Águas estão baixando em Touros

Publicação: 2018-07-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
As águas estão baixando em Touros, e a expectativa da Defesa Civil Estadual é que as chuvas que castigaram a cidade durante o fim de semana deem uma trégua nos próximos dias. Cerca de oito mil pessoas, ou 23,53% da população do Município distante 85 km de Natal, foram atingidas direta ou indiretamente pelos alagamentos nos bairros Frei Damião, Conjunto Calcanhar, Portal de Touros e Comunidade Praia do Cajueiro. A Defesa Civil aguarda as águas baixarem para contabilizar o número de imóveis afetados. A gerência de meteorologia da Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN) registrou precipitação em torno de 300 milímetros contra a média histórica de 190 mm para o período.

Alagamentos no município de Touros afetaram diretamente 4.133 pessoas, segundo informações da Defesa Civil do estado
Alagamentos no município de Touros afetaram diretamente 4.133 pessoas, segundo informações da Defesa Civil do estado

“A redução do nível da água ainda é lenta, por isso abrimos um canal de drenagem e instalamos bombas de sucção como medidas para ajudar a baixar”, informou o Major do Corpo de Bombeiros Militar Jorge Ferreira de Oliveira Filho, coordenador interino de Proteção e  Defesa Civil do RN.

Segundo o Major Jorge, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) ainda apresenta risco médio de chuvas para a região. As previsões da Emparn indicam tendência para a persistência das chuvas, mas “com menos intensidade”.

O oficial elencou as ações operacionais promovidas pela Defesa Civil para retomar o controle da situação em Touros: resgate de vítimas; instalação de bombas e caminhões  para sucção da água; instalação de abrigo temporário na Escola Municipal Junqueira Aires. Na esfera administrativa, a Prefeitura de Touros decretou situação de emergência; foi feito levantamento das áreas de riscos e quantidade de pessoas afetadas. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil foi informada.

A Defesa Civil Municipal de Touros, com apoio do órgão Estadual, vem cumprindo as formalidades necessárias para acessar recursos federais do Ministério da Integração Nacional que irão viabilizar a execução do plano de trabalho para ações de respostas frente à situação de emergência.

As áreas alagadas, conforme informações da Defesa Civil Estadual, eram ocupadas por antigas lagoas e afloramentos do lençol freático, que acabaram ocupadas por obras de conjuntos habitacionais. “A Defesa Civil ainda não está investigando os possíveis motivos que provocaram os alagamentos, e se há algo relacionado com a drenagem urbana da área afetada”, disse o Major Jorge Filho. Ele acrescentou que, após solicitação do Governo do RN, o Exército Brasileiro enviou equipes de apoio na tarde desta quarta-feira (11) para avaliar se será preciso empregar maquinário pesado para auxiliar na drenagem e escoamento da água. O coordenador interino da Defesa Civil Estadual assegurou que  a situação em Touros “está sob controle”.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários