À mesa, ao sabor da Páscoa

Publicação: 2017-04-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A igreja já liberou o consumo de carne vermelha sem culpa (cristã) na Semana Santa, mas o paladar supera a quebra de tradições, e os frutos do mar continuam imperando no paladar de quase todos que vão sair pra almoçar ou jantar neste fim de semana santo. E o bacalhau, claro, é a estrela na maioria dos cardápios. Escolher um bom bacalhau, seja no supermercado ou no menu de um restaurante, é um ato de fé na gastronomia que muitos pessoas vão experimentar sem nenhum sacrifício até o domingo de Páscoa.

Bacalhau com legumes do Santa Maria é tradição no cardápio
Bacalhau com legumes do Santa Maria é tradição no cardápio

Portugueses, com certeza
O restaurante português Santa Maria, em Lagoa Nova, reduz o cardápio no fim de semana santo para poder servir melhor. “Selecionamos os pratos que mais saem, para agilizar o atendimento. É a data mais agitada do ano para a casa. Após 11 anos no mercado a gente já aprendeu o que fazer em algumas datas”, brinca a chef Andreia Sanches. O domingo abrirá só para almoço.

Entre os pratos selecionados estão os bacalhaus à lagareiro e Gomes de Sá, polvo à lagareiro, e uma moqueca de camarão. Só na sexta-feira terá um mimo: pães recheados com bacalhau. Há também uma opção de filé para os gostos que não combinam com a tradição. O Santa Maria trabalha apenas com o bacalhau tipo 'gadus morhua', o famoso bacalhau norueguês, uma unanimidade de qualidade entre chefs. “Às vezes alguns clientes pedem dicas, mas a maioria prefere vir ao restaurante para comer do que fazer em casa”, diz. Tel.: 3234-0710.

O tradicional Abade manterá o cardápio normal, e vai aceitar reservas. A proprietária Carol Macedo ressalta que a casa lançou novos pratos no cardápio (principalmente massas e carnes) e renovou o seu estoque de bacalhau já pensando na Páscoa. Quem preferir ficar no menu habitual, terá destaques como o bacalhau à Abade, lagareiro, e o bacalhau com camarão e alho francês servido com arroz de alho e ervas. “Este último foi um prato criado no Abade do Midway que trouxemos para Ponta Negra. As pessoas adoram”, diz. Tem ainda a caldeirada de frutos do mar (polvo, lagosta, lula) servida na cataplana, e o grelhado do mar (lagosta, camarão, lula, polvo e peixe). Tel.: 3219-4469.

No Abade, sugestão é o clássico da casa, Bacalhau com camarão, alho francês e arroz de ervas
No Abade, sugestão é o clássico da casa, Bacalhau com camarão, alho francês e arroz de ervas

A petiscaria portuguesa Casa d'Aldeia, no Alecrim, tem um cardápio focado em petiscos, mas também faz pratos maiores  para almoço e jantar sob encomenda. São pratos como bacalhaus à lagareiro, Zé do Pipo, Gomes de Sá, à nata, e à Braz. Pode ligar no mesmo dia para encomendar o preparo. No terreno dos petiscos, o sabor também é lusitano, como na salada de polvo, arroz de marisco e camarão, a as tripas à moda do Porto. Aberto normalmente de terça a domingo, das 17 às 23h. Tel.: 3025-2048.

O Real Clube do Bacalhau, no Tirol, é outra casa portuguesa que faz a alegria dos fãs do tempero lusitano. O cardápio será o habitual da casa, que inclui bacalhau a Zé do Pipo e à Chef Jorge (lombos altos fritos no azeite com cebola desidratada, batata e salada), caldeirada de bacalhau, pataniscas, lagosta grelhada, e um peixe grelhado ao estilo executivo. Para harmonizar, tem promoção do vinho  português Guardado Branco, a R$45,90. Aceita reserva. Tel.: 3201-4254.

Frutos dos mares
O Cascudo Bistrô, ambiente especializado em cozinha contemporânea, na Praça das Flores, Petrópolis, funcionará normalmente durante a semana santa, com diversas opções à base de peixes e frutos do mar, como a moqueca tropical (de peixe e camarão, servida com arroz de coco e pirão) e o bacalhau ao forno (acompanhado de vegetais e arroz de alho), que servem bem duas pessoas. No domingo, a casa abre apenas para almoço e, como a procura é grande, o chef Daniel Cavalcanti sugere fazer reserva prévia pelo telefone 3202-1005. 
 
No Cascudo Bistrô, além do bacalhau ao forno, tem opção de moqueca tropical
No Cascudo Bistrô, além do bacalhau ao forno, tem opção de moqueca tropical

O restaurante Yuru, do hotel Golden Tulip Natal Ponta Negra, servirá um almoço especial de Páscoa, das 12 às 15h, elaborado pelo chef Joca Pontes. No cardápio tem guacamole e camarões grelhados na manteiga de garrafa ou camarões crocantes. Para o prato principal, o bacalhau ou filé de dourado grelhado na chapa sobre brandade de bacalhau, e um purê de batatas com bacalhau desfiado. Como sobremesa, bolo de macaxeira sobre calda de doce de leite. Preço: R$130 por pessoa criança de 5 a 10 anos pagam R$70). Tel.: 3646-0100.  

A Cozinharia, em Ponta Negra, vai celebrar a Páscoa junto com seu aniversário de quatro anos. O almoço de domingo promete ser especial. A chef Cacau Wanderley destaca o bacalhau à portuguesa (confitado com azeite e temperos, servido em purê e legumes), além de peixe a bellemeuniere, moqueca de robalo e camarão, e paella. Para quem vai sair da dieta santa, tem filé do sol e feijoada. O restaurante aceita reservas. Ligar para o 2010-4274 e 99423-6625.

Os restaurantes Camarões não têm bacalhau no cardápio, mas isso não os impede de ter grandes filas de espera no período. A casa trabalha os peixes tilápia, dourado, serigado e salmão, e o cliente escolhe o molho. Entre as opções estão o peixe ao molho de camarão, moqueca de salmão com camarão teriyaki, peixe vila flor (grelhado e coberto com manteiga aromatizada, e lâminas de castanha). Além das muitas opções com camarão, tem ainda mexilhões, lula e lagosta. O atendimento é por ordem de chegada, sem reservas. Recomenda-se chegar cedo, às 11h30. Tel.: 3209-2425/2424.

A Sabor Magazzino propõe facilitar a vida de quem vai ficar em casa no feriadão mas não está disposto a encarar a fila dos restaurantes: a delicatessen conta com uma série de opções embaladas à vácuo pra levar pra casa, com seu habitual toque de qualidade. O bacalhau comparece à la Chianca (desfiado na nata), salada, e bolinhos de bacalhau. Há também quiches em tamanho médio (25cm de diâmetro) com vários recheios, incluindo o de bacalhau. Para quem tem receitas na manga, a casa vendo o lombo dessalgado e congelado de bacalhau, além de um filé de salmão inteiro.

Quem preferir outros sabores, a Magazzino dispõe também de costela de cordeiro assada, acompanhada de cuscuz marroquino. Tem ainda codornas desossadas e recheadas (três opções) e salpicão de frango. Quanto aos vinhos, a promoção para a Semana Santa ficou para a linha argentina Callia. Abre sábado das 9 às 18h. Tel.: 3212-1477.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários