A Terceira Onda de Trump

Publicação: 2020-09-19 00:00:00
Alex Medeiros 
alexmedeiros1959@gmail.com

Por Rudá Medeiros Sudário
O ano de 2020 entra para a história como o terceiro grande marco do século XXI. Em 2001, Bin Laden fez os EUA revolucionar sua política externa com a chamada “Guerra ao Terror”; em 2008, a crise do subprime levou os grandes bancos centrais a ligar o fast-foward das impressoras de dinheiro, fundando uma nova economia; em 2020, o coronavírus chacoalhou um mundo que já não estava tranquilo, agindo como um freio de arrumação no tabuleiro da geopolítica mundial.

A política externa de Trump elegeu três grandes fragilidades: imigração, conflitos armados e comércio; para resolvê-las, optou por deixar o multilateralismo de lado e resolver diretamente com o país alvo apontado como protagonista do problema - México (imigração), China (comércio) e no caso dos conflitos armados, conter o Irã e retirar tropas do Iraque, Síria e Afeganistão. Para desespero de seus detratores, Donald Trump avançou nessas três áreas.

O histórico da prosperidade chinesa começa com a “diplomacia do ping-pong”, quando Nixon atou relações com a China comunista e, aproveitando-se do novo amigo rico, Deng Xiaoping colocou o país no rastro dos dólares com o seu “socialismo de mercado”. Assim como Bismarck vendia a Alemanha recém-unificada como uma potência inocente, satisfeita com o seu lugar no mundo, Deng Xiaoping dizia que a China deveria “esconder a força e aguardar o momento”.

O momento chegou. A reviravolta na política externa americana e a crise do coronavírus obrigou a China a se impor. Ainda Bismarck: “Vivemos numa época extraordinária, na qual o forte é fraco por causa dos seus escrúpulos e o fraco se torna forte por causa da sua audácia”. 

A audácia de Trump desafiou a China a assumir seu papel de potência ascendente. A nova “diplomacia do lobo guerreiro” mostra que a China topou o desafio. A tagline do filme Wolf Warrior 2 (filme estilo “Rambo”, que batizou a nova atuação da diplomacia chinesa) diz tudo: “Mesmo que a mil milhas de distância, quem quer que afronte a China irá pagar.”

É esse embate que vai definir o século XXI. Em novembro, os eleitores americanos vão escolher quem irá liderar os EUA nessa luta: Joe Biden demonstra querer lutar com as mãos amarradas, Trump quer lutar sem luvas.

Perigo
Cientistas anunciaram que foi descoberto um verdadeiro enxame de terremotos na caldeira de magma do super vulcão do Parque Nacional de Yellowstone, nos EUA. O local é considerado ameaça à humanidade se o monstro acordar.

Licitação
A agência Armação Propaganda entrou com um mandado de segurança na Justiça questionando a licitação publicitária do governo do estado. A comissão permanente não pode, por Lei, retirar pontos e desclassificar uma licitante.

Licitação II
Na fase de propostas técnicas, a comissão permanente pediu à comissão técnica para desconsiderar a pontuação da Armação, o que fere o próprio edital e o Artigo 41 da Lei 8.666. Há outras ações das agências Ratts e Aragão.

Licitação III
Um fato que está gerando expectativas no mercado ocorreu na reunião para abertura das propostas de preço. A agência RAF pediu para constar na ata que na primeira fase o sigilo de um envelope apócrifo foi quebrado. É gravíssimo.

Desenvolvimento
Sentado num orçamento de R$ 32 bilhões, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, está confiante de realizar uma revolução nas questões de moradia popular, segurança hídrica e combate efetivo à seca.
 
Fila de doentes
O governo do estado está represando as verbas do SUS, encaminhadas pelo Ministério da Saúde para efetuação de cirurgias eletivas. Prefeitos alegam que a pasta estadual de saúde pretende liberar somente depois de novembro.

Berilo
Doutor Berilo de Castro, o eterno bicampeão da cidade e um craque na medicina, corre para driblar a pandemia e retomar os cuidados com nossos rins. Vai atender a partir de 4 de outubro, na Natalcor, Rodrigues Alves, 1115.

Contrabando
Há poucos dias, a ministra do STF Carmem Lúcia quis saber o que o Exército faz na Amazônia. Ontem, as tropas apreenderam 70 mil toneladas de manganês, avaliadas em R$ 60 milhões, indo pra China. Pergunta respondida.

Na Veja
A revista chega às bancas com a notícia de que o PT quer copiar o modelo da Argentina para derrotar Bolsonaro em 2022. O presidente hermano Alberto Fernández e sua Cristina Kirchner acabam de quebrar a economia vizinha. 

Pernambucanismo
A ESPN Brasil atingiu o orgulho dos leões do Norte, principalmente os rubro-negros. Foi dito que Thiago Neves pode recuperar seu futebol no Sport, e aí depois terá como conseguir voltar a um time grande e importante do Brasil.





Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.