Ítalo Ferreira dá show e decide título de etapa da África do Sul

Publicação: 2019-07-19 08:56:00 | Comentários: 0
A+ A-
O potiguar Ítalo Ferreira está na final da etapa de Jeffreys Bay, na África de Sul, no mundial de surfe profissional. O potiguar superou, na manhã desta sexta-feira (19), o também brasileiro Filipe Toledo, em uma das melhores baterias da competição. O adversário na final será o bicampeão mundial Gabriel Medina, que superou o americano Kolohe Andino em outra bateria disputadíssima.
Ítalo Ferreira está na final em Jeffreys Bay
Ítalo Ferreira está na final em Jeffreys Bay

Na primeira semifinal do dia reuniu o novo líder do ranking mundial, Kolohe Andino, e Medina. O brasileiro de Maresias manteve seu consistente surfe de backside, somando uma nota 8,07 e 6.23 na disputa com o americano. Andino até fez jogo duro, com um 6,50 e 7,50, chegando à soma de 14,00, muito próxima ao 14,30 de Medina, que avançou.

Já na disputa do potiguar, a emoção foi logo nos minutos iniciais. Começando com um surfe consistente na bateria, Ítalo Ferreira abusou das batidas e rasgadas, encerrou a primeira onda com uma forte batida logo após um longo floater. Os jurados deram média de 7,67. Porém, era pouco para segurar Filipinho.

Em sua primeira onda na bateria, o paulista fez de quase tudo: rasgadas, batidas e tubo. Apesar de ser conhecido como o Rei dos Aéreos, Filipe Toledo preferiu encerrar a onda com uma batida forte na junção. Os jurados duram média 9,00 para o surfista, que seguia com a maior nota. Contudo, Ítalo não deixou barato.

Já na onda seguinte, o potiguar encontrou uma onda da série com tamanho e potência. O surfista de Baía Formosa aproveitou a qualidade de seu backside para aproveitar tudo o que a onda proporcionou, com manobras verticais e impacto. Impressionando os jurados, Ítalo conseguiu impressionante média de 9,50.

Filipe Toledo até tentou encontrar uma onda capaz de superar o potiguar, mas não conseguiu e a bateria terminou com a classificação do potiguar para mais uma final, com soma de 17,50 contra 14,00.

Essa será a primeira final entre brasileiros na África do Sul e também a primeira envolvendo dois surfistas 'goofies', que são os atletas que surfam com o pé direito à frente. A final ocorrerá ainda na manhã desta sexta-feira.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários