A interferência surreal do concreto na natureza

Publicação: 2018-06-05 00:21:00 | Comentários: 0
A+ A-
A exposição fotógrafo “Interferência Urbana”, do artista Flávio Aquino, é a mostra do mês de junho da Galeria Sesc RN. A exposição apresenta obras que travam um diálogo entre o desenvolvimento urbano no ambiente natural. Com estreia nesta quarta-feira (6), às 19h, e a exposição fica em cartaz para visitação gratuita até 11 de julho no Sesc Cidade Alta, em Natal.

Fotógrafo reflete sobre a degradação do meio ambiente através de paisagens surreais
Fotógrafo reflete sobre a degradação do meio ambiente através de paisagens surreais

Por meio da superposição de imagens de ambientes naturais e de ambientes urbanos, o artista propõe um olhar poético e surreal acerca do avanço do desenvolvimento das cidades sobre a natureza.

Unindo concreto e asfalto a rios e árvores, Flávio Aquino antecipa a interferência urbana nos ambientes naturais, lançando um olhar para as consequências desse encontro. As oito fotografias que compõem a exposição foram feitas na cidade de Natal e nos estados do Rio Grande do Norte e de Sergipe.

Flávio Aquino é fotógrafo natalense e se inspirou na sua experiência em fotografias de paisagens para compor as imagens que fazem parte da exposição. O artista problematiza a destruição da natureza através do desenvolvimento das cidades e ambientes urbanos.

Desde 2015, os trabalhos dos artistas que expõem na galeria são selecionados por meio de edital. Em sua 4ª edição, o projeto selecionou seis trabalhos para compor o calendário de exposições 2018. Até dezembro, entrarão em cartaz as exposições “A estrada é longa” de Lucas MDS; “Cidade invisível”, de Mário Rasec e; “Modern violence”, de Matthieu Duvignaud.

Serviço:
“Interferência Urbana”, de Flávio Aquino. Galeria Sesc Cidade Alta | Rua Cel. Bezerra, 33. Cidade Alta. Abertura: 06 de junho | 19h. Visitação de 07/06 a 11/07 (exceto finais de semana e feriados)). A entrada é gratuita.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários