Em meio à crise, ministro garante: 'Não vamos tropeçar na Copa'

Publicação: 2012-03-05 10:53:00 | Comentários: 0
A+ A-
Aldo evita críticas diretas a Valcke, diz que o Brasil não terá problemas no setor hoteleiro, mas admite má qualidade nos serviços dos aeroportos

Em meio à crise entre governo brasileiro e Fifa, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, usou o Twitter para esclarecer alguns pontos. Na noite deste domingo, ele evitou atritos diretos com o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, com quem afirmou que não negociará mais, e voltou a garantir o sucesso da Copa do Mundo no Brasil, em 2014.

Aldo garantiu o sucesso da Copa de 2014- Já somos a sexta economia do mundo, atraímos investimentos e não vamos tropeçar na Copa, por maior que seja o evento – escreveu Aldo.

Quanto ao setor hoteleiro brasileiro, uma das críticas de Jérôme Valcke, Aldo garantiu que o país não terá problemas nesse aspecto, uma vez que é um país acostumado a receber muitos turistas.

- As obras dos 12 estádios estão à frente do prazo, salvo um ou outro caso. O temor do setor hoteleiro não é pela escassez, mas pelo excesso de oferta. Salvador, Rio de Janeiro e Recife já recebem mais turistas no carnaval do que receberão na Copa. Esperamos algo como 500 mil turistas na Copa. Só Recife recebeu 750 mil neste carnaval.

O ministro também falou sobre os aeroportos e reconheceu que o serviço precisa melhorar, assim como os serviços de telecomunicações.

- Nossos problemas de aeroportos são mais relacionados com a qualidade dos serviços do que com a capacidade, que está sendo ampliada. Os serviços de telecomunicações precisam melhorar, não somente pela Copa, mas pelas necessidades do Brasil hoje.

No último sábado, em coletiva em São Paulo, Aldo Rebelo garantiu que não receberá o secretário-geral da Fifa e cobrou um novo interlocutor à Fifa. Jérôme Valcke tem visita agendada ao país para a próxima semana.

* Fonte: globoesporte.com

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários