Eita!

Publicação: 12/08/17
Que voltei! Estava com uma saudade danada desta colmeia. Mas, vamos combinar que os dez dias de férias foram necessários. Reenergizar é preciso. No paraíso de Jericoacoara (CE), então. Na coluna de amanhã comento sobre algumas impressões que anotei em Fortaleza e Jeri.

Mais uma vez
É agradecer à superjornalista Anna Ruth Dantas, querida amiga, primeiramente, por comandar com sua maestria esta colmeia durante as férias merecidas.

Questão de ordem
Muitos são os brados diante da insegurança que ultrapassou o nível – até – do insuportável em solo de potis-desesperados. Na capital principalmente. Maaasss...a Segurança Pública tem um nome para este momento de ações, digamos assim, no varejo: Período de Inquietação.

Motivo

Inquietação por causa das intensas ações de combate à criminalidade, com operações diárias realizadas pelas polícias Militar e Civil. É o que assegura o comandante do Policiamento Metropolitano da PM, coronel Zacarais Mendonça.

Dificuldades
Segundo o comandante, é observar nos últimos dias que foram presos líderes do crime, outros morreram; armas e munições apreendidas. Somados à Penitenciária de Alcaçuz organizada e detentos sem comunicação externa.

Manobras
Com as operações diárias e o cerco se fechando para o crime organizado, iniciou-se uma temporada de descapitalização. Ou seja: começa a faltar dinheiro na seara do banditismo. Assim, a ordem é agir no varejo, com pequenos assaltos, por exemplo, para sobreviver no crime que se vê sem comando. Sem os líderes, cabeças pensantes e atuantes.

Precisa mais
Nas ações da Segurança Pública, falta intensificar o patrulhamento e precisa de mais investimento, por exemplo. O coronel Mendonça garante que está sendo feito.

Aquisições
O comandante afirma que estão chegando mais viaturas para as ações, com mais policiamento possibilitado com o pagamento de diárias operacionais. O seja: pagamento extra.

Traçado
Dos locais em que já foram viabilizados instrumentos para policiamento ostensivo: Plano Palumbo (Tirol e Petrópolis), zona sul. E Candelária ganhou mais atenção. Locais onde são registradaos maiores ocorrências. Inicialmente. Claro.

Bolso
Os recursos financeiros para esse novo investimento são viabilizados por meio convênios com órgãos do governo que têm orçamento próprio, como o Detran. Também do Judiciário etc.

Em tempo
As diárias operacionais, além de colocar mais policiais nas ruas, evitam que agentes da segurança pública se submetam aos chamados ‘bicos’ – trabalho em empresas privadas nos dias de folga. Assim, trabalham extra para a própria PM. Isso também é bom.

Bom
A adminastração do Instituto do Cérebro (Ice), da UFRN, que tem simpatia pelo PT, não tem muito o que reclamar do governo Temer(oso).

Camarada
Senão, vejamos: já liberou – e de uma tacada só - os R$ 500 mil do convênio assinado em junho último para apoiar por 18 meses pesquisas e formação em alto nível de pós-doutorandos e pós-graduandos; colaborações internacionais em diversas áreas da neurociência etc.

Perserverança
Já diz a máxima: de grão em grão a galinha enche o papo. Assim caminham as obras de ampliação do Centro de Convenções de Natal. Do convênio do R$ 30 milhões, o Ministério do Turismo (MT) liberou mais um bocadinho. Dessa vez foram R$ 500 mil.

Contas
Com o último repasse, do convênio assinado em dezembro de 2013, foram liberados até agora pouco mais de R$ 12,4 milhões. Não tem contrapartida do estado.

Esperança
E no conta-gotas para a revitalização da orla marítima da capital dos magos-turísticos, ainda da primeira etapa, o MT liberou mais um tiquinho: R$ 250 mil. Mesmo assim, aproxima-se do valor total do convênio: já chegam R$ 2 milhões dos R$ 3,9 milhões firmados.

Avante
Também chegou um bocadinho para a reestruturação do trecho da Praia de Areia Preta ao Forte, e na orla de Ponta Negra: R$ 360 mil. Do convênio de R$ 13,3 milhões, já foram repassados R$ 11,1 milhões. A contrapartida da prefeitura é de R$ 714,9 mil.

Olhaí
Na contagem regressiva para o Dia dos Pais, a TIM realizou pesquisa inédita para entender como a tecnologia – e, principalmente, o smartphone – mudou a relação entre pais e filhos.

Pois bem
Para a metade dos cerca de mil clientes de planos pós e controle de todo o país entrevistados, o celular é um aliado importante para estarem ainda mais próximos dos filhos. Os dados apontam que 86% dos pais entrevistados são da Geração X – com mais de 36 anos –, faixa etária que não foi exposta à internet na mesma proporção que os filhos.

Assim
Acham importante estarem conectados com os filhos via redes sociais: 57%. Usam esses canais para se atualizar sobre a vida dos filhos: 51%.

COLMEIA
Parabéns para as chíquimas e queridas Marluce Gentil, Flávia Bordogna, Silmara Simonetti, Fátima Cabral, Alba Paiva. Eles: Washington Dantas, Adriano Medeiros.

Com apoio da Potigaás, hoje tem o espetáculo infantil “Um sonho de rabeca no reino da bicharada”, do grupo Estação de Teatro, às 9h, no anfiteatro do Parque das Dunas. A entrada no parque custa R$ 1.