Torneio de João Câmara

Publicação: 28/02/15
Valério Andrade [ cinenatal1950@hotmail.com]

Terá inicio hoje, 28, a partir das 13:h, o IV Torneio Aberto de João Câmara, no Campus João Câmara. Será disputado em dois grupos, em seis rodadas, pelo Sistema Suíço, com 20 minutos de reflexão para cada jogador.  Taxa de inscrição: R$ 10,00.

Objetivo
A competição faz parte do projeto “Xadrez na Região do Mato Grande IFRN”, com os seguintes objetivos:
·Introduzir uma cultura enxadrística na cidade de João Câmara.
·Estimular a prática de torneios de xadrez na região de Mato Grande.
·Promover intercâmbio entre os alunos do IFRN e os demais enxadristas.
·Oferecer um evento inovador do ponto de vista cultural na região.

Para competir
Qualquer jogador poderá participar desde que esteja presente no local da competição até às 13h de hoje e tenha feito a inscrição até às 12:30h.

Organização
O torneio, dirigido pelo enxadrista Francisco Quaranta Neto, que também será o árbitro. É regido pelas leis da FIDE da CBX e da FNX (Federação Norte-Rio-Grandense de Xadrez). Não será necessário a anotação das partidas.

Quadro de premiação
Premiação do Grupo A
Campeão: troféu e R$ 100,00.
Vice: medalha e R$70.00. 
3º lugar: medalha e R$40,00.
4º lugar: medalha e R$ 30,00.
5º lugar: medalha e 20,00.

Outras premiações
Melhor colocação feminina: medalha.
Melhor jogador Sub-18: medalha.
Melhor desempenho do jogador do IFRN-JC: medalha.
Melhor Sênio: medalha.

Premiação: Grupo B
Campeão: troféu, medalha e livro.
Vice: medalha e livro.
3º lugar: medalha e livro.
4º lugar: medalha.
5º lugar medalha.

Outras premiações
Três melhores de desempenhos femininos:  medalha.
Três melhores desempenhos Sub-16:       medalha.
Três melhores desempenhos: Sub-14:      medalha.
Três melhores desempenhos Sub-10:      medalha.
Revelação do Grupo B:                            medalha.

3º torneio de Damas
Terá lugar hoje, 28, a partir das 14h30, na Academia Damasceno de Xadrez, o 3º torneio de Damas. Será disputado pelo Sistema Suíço, em 7 rodadas, com 15 minutos de reflexão para cada jogador, e terá dois grupos. Inscrição : R$ 100,00.

Série A Premiação: 1º lugar: 500,00  2º lugar: R$ 300,00. 3º lugar: 100,00.

Série B Premiação : 1º lugar:R$ 150,00. 2º lugar: R$ 80,00. 3º lugar: R$70,00

Os diretores e o xadrez

Publicação: 21/02/15
Valério Andrade [ cinenatal1950@hotmail.com]

Além dos atores e atrizes, encontramos em “A importância do Xadrez” (Artmed Editora, Porto alegre, 2007) uma relação de diretores de cinema jogadores de xadrez. Na listagem publicada pelo pesquisador e enxadrista Rubens Filguth, são citados os seguintes cineastas:  Alfred Hitchcock, Billy Wilder, Charles Chaplin, (que  também figura na relação de atores), Fritz Lang, Ingmar Bergman, John Huston, Mel Brooks (também  na dos atores), Milos Forman, Orson Welles, Oliver Stone, Roberto Rossellini, Roger Vadim, Sergei Eisenstein, Stanley Kubrick, Vsevolod Pudovkin, Woody Allen.

Torneio de damas
No próximo sábado, dia 28, será realizado na Academia Damasceno de Xadrez mais uma competição de damas  – a terceira promovida pela ADX.

Será disputada em sete rodadas, com 15 minutos de reflexão para cada jogador, segundo as regras oficiais do jogo de Damas. Além de troféus e medalhas, haverá premiação em dinheiro.

Espaço para a Dama
Como já foi dito, a coluna Peão 4 Rei também abrirá espaço para o jogo de Damas, entre outros motivos, por  inexistir entre nós uma coluna especializada. E também porque há muitos aficionados, como se pode ver, inclusive, nas partidas jogadas no Shopping Popular, na Cidade Alta.

O lance das frases
 “O xadrez é arte da análise” - Botvinnik.  
WWW                         
“É preciso proteger o Rei com o mínimo de peças e atacar o Rei adversário com o máximo de peças”.        Capablanca
WWW 
 “Uma combinação é uma faísca divina, como um meteoro que ilumina a partida de xadrez”.         Tartakower     
WWW
“Enquanto o tático sabe o que fazer quando há algo a fazer, somente o estrategista sabe o que fazer quando, aparentemente, não se pode fazer nada”,      Abrahams  .            

Opinião    
“Reshevsky foi um dos dez maiores enxadristas da história”     Robert Fischer

As atrizes e o Xadrez

Publicação: 14/02/15
Valério Andrade [cinenatal1950@hotmail.com]

Na coluna passada (07/2) publicamos uma relação de atores de cinema que de acordo com a pesquisa do enxadrista Rubens Filguth (em A Importância do Xadrez) eram aficionados do Jogo dos Reis. A lista das atrizes também é grande, e, como a dos atores, não é 100% confiável – é possível, como a anterior, que tenha havido uma confusão originária do que se viu nos filmes.

As damas do tabuleiro
Entre as citadas, estão: Ava Gardner, Angela Lansbury, Barbara Streisand, Barbara Hale, Brooke Shields, Catharine Deneuve, Cher, Julia Roberts, Katharine Hepburn, Kim Novak, Lana Turner,Lauren Bacall, Linda Darnell, Liv Ullman, Mae West, Marilyn Monroe, Marlene Dietrich, Maureen O’Sullivan,  Mia Farrow, Myrna Loy, Olivia de Havilland, Sandra Dee, Shirley Booth, Shieley Temple, Simone Signoret, Susan Saradon, Zsa Zsa Gabor.

A brasileira
Entre nossas atrizes, aparece somente um nome: Carmem Miranda.

Outra hipótese
Seguramente, alguns nomes foram incluídos a partir de uma pista equivocada, isto é, a presença da atriz ”jogando” ou sentada diante do tabuleiro, conversando com o ator. Para fazer essa simulação, exigida pelo o papel, não era preciso sequer saber jogar. A outra hipótese deve ser atribuída à fértil imaginação dos departamentos de publicidade dos estúdios, que, como já se viu em filmes como Nasce uma Estrela (versão de 1937), divulgavam informações 100% fictícias sobre atores e atrizes.

Diretores
Já em relação aos cineastas, há evidencias que de fato eram enxadristas. Em muitos de seus filmes vemos personagens jogando ou alusões ao xadrez, embora, às vezes, essa presença  ache-se no próprio  roteiro (a história).

Filme famoso
O sueco Ingmar Bergman é o responsável pelo mais célebre dos jogos de xadrez da tela: a partida entre a Morte e o Cruzado, em O Sétimo Selo. Na simbologia da história, todos nós, mortais, somos perdedores, na medida em que no Jogo da vida existe somente um vencedor, implacável: a morte.

Damas
Realizou-se dia 31 de janeiro na Academia Damasceno de Xadrez o 2º Torneio de Damas, que contou com 13 participantes e tempo de reflexão para cada jogador de 10 minutos. O vencedor, com 6.5 pontos, no máximo de sete, foi Rodolfo Guedes, seguido por Clóvis Leão, com 5.5 pontos. O terceiro colocado (5 pontos), Alécio Damasceno, entre os enxadristas, foi quem obteve melhor colocação.

Torneio Rápido
Roberto Andrade venceu, invicto, com 5 pontos,  o 303º Torneio Rápido da ADX, realizado dia 1º de fevereiro. Na segunda colocação, com a mesma pontuação, Alxessandro Lira, e, no 3º lugar, Matheus Queiroz.

304º Torneio Rápido
Realizou-se domingo, dia 18, o segundo torneio rápido de fevereiro de 2015 da ADX, que teve 17 concorrentes.   Allysson Muniz, com 5.5 pontos, no máximo de seis, foi o primeiro colocado. Com 5 pontos, Átila Damasceno assegurou a 2ª colocação. Jogadores, empatados, com 4 pontos: Igor Fernandes, Alécio Damasceno, Alexssandro Lira e Valdir Rerald.

O xadrez no cinema

Publicação: 07/02/15
Valério Andrade [ cinenatal1950@hotmail.com]

O enxadrista e pesquisador brasileiro Rubens Filguth listou em seu livro (“A Importância do Xadrez”, Artmed Editora, 2007, Porto Alegre) mais de uma centena de artistas cinematográficos que jogavam ou eram aficionados do xadrez.

Embora de fato alguns atores fossem enxadristas, é improvável, contudo, que todos os coitados tenham sido jogadores. É mais provável, particularmente nos nomes encontráveis na internet, que tenha havido uma confusão originária do que se viu nos filmes, O fato de um ator ou atriz aparecer numa cena jogando, movimentando as peças, sentada conversando diante do tabuleiro, não significa sequer que saiba jogar.

Sem comprovação
Nas biografias e nos verbertes dos atores publicados em livros ou nas revistas especializadas de cinema, não há registro de que todos os listados por Filguth tivessem o xadrez como hobby. Porém, se há equívocos, a culpa não é dele, mas da fonte pesquisada. E para ele, assim como para mim, é impossível afirmar com certeza quem jogava e quem nunca jogou.

De qualquer forma, apesar das dúvidas, resta uma certeza: alguns jogadores eram enxadristas, e, entre os mais famosos estão Humphrey Bogart e John Wayne – visto na (foto)  jogando nos intervalos das filmagens com o filho, Pat Wayne.

A lista (parcial)
Nomes citados no livro de Filguth:

Humphrey Bogart, John Wayne, Charles Chaplin, James Cagney, James Stewart, John Barrymore, Boris Karloff, Charles Boyer, Douglas Fairbanks, Gregory Peck, Jose Ferrer, Henry Fonda, James Mason, David Niven, Errol Flynn, George Sanders, Bob Hope, Charlton Heston, Lionel Barrymore, Orson Welles, Lee J. Cobb. Ray Milland, Bela Lugosi, Anthony Quinn, Curd Jurgens, Leo Genn.

O xadrez e o humor
Na 29º Olimpiada Mundial de Xadrez, realizada em Mive Sad, Iugoslávia, entre 20 e 21  de outubro de 1989, houve um concursos internacional de charges e caricaturas.

A competição teve a participação de 265 caricaturistas de 21 países, representados através de 899 trabalhos.

O júri internacional foi integrado pelo (então) presidente da FIDE, Florêncio Campomanes, Werner Meier (Suíca), editor de uma publicação humorística, e dos cartunistas Jiri (Tchecolosváquia), Kambis (Irá) e Gradimir (Iugoslávia)

Critérios
Os três principais critérios do julgamento dos jurados foram:
- Elevado padrão de qualidade gráfica.
- Revelação dos aspectos sobre a fantasia do xadrez.
- A importância social do xadrez.

Vitória brasileira
Enquanto o Gran Prix  (foto) foi conferido ao cartunista rumeno Crihana Florian Doru, o primeiro premio (foto acima) foi outorgado ao brasileiro Ronaldo Cunha Dias.

O Natal do Xadrez

Publicação: 27/12/14
Valério Andrade [ cinenatal1950@hotmail.com]

Realizou-se sábado passado (20) o 4º Torneio Natalino promovido pela Academia Damasceno de Xadrez, que antes de ser apenas uma competição, é uma confraternização entre ADX e o xadrez natalense. A habitual hospitalidade da família Damasceno, liderada pelo casal Alécio & Evans Lima, evoca, como já foi dito aqui, lembranças natalense de tempos diferentes e melhores.

Participação infantil
Tendo como mestre de cerimônia à professora Lênia Damasceno, que se ajusta a este papel pela simpatia e a extroversão, realizou-se, depois da fotografia grupal dos participantes e do final da competição. o esperado momento dos sorteios - uma oferenda natalina da ADX, acompanhada de salgados, bolos e refrigerantes.

Os participantes
Disputado em seis rodadas pelo Sistema Suíço, com 20 minutos de reflexão para cada jogador, o Torneio de Natal contou com 36 participantes. O vencedor invicto, com 5,5 pontos, no máximo de seis, foi Rafael Anderson Albuquerque, que figura no primeiro time dos jogadores da ADX.

O vice-campeão, Allysson Muniz, obteve 5 pontos, enquanto o terceiro colocado, Tales Gomes, com 4,5 pontos, embora alcançando a mesma pontuação de Matheus Queiroz, foi favorecido pelos sistemas de desempates.

Outros resultados
Prova difícil, conforme atesta o grande numero de jogadores com a mesma pontuação, o Torneio de Natal além dos três primeiros colocados, teve dez competidores que obtiveram rendimento acima de 50%:

Matheus Queiroz (4,5 pontos); Jefferson de Lima (4 pontos); Valério de Andrade (4); Ricardo Negreiros (4); Pedro Lews Batista (4); Alécio Damasceno (4); Felix Lopes Barbosa (4); Lucas Matheus de Oliveira (3,5); Diogo de Souza (3,5); Alemberg de Morais 93,5). A lista dos jogadores seguiu a colocação após os sistemas de desempates.

Registro
Agradeço o permanente apoio do editor de esporte da TN, Itamar Ciríaco, que nunca negou espaço no seu caderno para Peão 4 Rei, única coluna de xadrez da imprensa potiguar e nordestina. O agradecimento desse apoio é compartilhado pela Academia Damasceno de Xadrez e pelos jogadores, novos e veteranos, que tiveram suas atuações registradas e destacadas em 2012, 2013 e 2014.

Aviso
Por causa das férias do colunista, Peão 4 Rei voltará a ser publicada em fevereiro de 2015.

O lance das frases

 “A ameaça da derrota é ainda mais terrível do que a própria derrota”.
Anatoly Karpo

“O xadrez é antes de tudo uma arte”.
Mikhail Thal

“A combinação é uma preciosa flor nascida da fantasia, do amor, do trabalho e da lógica”.
David Bronstein