Lixo

Publicação: 19/03/13
Pedaços de papelão e sacos plásticos de lixo se acumulam no canteiro do cruzamento das avenidas Nascimento de Castro e São José, em Lagoa Nova

A assessoria de imprensa da Urbana informou que o chefe de gabinete só teria contato com a nota hoje, o que inviabilizaria a resposta no momento em que a mesma foi enviada.

Poste

Os motoristas que utilizam a avenida General Gustavo de Farias, em Petrópolis, com destino ao bairro da Ribeira se deparam com um poste de alta-tensão à altura do entroncamento com a avenida Marechal Deodoro da Fonseca. Apesar de sinalizado, a estrutura compromete uma das faixas de rolamento, reduzindo o fluxo a apenas uma faixa. O risco de colisão é iminente.

A Cosern informa que nesta terça-feira enviará uma equipe técnica ao local para avaliar a situação.

Buracos

Buracos de diferentes tamanhos atrapalham o trânsito dos automóveis na avenida Rio Branco, logo após a ladeira que dá acesso ao bairro da Ribeira.

Estamos elaborando uma programação para fazer a operação tapa-buraco na Cidade Alta. Com isto vamos resolver os problemas da av. Rio Branco. Logo, esperamos efetuar os serviços nos próximos quinze dias.

Trânsito

O tráfego pela avenida Getúlio Vargas, seguindo rumo ao bairro de Petrópolis, sofre com a lentidão do trânsito próximo ao Hospital Universitário Onofre Lopes. Ocasionado pelos veículos das prefeituras ou pelos chamados “carros de linha”, que param em frente à unidade para desembarque de pessoas, a situação piora com os carrinhos de lanchonete que ocupam uma das faixas, sobrando apenas uma faixa para veículos transitarem.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou entrar em contato com o secretário adjunto de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) mas o telefone dele estava fora de área ou desligado.

Poda

Restos de poda de árvore e entulho estão acumulados no canteiro da avenida Presidente Bandeira, conhecida por avenida 2, no Alecrim. O lixo está em frente à sede da empresa de ônibus Cabral.

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) afirma que o Departamento de Paisagismo enviará ao local uma equipe para executar uma vistoria e a limpeza da área.

Buraco 1

Publicação: 12/03/13
Um buraco, cheio de lama, está atrapalhando a vida dos motoristas na rua Santa Luzia, bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Vila Paraíso. O buraco toma metade da via, sendo que a rua é de mão dupla. Todo o trecho da rua tem buracos, embora esse seja o maior.

Buraco 2
Um outro buraco também toma metade da via pública na avenida das Fronteiras (foto), em Panatis. Moradores reclamam que o problema persiste há meses.

Buraco 3

Na avenida Paulistana, conjunto Panatis I, na Zona Norte, a população resolveu sinalizar o buraco que incomoda o trânsito com paus e cones.

Segundo o secretário da Semopi, Rogério Mariz, um engenheiro irá fazer uma visita amanhã nestes locais para que possamos colocar na programação dos serviços de recuperação de ruas, através da operação tapa-buraco.

Lixo 1

O lixo toma conta do canteiro central na avenida Duque de Caxias na Ribeira, Zona Leste. Há pneus e lixo orgânico. O problema persiste há semanas no local.

Lixo

O canteiro da avenida Desembargador Rafael Godeiro está tomado de lixo. O trecho fica localizado em frente à estação de tratamento da Caern, perto da entrada para o Paço da Pátria.

A assessoria de imprensa da Urbana informou que os responsáveis pela direção de operações da pasta estavam em reunião fora da Secretaria durante toda a tarde de ontem e que seria inviável indagá-los sobre as questões levantadas.

Abrigos quebrados

Publicação: 05/03/13
Os usuários do sistema público de transporte de Natal reclamam da falta de estrutura adequadas nos abrigos das paradas de ônibus. Em muitos locais, esses abrigos são inexistentes, em outros, como as paradas localizadas na Ribeira, em torno da praça Augusto Severo, estão praticamente abandonados.

As coberturas estão quebradas obrigando os passageiros a ficarem debaixo de sol forte ou chuva enquanto esperam os ônibus.

De acordo com o secretário adjunto de transportes da Semob, Clodoaldo Cabral, um processo licitatório foi aberto, em valor ainda não foi divulgado, visando, até o fim desse semestre, a construção e recuperação das paradas de ônibus da Ribeira, Rocas e Cidade Alta.

Buraco na rua

Moradores da rua Pereira Pinto, no Alecrim, pedem providências à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Há alguns dias, funcionários da companhia estiveram no local para providenciar o conserto de umas tubulações. O trabalho ficou pela metade. No meio da rua, há um buraco com sinalização da Caern. Para os moradores, o problema representa perigo.

A Caern informa que irá enviar uma equipe ao local em um prazo máximo de 24 horas para verificar a ocorrência e solucionar o problema.

Buracos na avenida

Ainda no bairro do Alecrim, a reportagem da TRIBUNA DO NORTE encontrou mais problemas. Dessa vez, é a avenida Mário Negócio, uma das principais vias do bairro, que apresenta problemas. Num trecho próximo à linha férrea, há uma sequência de buracos. Próximo do local, existe uma placa indicando a realização de obras mais adiante. Moradores e motoristas que trafegam pelo local exigem o recapeamento da via.

Com relação aos  problemas da av. Mário Negócio, o responsável pelas obras da Semopi disse que iria mandar um funcionário para ver “in loco” e, posteriormente, definir as providências necessária.

Faixa apagada

Os pedestres que atravessam a avenida Capitão Mor Gouveia, nas proximidades do terminal rodoviário, precisam redobrar a atenção. A sinalização que poderia ajudar a travessia está completamente apagada no cruzamento da avenida Mor Gouveia com a rua Patos. Pedestres denunciam que os motoristas não respeitam a sinalização e pedem providências.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou entrar em contato com o secretário adjunto de transportes da Semob, Walter Pedro, porém, o celular do mesmo estava desligado.

Quadra abandonada

O espaço público que poderia servir de recreação e entretenimento para crianças, adolescentes e jovens está abandonado no bairro de Capim Macio. A quadra esportiva existente nas proximidades do “Ponto Sete” há muito tempo não é palco de diversão. A estrutura de ferro que serve de proteção está enferrujada e quebrada. No piso, a presença de flores e matos indica que o local não passa por uma conservação. Moradores do local pedem que a Prefeitura revitalize o aparelho.

Nenhum membro da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e da Juventude (Secopa) foi localizado para prestar esclarecimentos sobre o assunto.

Lixo

Publicação: 19/02/13
A comunidade do Conjunto Parque dos Coqueiros, na zona Norte de Natal, reclama do acúmulo de lixo nas proximidades do terminal de ônibus nos cruzamentos das ruas Alvorada Norte com a Jaguaribe. Além dos sacos plásticos, caixas de papelão e entulhos, há ainda uma carcaça de um automóvel que fora abandonado no local.

A Urbana não respondeu o e-mail enviado e nem atendeu as ligações solicitadas pela TRIBUNA DO NORTE

Tráfego prejudicado

Quem precisa sair da rua Ponte Nova, no Conjunto Panatis, na zona Norte, enfrenta dificuldades para poder acessar a Avenida das Fronteiras. Isto porque a marginal da avenida sequer foi calçada e o que se formou foi um acentuado desnível que poderá provocar acidentes e/ou danificar veículos. A duplicação da Avenida das Fronteiras é um projeto antigo que até hoje não foi concluído.

A Semob não respondeu o e-mail enviado e nem atendeu as ligações pela TRIBUNA DO NORTE

Na Avenida Maranguape, no Conjunto Panatis, vários buracos ao longo da via causam transtornos aos motoristas e pedestres que precisam se locomover pela via. Além disso, na tentativa de livrar os buracos maiores, os motoristas acabam invadindo a faixa contrária e o risco de colisões é constante.

De acordo com uma funcionária da Semopi, o responsável pelas resposta do órgão saiu com o secretario adjunto de obras para a zona Sul visitando obras e não voltou à secretaria até o fechamento da edição.

Os motoristas que trafegam pela Avenida Capitão Mor Gouveia, que se estende da zona Oeste à Sul de Natal, reclamam da falta de manutenção no asfalto da via. No cruzamento com a Avenida Industrial João Motta, no KM-6, uma cratera se formou e os carros precisam desviar pela calçada de um posto de gasolina. Ao longo da avenida, vários buracos causam danos aos veículos e prejuízos aos proprietários.

De acordo com uma funcionária da Semopi, o responsável pelas resposta do órgão saiu com o secretario adjunto de obras para a zona Sul visitando obras e não voltou à secretaria até o fechamento da edição.

O prédio que abriga a Delegacia de Plantão Zona

Norte, no Conjunto Panatis, apresenta sinais de deterioração. Além da necessidade de recuperação da infraestrutura física, os aparelhos de ar condicionado da sala de atendimento ao público e do delegado, estão com defeito. Em um deles,

um remendo com saco de lixo foi efetuado para que continuasse funcionando. A porta de acesso à sala do delegado também está quebrada e não há previsão para conserto.

O delegado que cuida da parte administrativa não estava na Degepol. Ele se encontrava em reunião e ficou de responder o questionamento até o fechamento da edição, o que não ocorreu.

Ponto de Táxi

Publicação: 05/02/13
O trânsito na avenida Abel Cabral, sentido BR-101, nas primeiras horas da manhã em decorrência do estreitamento da via por uma praça de taxi, na margem direita já próximo à rodovia federal. Resta apenas uma faixa para o tráfego e não há baias para os taxis. Um gargalo que os motoristas enfrentam diariamente. Até mesmo o banheiro improvisado pelos taxistas sob as árvores de uma granja causa transtorno, dessa vez às pessoas que aguardam ônibus e sentem o fedor.

O responsável pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de Parnamirim, João Clementino Gonçalves Filho, não atendeu as ligações durante a tarde de ontem

Obra inacabada

O anel viário do conjunto Cidade das Rosas, em São Gonçalo do Amarante, está inacabado, causando transtornos para quem trafega pelo local. Segundo relatos de moradores, a obra já foi iniciada várias vezes, mas continua sem finalização.

O e-mail da Secretaria de Infraestrutura informado na página da prefeitura de São Gonçalo do Amarante foi dado como inexistente e o telefone apenas chamava durante a tarde de ontem.

Buracos

Na avenida Felizardo Moura, no Bairro Nordeste, próximo a ponte de Igapó, muitos são os buracos na via, obrigando os motoristas a reduzirem a velocidade e provocando grandes engarrafamentos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), as obras para tapar os buracos já estão em andamento.

Pedestre

Na rua João Medeiros Filho, próximo ao colégio Cade, na zona Norte de Natal, a lombada eletrônica está sem funcionar e a faixa de pedestre se encontra totalmente apagada. Esse cenário torna ainda mais complicado para os pedestres.

A Av. João Medeiros Filho é uma rodovia estadual, portanto sob jurisdição do DETRAN/DER. O telefone do Detran também só fez chamar.

Lixo nas quintas

O local onde seria uma calçada na rua dos Pegas, no bairro das Quintas, está se transformando em um verdadeira lixão, são muitos os materiais depositados no local.

Lixo no Alecrim

Na rua dos Paianazes, no bairro do Alecrim, o lixo está espalhado por diversos trechos da avenida. Os entulhos se misturam a sacolas plásticas e materiais descartados de residências.

A URBANA informa que regularmente limpa estas áreas tanto no Bairro das Quintas, como no Bairro do Alecrim. Inclusive ressalta que a coleta domiciliar passa com sua frequência correta sem interrupções. Em oportuno solicitamos que a população colabore com o serviço, dispondo os resíduos nos dias e horários que passa o caminhão coletor.