A startup brasileira que deixou Spotify e Deezer pra trás

Publicação: 2019-01-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ramon Ribeiro
Repórter

Foi com o foco em ritmos genuinamente brasileiros, como forró, funk carioca, sertanejo e pagode baiano, que a startup Sua Música se tornou a principal plataforma para ouvir e baixar música no Nordeste, deixando para trás na região as multinacionais famosinhas Spotify e Deezer – segundo monitoramento Crownley. Criada em João Pessoa, mas atualmente com sede no Rio de Janeiro e escritórios em São Paulo, Fortaleza e Recife, a empresa tem um alcance de um milhão de acessos por dia e o aplicativo para celular já está entre os 60 mais baixados do país. Um dos grandes diferenciais, além do foco em música brasileira, é que todo o conteúdo está disponível gratuitamente para o usuário, não sendo exigido assinatura.

Gabriel Diniz é o nome do sucesso do momento, “Jennifer”
Gabriel Diniz é o nome do sucesso do momento, “Jennifer”

Dentre os mais de 12 mil artistas cadastrados, há desde aqueles super badalados, como Wesley Safadão, Henrique & Juliano, Xand Avião, Bell Marques e Gabriel Diniz (do hit do momento “Jennifer”), à nomes como Michel Fontes, Kally Fonseca e Soró Silva, que buscam emplacar seus sucessos. Assim como é gratuito para o público, a participação dos artistas também é. Eles mesmo são responsáveis por disponibilizar seus álbuns e faixas para serem ouvidos e baixados. 

A empresa tem 7 anos de atividade. Começou como um site simples, criado pelo paraibano Éder Rocha, cujo único objetivo era disponibilizar para download os CDs promocionais de bandas de forró – aquelas gravações de shows que eram vendidas nas próprias festas e em camelôs. Mas foi há cinco anos que o projeto tomou a cara que tem hoje: uma plataforma de streaming e download de músicas, notícias, playlists, clipes, shows e entrevistas. O CEO da empresa é o carioca Rodrigo Amar, de 33 anos. Ele e dois sócios buscavam um site com audiência alta para empreender. Entraram em contato com o Éder Rocha e apostaram no negócio.

Todos os hits do Safadão estão no Sua Música
Todos os hits do Safadão estão no Sua Música

“Não somos do ramo da música. A gente vem da internet. A primeira vez que vimos um show do Aviões ficamos impressionados com a força dessa indústria. Soubemos da audiência do site do Éder. Ele tinha 80 mil acessos por dias. Fomos atrás dele. Não valia à pena começar do zero”, diz Rodrigo. “Eder foi trabalhar como empresário de banda e a gente assumiu totalmente o negócio já tem cinco anos”.

Rodrigo explica que a fonte de receita do Sua Música é a publicidade. Há vários pacotes de anúncio, inclusive para artistas que querem mais destaque. Mas o CEO garante que o anúncio de um artista não interfere nos rankings de mais ouvidas e baixadas. “São totalmente orgânicos”, afirma. Dentre os artistas cadastrados na plataforma que começaram de baixo e que cresceram bastante, Rodrigo cita Devinho Novaes, Unha Pintada e Aldair Playboy.

Xand Avião é uma das estrelas cadastradas
Xand Avião é uma das estrelas cadastradas

O Nordeste e a música local
Rodrigo Amar informa que 60% dos acesso à plataforma vem do Nordeste, sendo as maiores audiências a Bahia, o Ceará e São Paulo, nessa ordem. E o gênero mais escutado é o forró. Por isso a equipe da empresa tem atenção especial com a região. “Temos profissionais em Salvador, Campina Grande e diversos colaboradores em outras cidades da região. A gente não fala perrengue, que é como se diz aqui no Rio, a gente fala aperreio”, comenta o CEO, revelando admiração com a maneira como os nordestinos se relacionam com a música. “Na maior parte do Brasil quando você conhece alguma pessoa você pergunta qual o time que ela torce. No Nordeste se pergunta o que você ouve. O nordestino é movido à música”.

A empresa está atenta ao comportamento dos usuários da região. Um característica que ele vê como peculiar do Nordeste é o gosto pelo download das músicas. “O pessoal gosta muito de baixar a música pra ter no pen drive, ouvir no carro. Mas isso está ficando diferente. Hoje já percebemo mais plays que download”, conta Rodrigo, que adianta que o próximo passo do Sua Música será investir em videoclipes. “Tanto divulgando os vídeos dos artistas como como produzindo material novo”.

Aldair Playboy cresceu impulsionado pelo site
Aldair Playboy cresceu impulsionado pelo site

Ele não compara o Sua Música com streaming como o Spotify e Deezer. “Nós produzimos conteúdo. Escrevemos matérias, memes, clipes. Não é só streaming”, diz. Ele também  diferencia a plataforma de outra startup de música brasileira, o KondZilla, voltada para o funk e dona do maior canal brasileiro no Youtube. O KondZilla é um canal dentro do Youtube. A gente não. Temos uma plataforma própria. Podemos conhecer melhor o comportamento da nossa audiência”.

Rodrigo conta que por enquanto o pensamento na empresa é o de aumentar o alcance da plataforma, mantendo uma visão de longo prazo. “Nossa missão é ampliar, conectar e desenvolver o universo da música no país. O Brasil ainda não conhece o que é produzido no país. Nós queremos fazer essa música chegar em todo lugar”, projeta.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários