Olho na Segunda Divisão

Publicação: 14/10/18
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

Interessante a rodada dupla no Frasqueirão pelo Campeonato Potiguar Segunda Divisão Loterias Caixa deste domingo. No primeiro jogo, o Clube Atlético Potiguar que tem um ponto enfrenta o Visão Celeste que tem quatro pontos. Neste grupo, o Mossoró já está classificado com seis pontos. Na última rodada, o time do Oeste joga em casa contra o Atlético.

Olho na Segunda Divisão I
No segundo jogo deste domingo, o Cruzeiro que ainda não venceu vai enfrentar o Alecrim. No grupo 1, a situação é a seguinte, o Verdão lidera com 6 pontos e 4 gols marcados, em segundo vem o Palmeira com os mesmos 6 pontos e 3 gols marcados. Na última rodada, o Palmeira joga em casa contra o Cruzeiro. Time de Macaíba só continua respirando se vencer o Alecrim, do contrário já era.

Passo para a modernidade
Conselho Deliberativo do Botafogo de Ribeirão Preto aprovou no último mês de maio a transformação do clube em uma sociedade anônima que vai gerir o futebol e ativos previamente determinados. São sócios, o próprio Botafogo que manterá a condição de associação civil e um investidor privado, a Trexx Holding Empreedimentos. 60% das ações pertencem ao Botafogo e os 40% restantes são logicamente da Trexx.

Botafogo Futebol S.A
A administração do Botafogo S.A terá uma diretoria e um conselho de administração, sendo que a diretoria será formada por um diretor presidente executivo, um diretor financeiro e um diretor de futebol. Ninguém pode cravar se vai dar certo ou não, mas o fato é que foi dado um passo importante para implantar no Botafogo de Ribeirão Preto o verdadeiro sentido do futebol empresa, do clube empresa, do futebol negócio. Oxalá funcione e sirva de exemplo e motivação para outros clubes do Brasil.

Ali na Paraíba
A Lei de Incentivo destinou algo em torno de 3 milhões de reais para o futebol, e o governador eleito no primeiro turno, João Azevedo afirmou o compromisso com a manutenção do programa. Mesma situação de Alagoas, Maranhão e Pará. Não é “dar” dinheiro para os clubes, é criar um programa de educação tributária que gere impostos e que parte dele seja revertido para o futebol. É criar uma política de incentivo ao futebol, é o governo usar o futebol como fonte de divulgação como por exemplo, do destino turístico. É questão de querer fazer, simples assim.

Calendário e desemprego
Do presidente da FENAPAF, Felipe Augusto Leite, na reunião do Conselho Técnico da Primeira Divisão da FNF: “O futebol não pode se resumir a 40 clubes. São cerca de 700 clubes em atividade no país e o que vem sendo feito, gera um desemprego em massa no mundo do futebol”. E tem toda a razão o dirigente! O calendário estabelecido pela CBF especialmente para as Séries C e D é um monstrengo que gera distorções das mais variadas, passando por fórmulas injustas e incremento ao desemprego e crises nos clubes. A Confederação Brasileira de Futebol pode mudar, deve mudar a atual realidade da C e D.

Túnel do tempo
Do meu blog 20/04/2009: Por telefone, Pio Marinheiro comunicou ao blog que está entregando o cargo de vice de futebol “sonhei na possibilidade de ver um América unificado, entretanto membros de facções organizadas e pseudos americanos que não conseguem diferenciar a razão da emoção, upo confundem amor com ódio. Não consigo conviver com a ingratidão, visto que alguns que se dizem nação americana repudiam meu nome, mas não sabem ou esqueceram o que eu fiz pelo meu clube do coração”.

Túnel do tempo I
Para Pio Marinheiro, é desejo que não exista vaidade entre aqueles que amam o clube “meu desejo é que numa só voz todos que amam o Mecão possam se despir da vaidade e venham ajudar, quer seja de forma financeira ou com os meios que lhes possibilitem.

Túnel do tempo II
Pio arrematou a nota: “sendo assim sei que neste exato momento saio de cena para não desgastar aqueles que briosamente lutam pelo América, uma vez que não é fácil fazer futebol nos dias atuais, posto que a cobrança é monstruosa, mas contudo, na hora de segurar o pote ninguém quer pegar na rodilha, daí o meu sonho falece dentro de um sonho”.





Calendário e regulamento

Publicação: 12/10/18
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

A Série D, como diz José Rocha, presidente do Conselho Deliberativo do América, “é uma sentença que o América está pagando” e uma sentença determinada pela incompetência de quem derrubou o time para a Quarta Divisão e de quem não conseguiu tirá-lo do buraco. No fracasso rubro no futebol tem um pouco do DNA de cada um, mas é fato que é um “sentença” pesada. A competição começa no dia 5 de maio e quem chegar até o final, encerra a temporada em 18 de agosto, e tem além de um calendário curto um regulamento esdrúxulo sob todos os aspectos. Fazer planejamento dentro da realidade do América é um negócio de maluco.

Estaca zero
A eleição para escolha do presidente do Baraúnas que estava marcada para o sábado passado, dia 6, foi cancelada, pela falta de candidatos. No mesmo dia encerrou também o tempo da intervenção determinada pela Justiça. Situação do Baraúnas é extremamente complicada e o Leão do Oeste voltou para a estaca zero.

Na bronca
O goleiro Rafael que no mês de outubro completaria 5 anos de Globo, mostrou-se chateado com a forma como foi dispensado pelo dono do time de Ceará-Mirim. Conforme contou no programa Arena da TV Ponta Negra, Rafael teve um encontro “casual” com Marcone Barretto quando foi comunicado da rescisão de contrato que vence no mês que vem. Rafael disse ainda que existia um acordo para renovação e que evidentemente não foi cumprido

Grande goleiro
Rafael é para mim o melhor goleiro que passou pelo futebol do RN nos últimos anos. Tempo de bola, sabe sair do gol, excelente reposição, liderança em campo. Sem medo de errar, seria titular em ABC e América fácil, fácil.

Estadual definido
Sem maiores polêmicas o Conselho Técnico da FNF definiu as regras para o Campeonato Potiguar Loterias Caixa 2019, que volta a ter disputa pelas finais dos turnos, a mudança mais significativa em nível de competição, além da questão da inscrição de jogadores que ficou estabelecida em 30 atletas, podendo chegar a 40 desde que o número seja fechado com jogadores da base.

Bom senso
O presidente da FENAPF e do SAFERN, Felipe Augusto Leite, participou da assembléia e foi sensível à realidade dos clubes do RN. As duas entidades que defendem os interesses dos profissionais de futebol não fizeram nenhuma objeção com o inicio do Estadual em 9 de janeiro e nem vão exigir o período de férias dentro do mês de dezembro. Os clubes do RN vivem hoje um momento de excepcionalidade.

Chamar os candidatos
A FNF vai fazer mais uma tentativa de parceria com o Poder Público. Um manifesto assinado pelos clubes filiados será encaminhado aos candidatos Carlos Eduardo e Fátima Bezerra, para que assumam compromisso da criação de um programa de educação fiscal que reverta em favor do esporte, como existe no Maranhão, Paraíba, Pará e Alagoas. É questão de vontade politica de fazer.

Outubro rosa
A campanha Outubro Rosa ganhou um reforço dentro dos gramados do Brasileirão. A CBF produziu bolas especiais para fortalecer a mensagem de combate ao câncer de mama e ajudar na conscientização das mulheres para a realização dos exames preventivos.

Túnel do tempo
Do meu blog 30/11/2013: Segunda-feira a diretoria do ABC começa definir com o técnico Roberto Fernandes a situação dele no clube, se renova ou não. Roberto foi responsável pela montagem do grupo que tirou o ABC do rebaixamento, mudou por completo e fez um time novo que cumpriu com o objetivo, saiu um grupo perdedor e entrou um grupo vencedor.

Túnel do tempo I
Deve ter sido um investimento alto, na medida em que o mercado naquele momento estava estrangulado, o que pode ser evitado no planejamento para 2014. Muito mais do que dinheiro é preciso que o responsável pelo setor saiba contratar, conheça o mercado, tenha uma visão ampla e atualizada do mercado do futebol. No calendário do ABC, falta a Copa do Nordeste, mas tem o Estadual, Copa do Brasil e o Brasileiro. Começa jogar dia 9 de janeiro e sabe que vai até o final de novembro, tem um calendário completo o que de certa forma facilita a negociação, desde que ela seja feita por quem conhece, que tenha o famoso “olho” para contratar. Saber contratar, eis a questão.




Segue o jogo

Publicação: 10/10/18
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

Hoje é dia de rodada dupla no estádio Frasqueirão, valendo pela quarta rodada do Campeonato Potiguar Segunda Divisão Loterias Caixa. No primeiro confronto às três da tarde, Visão Celeste enfrenta o Mossoró, e na sequencia, tem Alecrim x Palmeira.

Segue o jogo I
No grupo 1, o Mossoró lidera com seis pontos, Visão Celeste e Atlético Potiguar que folga na rodada tem um ponto cada. O Alecrim lidera o grupo 2 com 6 pontos, o Palmeira é o segundo com três, com o Cruzeiro na lanterna sem ter pontuado. Os dois primeiros de cada grupo classificam para a segunda fase.

Encerra amanhã
O calendário eleitoral do ABC estabelece que amanhã (11) encerra o prazo para registro de chapas para o pleito de 25 de novembro, que vai apontar o sucessor do presidente Paulo Tarcísio. Pelo menos até o fechamento da coluna nenhuma chapa oficialmente anunciada e os nomes circulam sempre de forma oficiosa.

Olhando o título
Ainda restam 30 pontos em disputa na Série A e o Palmeiras que lidera com 56, três a mais que o Inter que é o segundo olha bem mais de perto a conquista do título. Contando em pontos, o Inter com 53, Flamengo e São Paulo com 52 e um pouquinho mais distante, o Grêmio com 51 ainda estão na briga. O que complica para quem corre atrás do Palmeiras é que o time cresceu e navega sereno e tranquilo na reta final da competição.

Olhando o título I
A Série B ainda tem oito rodadas pela frente, e o Fortaleza segue soberano no caminho para o título. O time de Rogério Ceni tem 56 pontos, seis a mais que o segundo colocado, o Goiás. O Fortaleza segue navegando em águas calmas e serenas na reta final da Segundona. Ninguém mais toma dele.




Nada de deficitário
Não verdade que o Estadual é deficitário, pelo menos minha opinião não é, Tenho convicção quando afirmo que a competição doméstica vale muito, mas muito mesmo para todos os clubes participantes, sem nenhuma exceção. Quanto é a Copa do Brasil? Quanto é a Copa do Nordeste? Tem gente vendendo uma meia verdade como se inteira fosse! Basta o leitor somar quanto o ABC e Globo faturaram com a Copa do Nordeste em 2018 para ver como tem peso e importância financeira o Estadual.
Admitiu negociar
Ranilson Cristino, que vem “carregando” sozinho o Força e Luz, admitiu na Rádio Globo que se for concretizada uma proposta oficial para a venda do Time Elétrico, ele aceita. Segundo o dirigente existem conversações em andamento mas nada de concreto até o momento. Segundo o dirigente, empresários ligados a um grupo chinês já demonstraram interesse em adquirir o controle do Força e Luz.
Túnel do tempo
Do meu blog 26/03/2012: O presidente do América, Alex Padang e as declarações de Flávio Anselmo e Leandro Campos, que chamaram o América de time amador e de várzea: “ É triste escutar essas coisas, primeira partida que perderam e ficam assim descontrolados. Quanto ao Leandro Campos ele vai gritar com o povo dele, com os comandados dele que trocam tapas no coletivo, e vem um covarde com o Alisson dar uma gravata em Ricardo Baiano”.
Túnel do tempo I
“No grito o ABC não vai ganhar de jeito nenhum, quem tem que reclamar de arbitragem é o América. Tabu é o ABC nunca ter disputado uma Série A e perder o Campeonato do Nordeste, esse Leandro Campos não pode dizer o que ele disse. Eu respeito a diretoria do ABC que está comendo corda desse rapaz. Estamos jogando no campo que nós podemos jogar e agradecemos demais por tudo que a prefeitura de lá está fazendo. Agora, se Leandro manda no ABC, aqui é diferente, ele vai gritar lá no Rio Grande do Sul e não aqui no América. O América vai acionar Leandro Campos judicialmente para ele dizer quem do América peitou o árbitro. Quem invadiu o campo em Santa Cruz ano passado foi o Flávio Anselmo depois de um chilique de Leandro Campos. Espero que o relacionamento da diretoria do América com a diretoria do ABC continue da mesma forma”.

Medo de eleição

Publicação: 05/10/18
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

O ABC acertadamente modernizou o estatuto para proporcionar aos sócios uma participação ativa na vida política do clube, mas ao mesmo tempo, tem uma dificuldade tremenda em encontrar quem queira participar da disputa pelo cargo. Os poucos que aparecem vem sempre com a mesma conversa “vou se meu nome for consenso” ou “aceito ser presidente desde que não tenha concorrente”. E tudo isso acontece ainda como reflexo da campanha da última eleição que foi de um nível muito baixo, com ataques pessoais rasteiros.

Medo de eleição I
O modelo democrático que o ABC implantou através da mudança estatutária não faz sentido sem o melhor exercício democrático que é a disputa pelo voto e que está perdendo espaço no clube alvinegro. Aquilo que aconteceu na última campanha ao invés de causar medo deveria servir de estímulo, de discussão e da criação de uma pacto entre eventuais candidatos contra-ataques pessoais e injustos que aconteceram em um passado recente. Se o quadro não mudar, se continuarem se omitindo de uma disputa democrática terá vencido a baixaria e o medo. Pelo menos até o fechamento da coluna nenhuma chapa inscrita, nenhum nome definido, absolutamente nada que não seja mera especulação, o que eu imagino seja frustrante para o clube e principalmente para o associado que tanto cobrou eleição direta.

Volta dia 10
A FNF transferiu a quarta rodada do Campeonato Potiguar Segunda Divisão Loterias Caixa para a próxima quarta-feira, dia 10, com rodada dupla no estádio Frasqueirão. Valendo pelo grupo 1, Visão Celeste com apenas um ponto enfrenta o líder e já classificado Mossoró, com seis pontos. Na sequencia, pelo grupo 2, Alecrim que é lider com seis enfrenta o Palmeira, segundo colocado com quatro pontos.

Calendário 2019
A CBF definiu 18 datas para os Estaduais, e é cima do calendário nacional que a FNF começa discutir no próximo dia 9 o Campeonato Potiguar Primeira Divisão Loterias Caixa, que deve mesmo começar na segunda quinzena de janeiro estendendo-se até o final de abril.

Brasileiro C e D
A Terceira Divisão começa no dia 28 de abril e para quem classificar entre os quatro que sobem, termina no dia 6 de outubro, com um total de 24 datas. A temida Quarta Divisão, com 16 datas, começa em 5 de maio e termina em 18 de agosto, para quem chega entre os quatro.

Cavalo árabe
O ABC foi cavalo paraguaio no Brasileiro da Série C deste ano. Largou relativamente bem mas cansou ao longo da competição, terminando na oitava posição. Não teve fôlego em razão do péssimo elenco que foi montado pelo executivo de futebol Giscard Salton com aval do treinador Ranielle Ribeiro e de toda a diretoria. Em 2019 tem que ser um cavalo árabe, do contrário pode acostumar com o ostracismo da Terceira Divisão.

Pangaré
Para seguir a analogia com os cavalos, se o ABC foi paraguaio na Terceira Divisão, o América lembrou um pangaré, que segundo o dicionário informal, é um cavalo velho e cansado. Time da Rodrigues Alves não conseguiu sequer passar da primeira fase da Série D, caindo vergonhosamente dentro da Arena das Dunas, na mais bisonha série de cobranças de pênaltis da história recente do time rubro.

Olha o prejuízo
As péssimas campanhas de ABC e América resultaram em prejuízos terríveis para os dois clubes. Como imaginar possível a recuperação de um clube sem futebol na Série C sem patrocínio, sem cotas, sem nada? Imagine um que está na Série D, o fundo do poço das competições da CBF. ABC e América colhem os frutos de sucessivas administrações incompetentes, e pior que entram e saem sem carregar nenhuma responsabilidade legal pelos fossos que abriram.

Túnel do tempo
Do meu blog 30/01/2012: No Esportes em Debate na Rádio Globo, o presidente do ABC, Rubens Dantas bateu o martelo sobre o aluguel do Frasqueirão para o América: “ Se depender de mim é zero, mas claro que não sou o dono do ABC e se houver uma discussão o Conselho Deliberativo é que vai decidir, mas se depender de mim é zero. Houve muitos problemas, é uma ferida que está aberta e o Frasqueirão foi tratado de forma pejorativa, o que me feriu também. Eu sou puro sangue e só torço pelo ABC e me senti ferido. A torcida é o nosso maior patrimônio e eu trabalho para fazer a torcida feliz e se depender de mim a possibilidade de aluguel é zero”.





Tá no prazo

Publicação: 03/10/18
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

O período para inscrição de chapas na eleição do ABC está valendo. Abriu no dia 01 e encerra no próximo dia 11, mas até o momento não existe nenhuma inscrição. O atual presidente, Paulo Tarcísio, garante que existe um nome de consenso – não quis divulgar – e que vai manter a união no clube. Será mesmo Fernando Suassuna? Existe um segundo nome que vem sendo mantido em sigilo? Eleição no ABC é sempre um mistério e cercada de medo.

Primeira reunião
No próximo dia 9, a FNF reúne o Conselho Técnico da Primeira Divisão para começar discutir o Estadual 2019, que pode ter mudanças no sistema de disputa com a retomada das finais de turno. A competição deve iniciar na primeira quinzena de janeiro.

Novembro
Apresentação do América está prevista para o dia 19 de novembro, o que vai dar ao treinador Luizinho Lopes algo em torno de 45 dias de trabalho para a arrancada do Estadual, o primeiro grande desafio de Luizinho.

Dezembro
O ABC marcou para 3 de dezembro a apresentação do elenco e o inicio do trabalho para a próxima temporada, o que vai deixar um tempo muito curto de trabalho. Alem do Estadual, o ABC disputa a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e mais na frente, o Brasileiro da Série C.

Segunda Divisão
O Campeonato Potiguar da Segunda Divisão Loterias Caixa segue firme na briga pela vaga de acesso para 2019. No grupo 1 a liderança é do Mossoró com seis pontos e 100% de aproveitamento. Visão Celeste e Atlético Potiguar vem em seguida com um ponto cada.

Segunda Divisão I
No grupo 2 do Estadual Loterias Caixa, o Alecrim lidera com seis pontos e também 100% de aproveitamento, em segundo lugar aparece o Palmeira com três pontos e na lanterna o Cruzeiro que ainda não pontuou. A quarta rodada da competição marca os confrontos entre Visão Celeste x Mossoró e Alecrim x Palmeira.

Profissionalização
Mais uma vez a necessidade de profissionalizar a arbitragem volta a ser discutida e para mim seria o ideal. Mas como determinar quais árbitros seriam profissionalizados ou seriam todos os que estão em atuação? Quem paga? E a questão previdenciária, aposentadoria, vínculo empregatício? A realidade do Brasil é diferente e complicada para simplesmente resolver profissionalizar a arbitragem. É um país continental, tem 27 federações estaduais como ficaria a realidade dos quadros regionais? Está valendo sempre a discussão.

Túnel do tempo
Do meu blog 24/05/2015: Um dos tantos cadáveres insepultos do futebol brasileiro e sulamericano é a chamada máfia do apito. Escutas telefônicas que foram divulgadas domingo passado em um programa de televisão da Argentina, mostram as ações da máfia do apito que vem sendo investigada naquele país. Uma das conversas levanta suspeitas sobre a arbitragem do paraguaio Carlos Amarilla, que em 2013 prejudicou o Corinthians no confronto contra o Boca Juniors na Libertadores.

Túnel do tempo I
Aqui no Brasil aquele caso do Edilson Pereira de Carvalho nunca ficou totalmente claro. O Brasileiro daquele ano foi uma esculhambação, Edilson foi banido da arbitragem mas nunca houve uma investigação que fosse a fosse a fundo no negócio.

Túnel do tempo II
Não tem como fazer qualquer afirmação sobre a arbitragem brasileira, mas o nível está terrível. Os erros que temos assistido a cada rodada do Brasileiro são preocupantes, e para citar os mais recentes envolvendo os nossos clubes, o gol de Kayke contra o Paysandu na Curuzu, o pênalti absurdo que Guilherme Ceretta marcou a favor do Papão no Frasqueirão e que acabou eliminando o ABC da Copa do Brasil, a atuação do maranhense Ronilton naquele jogo do América em Marabá, só para citar alguns erros mostram de forma muito clara, que no mínimo, no mínimo, alguns árbitros estão mal preparados para a função. Quando vejo alguns erros “cabeludos” como os que citei aqui, costumo dizer que o cara só tem dois caminhos: um é admitir que é incompetente para a função e não pode continuar sendo árbitro, e outro é admitir que é mal intencionado e igualmente não pode seguir na carreira.