A Amazônia de 1783 a 1792

Publicação: 2018-06-26 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte  inaugura na próxima quinta-feira (28) a exposição fotográfica e audiovisual 'Onde o português não pode ser estrangeiro', na galeria do Departamento de Artes da UFRN (Deart).

Museu da Ciência da universidade portuguesa possui um completo acervo biológico das colônias portuguesas
Museu da Ciência da universidade portuguesa possui um completo acervo biológico das colônias portuguesas

A curadoria é compartilhada entre o Museu Câmara Cascudo (MCC), o Instituto Câmara Cascudo e o Museu de Coimbra, dentro da perspectiva de um projeto colaborativo entre as instituições.

Embora tenha em seu cerne imagens retratando a riqueza cultural indígena da Amazônia, entre os anos de 1783 e 1792, também inclui imagens do interior e exterior do Museu da Ciência da Universidade portuguesa, que possui um completo acervo biológico das colônias portuguesas de então, integrando os chamados gabinetes de curiosidades dos reis sobre suas terras distantes.

Com visitação gratuita, as fotografias e vídeos serão apresentados em formato grande, em painéis e TVs, na galeria do Departamento de Artes da UFRN.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários