao comparar com novembro. O avanço da FBCF no último mês de 2017 refletiu o bom desempenho de seus três componentes: o consumo aparente de máquinas e equipamentos (4,2%); o indicador de construção civil, com alta de 2%, mesma evolução do componente “outros ativos fixos”.

Chuvas
Veranico no Nordeste e, em parte do Sul do País, segundo a previsão dos meteorologistas. Uma espécie de “freio de arrumação” para algumas regiões que sofreram inundações. No Nordeste, a manutenção das chuvas é inadiável, para encher as barragens e açudes. Hoje,na Emparn será iniciada a reunião da previsão climática de março a maio.

Troca
O governo alivia o pacote de reforma da Previdência Social e anuncia 15 projetos na área econômica, que não dependem de mudança na Constituição. Fica suspensa a tramitação da proposta que muda as regras de aposentadoria e pensão no País, por conta da "insegurança jurídica" sobre a possibilidade de continuar discutindo a reforma durante o período da intervenção.

Lucro
O balanço da Cosern, de 2017, divulgado ontem, revela um lucro líquido de R$ 188 milhões, ou 9,94% sobre o ano anterior (R$ 171 milhões). Aumentou em 2,4% o número de consumidores ativos, para 1,4 milhão. A direção diz que “são números que nos encorajam a investir cada vez mais na qualidade dos serviços prestados.

Movimento
Será hoje, às 17 horas, no Teatro Riachuelo, o lançamento em Natal do movimento “Brasil 200” que faz referência aos 200 anos de independência do país, e será comemorado em 2022, ano em que encerra o mandato do futuro presidente eleito. O “Brasil 200” será lançado pelo empresário Flávio Rocha, que defende um projeto liberal para a economia nos próximos anos.

Parcelamento é opcional
Empresários ligados à FecomercioSP são contrários à proposta do setor de cartões de crédito que prevê o fim dos parcelamentos sem juros. Segundo a Entidade, as formas de pagamento devem ser definidas pelos empresários, por se tratar de uma estratégia de negócio moldada de acordo com o fluxo de caixa e a conveniência dos clientes. A proposta, apresentada ao Banco Central no início de janeiro, prevê que as empresas de cartões passem a oferecer modelos similares a crediários para seus clientes como forma de parcelar suas compras e que o prazo de pagamento aos lojistas seria reduzida de 30 para cinco dias.

Boleto
Já o boleto bancário é a forma preferida de pagamento dos brasileiros. A Federação Brasileira dos Bancos vem desenvolvendo projetos para tentar eliminar a demora da confirmação de pagamento com boleto. Isso deve fazer com que essa modalidade pagante se torne ainda mais forte no Brasil.

É um absurdo que em 15 anos, o governo federal reteve R$ 31 bilhões em verba carimbada para saúde. Esse valor poderia bancar, por um ano, 10.416 das mais complexas Unidades de Pronto-atendimento (UPAs), com nove médicos. Também seria possível pagar 161 milhões de sessões de hemodiálise e 70,5 milhões de partos normais, além de comprar 379 mil ambulâncias.

A Caixa Econômica inicia campanha de antecipação do crédito de custeio agrícola para financiamento da safra 2018/2019, com taxas reduzidas para produtores e cooperativas, de 6,7%/ano. O objetivo é atender à necessidade de recursos para o financiamento do custeio das culturas de soja, milho, arroz e algodão. Estas culturas responderam por cerca de 67% do total de crédito rural.

O Sebrae RN e a Fundação Banco do Brasil vão assinar um convênio amanhã (22), às 8 horas, na sede do Sebrae, para estimular a criação de ave caipira e fortalecer a atividade da ostreicultura (cultivo de ostras), em Canguaretama. A criação de aves caipira será incentivada em 11 municípios, no Trairi e Agreste. É mais uma alternativa de renda para o pequeno produtor.

Turismo
Até amanhã (22), os órgãos e entidades da administração pública em geral, que pleiteiam apoio financeiro do Ministério do Turismo para a realização de obras de infraestrutura turística e eventos, devem inscrever os projetos no Sistema de Convênios do Governo Federal para a análise técnica das propostas cadastradas. Os recursos serão da programação orçamentária do Ministério.

Feira
Empresários potiguares participam em São Paulo, até sexta-feira, da ABCasa Fair, feira de artigos para casa, decoração, presentes e utilidades domésticas. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil mostra aos expositores, visitantes e empresários em geral como a adoção de um padrão global para identificação de produtos pode valorizar as marcas e abrir oportunidades de negócios.

Vitrine
Na maior feira de alimentação de Oriente Médio tem 103 expositores brasileiros, buscando novos mercados para os seus produtos. O Brasil é um dos líderes mundiais de exportação, como carnes, sucos e café. A Argentina levou a Dubai 66 empresas, o Chile 35, o México 18, o Peru 15, a Colômbia seis, o Equador seis e a Costa Rica quatro.

Redução
A rede Walmart tem queda no lucro líquido a US$ 2,18 bilhões no quarto trimestre de 2017. Já o lucro do Grupo Pão de Açúcar foi de R$ 408 milhões no quarto trimestre. Já a churrascaria Fogo de Chão é comprada por US$ 560 milhões por um fundo norte-americano.


Prévia do PIB sinaliza alta

Publicação: 20/02/18
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

A atividade econômica do Brasil sobe 1,33% em 2017, aponta o Banco Central. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), espécie de prévia do Produto Interno Bruto (PIB), mostra uma recuperação gradual da atividade do país. Em dezembro, o índice teve alta de 1,41%, ante novembro. Com isso, o IBC-Br fechou o quarto trimestre do ano com crescimento de 1,26% sobre o terceiro trimestre, sempre em dados dessazonalizados (sem a inflação do período). Não dá pra se animar muito com o futuro do nosso PIB.

Mercado
As estimativas do mercado financeiro para a inflação de 2018 (IPCA), recua de 3,84% para 3,81%, aponta a pesquisa Focus. Já a projeção para o índice de 2019 permaneceu em 4,25%, mesmo porcentual de quatro semanas atrás. A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deste ano aumentou, passando de 2,70% da semana passada para 2,80%.

Arrecadação
Mais uma boa notícia para o equilíbrio das contas públicas. A receita tributária da União teve forte alta em janeiro, de acordo com números preliminares. Os dados indicam que a arrecadação de tributos administrados pela Receita Federal (sem a Previdência Social), teria focado acima dos R$ 102 bilhões. O detalhe importante é que houve um aumento real na comparação com o arrecadado em janeiro do ano passado.

Alteração
Decreto publicado no Diário Oficial do Estado altera o Regulamento do Imposto sobre o IPVA, aprovado pelo Decreto Estadual nº 18.773, de dezembro de 2005, para dispor sobre procedimentos relativos a parcelamento de débitos e restituição. O débito fiscal referente ao IPVA proveniente de auto de infração ou denúncia espontânea poderá ser recolhido em até 12 parcelas mensais e sucessivas.

Em baixa
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou 0,03%, na segunda prévia de fevereiro, de 0,82% no mesmo período do mês anterior, diz a Fundação Getúlio Vargas. Os preços dos produtos agropecuários no atacado passaram a cair. O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis. Também caiu a a inflação semanal no IPC-S.

Transparência dos preços
A gasolina do Brasil é a segunda mais cara do mundo. Para tentar explicar os aumentos, a Petrobras divulgou pela primeira vez o preço médio nacional de gasolina e diesel, em suas refinarias e terminais no Brasil. Os valores não consideram tributos. Após o reajuste que entra em vigor hoje, o preço médio do litro da gasolina A sem tributos vendido pela Petrobras será de R$ 1,5148 e o do litro do diesel A será R$ 1,7369. A média nacional considera os preços à vista, sem os encargos dos diversos pontos de venda, que variam no território nacional, para mais ou para menos em relação à média. O GLP para botijão de gás de cozinha (13Kg), custa R$ 23,16.

Promoções
Várias lojas voltaram às promoções e liquidações para desocupar as prateleiras dos artigos de verão. Tem promoção variando de 30% a 60%, para dar lugar aos produtos do inverno. A próxima data promocional só em maio, com o Dia das Mães e, sem seguida, em junho, com o Dia dos Namorados.

Começa hoje na sede da Emparn, no Jiqui, a II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste do Brasil (período de março a maio/2018) e o I Workshop do Monitor da Seca do Nordeste, com a presença de mais de 20 meteorologistas de diversas instituições. É esperada a confirmação de mais chuvas para os meses de março e abril.

Continua chovendo forte no interior do Nordeste e, em algumas capitais, com a atuação da Zona de Convergência Intertropical. No Rio Grande do Norte as chuvas começam a chegar aos açudes e barragens, ainda de forma lenta e gradual. No fim de semana choveu em todas as regiões, com registro em 116 postos pluviométricos, principalmente, no Oeste, Agreste e Leste.

Em algumas estatais do Governo Federal a remuneração é exorbitante, principalmente, para um País em desenvolvimento. No BNDES e em Itaipu, os diretores ganham acima dos R$ 100 mil, por ano, em média. No Banco do Brasil, os diretores podem receber até R$ 87,4 mil mensais incluindo bônus, enquanto na Caixa Econômica, o valor chega a R$ 60 mil. Já nos bancos da Amazônia e do Nordeste, os valores alcançam R$ 57,4 mil e R$ 78,9 mil/mês, cada banco.

Cheque (1)
Levantamento mensal da MultiCrédito mostra um aumento na utilização do cheque para aquisição de produtos de maior valor agregado, como materiais de construção e automotivos. A utilização nesses setores representou 43% das compras no mês de janeiro. No Nordeste, as instituições de ensino representam 11% da utilização do cheque, incremento de nove pontos percentuais na comparação com o mesmo período do ano anterior. De maneira geral, a inadimplência recuou 1% no Nordeste.

Cheque (2)
Já o percentual de cheques devolvidos (segunda vez por falta de fundos), permanece em 1,92%, em janeiro, segundo Boa Vista SCPC. O cálculo é realizado sobre o total de cheques movimentados. Redução em relação ao ano anterior (-0,15 p.p.).

Atividade
O início das atividades da Câmara de Dirigentes Lojistas Jovens de Natal (CDL Jovem) será hoje, às 17hs, na sede da CDL Natal. Será o primeiro Happy Business, quando a nova diretoria apresentará aos associados e convidados a agenda e o planejamento das atividades do 1º semestre. O encontro é gratuito e o associado que tiver interesse pode levar convidado. Informações 4009-0000.

Qualificação
O Governo Federal abre mais de 200 mil vagas de qualificação em turismo. Os cursos profissionalizantes são gratuitos e inscrições podem ser realizadas até 19 de março, online para o programa PRONATEC Turismo Voluntário. Os cursos têm carga horária que variam de 160h até 300h.


Reformas definem o futuro

Publicação: 18/02/18
Reformas definem o futuro

Sem as reformas estruturantes, da previdência, política e tributária, o país corre o risco de amargar outra década perdida, diz o presidente do Ipea, Ernesto Lozardo. Analistas também concordam com a possibilidade do Brasil perder mais dez anos, um vácuo, no seu crescimento econômico e social. Sem as reformas mais profundas não tem saída para a retomada do crescimento por longos anos. O aumento das receitas não cobre o crescimento das despesas. Também é preciso segurar o avanço dos gastos do Poder Público que não têm limite. Um estudo aponta para um déficit crescente da previdência dos servidores públicos. A expectativa é de que a situação se agrave nos próximos anos, com o grande número de aposentadorias previstas. O déficit dos Regimes Próprios de Previdência Social dos Servidores Públicos de 2017 será de cerca de R$ 180 bilhões, de acordo com dados disponíveis até o quinto bimestre do ano passado.

Regimes

A estimativa está na Nota Técnica O Crescimento Insustentável dos Gastos com Previdência e Pessoal, publicada na última quinta-feira, no blog da Carta de Conjuntura do Ipea. Em 2016, esse déficit – que considera os regimes próprios de União, estados e municípios – havia ficado em R$ 170,79 bilhões, maior que os R$ 149,7 bilhões registrados no INSS naquele ano.

Finanças

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que estabelece referências para os currículos escolares no País para os próximos anos, classificou a educação financeira e a educação para o consumo como habilidades obrigatórias entre os componentes curriculares. As escolas de todo o País voltam às aulas já cumprindo a regra.  Falta agora introduzir na base comum os conceitos de ética e de respeito aos direitos de todos.

Vagas

O Sebrae RN tem inscrições abertas para trainne. Os candidatos podem se inscrever até o dia 28 deste mês. A remuneração é de R$ 4 mil, além de benefícios. As vagas são para diversas áreas. Os candidatos devem ter sido graduados entre dezembro de 2015 a fevereiro de 2018. Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site http://funcern.br/concursos. São 11 vagas distribuídas pelo Estado.

Páscoa

Depois do Natal é a vez da Páscoa, para alavancar a produção da indústria de chocolate e “adocicar” o faturamento das empresas. Há previsões de crescimento de vendas de até 20% sobre o mesmo período de 2017.

Facilidade para se aposentar

O INSS informa que 200 mil segurados de todo o País já pode receber o benefício da aposentadoria.  Os segurados poderão dar entrada no pedido de aposentadoria sem precisar ir a um posto de atendimento. Cinco mil segurados que estão aptos a conseguir a aposentadoria por tempo de contribuição - 35 anos de recolhimento, para homens, e 30, para mulheres - já serão notificados por meio de carta nas próximas semanas. Os demais 195 mil serão avisados ao longo do ano. Para autorizar o novo procedimento, o INSS vai publicar uma portaria. No caso da aposentadoria por tempo de contribuição foi realizado um levantamento em que se constatou que há cerca de 200 mil agendamentos marcados para solicitação desse benefício.

Encargos

O ano começa com os fundos de investimentos, como o FNE, com taxas de juros até 44% mais baixas para financiamentos em 2018. A nova metodologia de cálculo soma-se a outras mudanças para facilitar o acesso ao crédito. Cerca de R$ 39,5 bilhões estão disponíveis para este ano.

1 - O Brasil aumenta a produção de energia eólica e passa para a oitava posição no ranking da energia eólica no mundo.  De acordo com a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), hoje o Brasil possui mais de 500 usinas eólicas que geram quase 13 gigawatts de energia elétrica, com o Nordeste  responsável por 60% da produção. E, no ritmo que vai também será destaque na produção de energia solar em, poucos anos.

2 - A crise ainda não está superada totalmente. A inadimplência das micro e pequenas empresas bate novo recorde e encerra o ano com cerca de 5 milhões de negativadas. O número de MPEs com dívidas atrasadas chegou a 4,937 milhões no último mês de 2017. As companhias do setor de serviços representaram a maioria, com 45,8% do total. Serviço online Recupera PJ, da Serasa, pode ajudar o empresário que quer renegociar seus débitos com o credor

3 - A Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor) está entre as primeiras das 24 federações em todo o Brasil que mais realizaram avaliações veiculares no ano de 2017 pelo Programa Ambiental do Transporte, o Despoluir. De acordo com publicação do CNT/Sest Senat, em comemoração aos 10 anos do Despoluir, a Fetronor realizou 180.413 aferições.

Valores

O boleto mensal do microempreendedor individual (MEI) será reajustado a partir desse mês. Os valores da contribuição mensal aumentam conforme reajuste do salário mínimo. O valor do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) sobe com o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 954. A contribuição varia de R$ 48,70 a R$ 53,70, dependendo do tipo de atividade que o negócio está enquadrado.

Treinamento (I)

Começa no dia 26 o próximo, no Sebrae, as oficinas que ensinam o empreendedor a encarar os desafios do negócio. O módulo de oficinas “SEI Tocar a Minha Empresa” ajuda o empreendedor a encontrar soluções para as dificuldades enfrentadas no dia a dia do negócio. As oficinas serão ministradas das 18h às 22h e as inscrições podem ser feitas pelo 0800 570 0800. É possível fazer cada oficina individualmente. Mas, o módulo completo sai ao valor de R$ 80,00. Os Microempreendedores Individuais (MEI) têm 50%.

Treinamento(II)

Na próxima terça-feira, 20, das 9 às 11h, a Elite Consultores fará um treinamento gratuito sobre o Simples Nacional (Novas Regras), ministrado pela coordenadora do setor fiscal da empresa, Tatiana Berto. Serão abordados vários temas como limites de faturamento; exclusão de anexos e novas alíquotas, sublimite simples nacional – ISS e ICMS fora do Simples. Inscrições no 2020-7000.

Erosão

O Idema promoverá terça-feira  um seminário sobre a erosão costeira em Natal. as causas, possíveis soluções e desafios para a gestão. Vai reunir especialistas para debater o processo costeiro desde a construção dos calçadões em Natal, alternativas de contenção de erosão, questões fundiárias e diversos pontos relevantes acerca do tema. O seminário será no Hotel Ocean Palace, na Via Costeira, das 14h às 18h.



Cenário de volatilidade

Publicação: 17/02/18
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

Economistas da MAPFRE Investimentos alertam para a continuidade do dinamismo da atividade econômica global. As projeções de crescimento do PIB mundial apontam para alta de 3,7% em 2017, desde 3,2% no ano anterior. Esse aumento cíclico, em curso desde meados de 2016, continua a se fortalecer neste ano. Não por acaso o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima aceleração adicional do PIB mundial em 2018, com expansão de 3,9%. Cerca de 120 economias, representantes de três quartos do PIB mundial registram crescimento global sincronizado. Há surpresas positivas na Europa e na Ásia, como o dinamismo das economias alemã, japonesa e coreana.

Mudanças
Nos Estados Unidos, as mudanças na política fiscal estimularão a atividade até 2020. O principal impulso resultará das reduções no imposto de renda das empresas. Entre as economias emergentes e em desenvolvimento, como Brasil, China e África do Sul, a percepção ao longo dos últimos meses também é de dinamismo econômico. As exportações globais vêm crescendo com intensidade, e indicadores antecedentes apontam para atividade industrial em alta.

Serviço
Mais um indicador de que a crise ainda está rondando o Brasil. O setor de serviços cresceu 1,3% em dezembro mas, acumulou uma queda de 2,8% em 2017, de acordo com dados do IBGE. O setor inclui, por exemplo, salões de beleza, imobiliárias, oficinas mecânicas, escritórios de advocacia, agências de viagens, hotéis e companhias aéreas. Na comparação dezembro  do ano anterior, dezembro de 2017 teve o primeiro resultado positivo para  os serviços após 32 meses.

Dívidas
Tem boa notícia sim. Embora muito pequena, a inadimplência do consumidor inicia 2018 em queda.  Segundo estudo desenvolvido pela área de Decision Analytics da Serasa Experian, em janeiro de 2018, o número de consumidores inadimplentes no país era de 60,1 milhões. Na comparação com dezembro de 2017 (60,4 milhões), o índice teve queda de 0,5%, ou seja, a segunda consecutiva, já que em dezembro x novembro o indicador já tinha caído 1,15%. O montante alcançado pelas dívidas em janeiro deste ano foi de R$ 265,6 bilhões, com média de quatro dívidas por CPF, totalizando R$ 4.420 por pessoa.

Dívida
Na pesquisa da MultiCrédito, a inadimplência no crediário segue em baixa. Compras honradas nos setores de saúde e estética lideraram o consumo em janeiro. O índice geral de inadimplência no crediário  em janeiro apontou queda em comparação aos números de dezembro. O período registrou queda de 2,32% na inadimplência geral e aumento no tíquete médio de 63%, passando de R$ 378,00 para R$ 619,00. No Nordeste, a inadimplência diminuiu 1,3%, enquanto o tíquete médio teve aumento de R$ 98,00.

Crédito recuperado
Na pesquisa da Boa Vista SCPC, a recuperação de crédito também foi pequena, de apenas 0,3% em janeiro.  O indicador – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes -, na análise acumulada em 12 meses, registra queda de 1,1% (fevereiro de 2017 até janeiro de 2018 frente aos 12 meses antecedentes). Na comparação com o mesmo mês de 2017 a alta foi de 4,2%. Em termos regionais, na comparação acumulada em 12 meses, observou-se alta na região Sul (5,4%) e Sudeste (0,1%). Em sentido oposto, a região Nordeste foi o destaque negativo (-6,7%), seguido do Norte (-6,6) e Centro-Oeste (-3,4%).

Vontade
Pelo menos é maior a disposição do consumidor para gastar. Cresceu 80% em um ano, o ânimo dos consumidores brasileiros, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) em parceria com a Epistemics. O indicador, baseado em manifestações de consumidores na internet, vem subindo desde abril do ano passado.

As despesas da União com pessoal e benefícios atingiram 77,5% da receita. Os gastos  com pessoal ativo e inativo, Previdência, Benefícios de Prestação Continuada (BPC) e da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas) representaram um alto custo da receita líquida do governo. Com o aumento da despesa, mesmo com o crescimento do PIB, o governo será forçado a elevar a carga tributária.

Segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), os Centros de Conciliação de Soluções de Conflitos e Cidadania movimentaram mais de R$ 69 milhões em 2017.  Os Cejusc de Natal e Mossoró realizaram 4.355 audiências e 45% delas (1.981) terminaram em conciliação. Desse total, R$ 65.360 milhões foram pagos aos trabalhadores. Para o INSS, R$ 2.868 milhões e mais R$ 893.259,47.107,47, ao Tesouro Nacional a título de custas processuais.

O Tribunal de Justiça do RN declara que obteve o melhor índice de cumprimento da Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em  2017, entre os 27 tribunais da Justiça Estadual. O TJRN alcançou o percentual de 154,12%, ao julgar 363.867 processos de janeiro a dezembro, enquanto foram recebidos 236.091 novos processos no mesmo período.  No segmento do 1º Grau, o TJRN cumpriu 148,41% da meta, com 182.129  julgamentos, enquanto foram recebidos 122.723 novos feitos.

Orçamento
Publicado no Diário Oficial de ontem a Lei Orçamentária Estadual de 2018, fixando as receitas e despesas, em R$ 12,271 bilhões. Traz os orçamentos Fiscal, da Seguridade,  e de Investimentos. Sem os recursos do Banco Mundial (RN Sustentável ou Governo Cidadão) e dos repasses federais, seria mais um ano sem investimentos com recursos próprios.

Chuvas
O boletim de chuvas da Emparn, da manhã de quinta-feira até a manhã de ontem, registra mais precipitações no interior. Boas chuvas em 70 pluviômetros. Muita chuva inclusive na região Central. Aos poucos os açudes e barragens estão recebendo água de rios e afluentes, ainda em volumes baixos sem perspectiva de recarga.