‘Lvsintania’ seleciona autênticos portugueses

Publicação: 2017-12-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O restaurante Lvsitania, aberto há um mês em Ponta Negra, é um pequeno e aconchegante espaço onde a comida portuguesa é servida em toda sua autenticidade tradicional. A casa é resultado da parceria entre dois patrícios de diferentes áreas: Miguel Gimenez, da padaria Doce Portugal, e Carminda Domingues, experiente chef de cozinha. Cada um pôs o seu toque pessoal no cardápio. O resultado está na mesa.

Miguel Gimenez e Carminda Domingues apostam numacozinha mais acessível
Miguel Gimenez e Carminda Domingues apostam numa cozinha ''mais acessível''

Miguel e Carminda costumavam ser clientes um do outro – o que é uma boa forma de começar uma parceria gastronômica. Ela teve por dois anos, em Cidade Verde, a casa de sopas e petiscos Sonhos do Porto. “O Miguel sempre comentava que faltava um restaurante português mais acessível na zona sul, especialmente na avenida Praia de Ponta Negra, que já é um point gastronômico e turístico do bairro. E assim a ideia foi amadurecendo até a gente decidir partir para a ação”, conta a chef.

O Lvsitania é um espaço simples, com dois ambientes, sendo o externo em forma de varanda com jardim. Comporta até 30 pessoas. “A combinação de nossas habilidades é o que dá o sabor do restaurante. Tudo que a gente oferece aqui é o que se come igualzinho em Portugal. Do azeite aos temperos, fazemos tudo como se fosse de lá”, afirma Miguel, que é um afinado especialista nas guloseimas doces portuguesas. A trilha sonora ambiente, toda com fado, também contribui para a viagem.

Cheesecake de limão com caviar de vinho do porto
Cheesecake de limão com ''caviar'' de vinho do porto

Quem começar pelas entradas terá os tradicionais bolinhos de bacalhau, camarão de coentrada (com molho de tomate e coentro), camarão no azeite e alho, salada de polvo, e punheta de bacalhau. O típico “prego”, um bife (filé mignon de 120g) com ovo que pode ser servido no pão ou no prato, pode sair com queijo, bacon, e queijo com bacon. Tem ainda arroz de pato (desfiado com calabresa, laranja e queijo), bitoque (filé com molho de cerveja, ovo, arroz e fritas), filé à portuguesa (ao molho de vinho branco), filé com natas, e à Vila Velha (molho de limão).

O segmento de frutos do mar é bastante variado. Tem açorda de camarão (feito com miolo de pão, ovos e tomate), arroz de marisco (camarão, lula, kani, mexilhão e polvo), arroz de polvo, moqueca de camarão, polvo à lagareiro, e os bacalhaus à Gomes de Sá, Brás, nata, Zé do Pipo, à lagareiro, e à Minhota (posta com cebola, ovo, cenoura e batata).

Bacalhau é servido à Lagareiro
Bacalhau é servido à Lagareiro

As sobremesas refletem o primor lusitano nessa área. No menu tem pastel de Belém, travesseiro de Sintra, baba de camelo, leite creme (um creme broulé à portuguesa), cheesecake de limão com caviar de vinho do Porto, cheesecake de morango, pudim de vinho do Porto, e pudim Abade de Priscos (com bacon). Miguel afirma que mais doces virão por aí. Já Carminda ressalta que a partir de terça (19/12) as sopas estrearão no cardápio do Lvsitania. Há uma grande clientela saudosa dessa iguaria fumegante. Tortas salgadas e quiches também voltarão ao menu.

Sobremesas refletem o primor lusitano nessa área. No menu tem pastel de Belém, travesseiro de Sintra (foto) e leite creme
Sobremesas refletem o primor lusitano nessa área. No menu tem pastel de Belém, travesseiro de Sintra (foto) e leite creme

Serviço:
Lvsitania Gastronomia Portuguesa. Av. Praia de Ponta Negra, 9041, Ponta Negra. Aberto de terça a sábado, das 18 às 23h, e domingos e feriados das 12 às 15h. Tel.: 2226-4098.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários