Éverton Silva renova com o América

Publicação: 2021-01-20 00:00:00
O América conseguiu fechar um novo contrato com o lateral-direita Éverton Silva, o jogador foi um dos destaques da equipe na disputa da Série D do Brasileiro e ficará mais uma temporada no Alvirrubro. O executivo de futebol do clube, Fabiano Melo, além dos membros da diretoria, agora estão acelerando o processo de buscas de reforços, uma vez que a apresentação do elenco está confirmada para o próximo dia 25.

Créditos: Canindé PereiraApós terminar a temporada em alta na equipe, Éverton Silva deseja um ano de 2021 ainda melhorApós terminar a temporada em alta na equipe, Éverton Silva deseja um ano de 2021 ainda melhor

Fora os atletas que possuem contratos firmados e participaram do grupo do ano passado, casos de Ewerton (goleiro), Lucão (goleiro) e Lucas (goleiro), Alisson Brand (zagueiro), Rondinelly (meio-campo), Guedes (volante), Carlos Renato (lateral-esquerda)   e agora Everton Silva. O clube já anunciou as contratações de Luan Silva (atacante), Samuel Oliveira (goleiro), Iranilson (lateral-direita),  Fernando (lateral-esquerda) e Clebinho (meio-campo). 

“Sempre que possível iremos anunciar as contratações e as renovações. Na busca que estamos realizando no mercado, além dos critérios físicos, técnicos e comportamentais, estamos olhando aqueles atletas considerados rápidos, cascudos e raçudos, acima de tudo”, disse o presidente americano Ricardo Valério.

Clebinho é um atleta que se encaixa bem nesse perfil, é um jogador de muita experiência e que conhece bem o Campeonato  Potiguar. O meio-campista de 33 anos, tem no currículo uma rodagem grande no futebol nacional e defendeu o ABC na temporada de 2015. Durante a carreira, o atleta já atuou em 16 clubes, dos quais, quatro do Nordeste, região onde ele passou quatro temporadas.

“Sou um meia que tanto posso atuar centralizado como caindo pelas pontas. Minhas características principais são a velocidade, dribles rápidos e os chutes. Como no futebol moderno nós temos função de marcação, também ajudo a combater os adversários”, disse o meio-campista.

Mesmo com o clube potiguar vivendo uma de suas piores fases dentro do cenário nacional, tendo de disputar a Série D pela quinta temporada consecutiva. O jogador disse que o nome que o clube mantém no meio esportivo e a  grandeza, o fizeram acertar contrato para defender o Alvirrubro.

“Joguei bastante tempo no Nordeste, onde já defendi Fortaleza, Náutico, CRB e sei da grandeza do América. O fato de estar na Série D também contou, pois sabemos que o clube está deslocado e, o desafio de tirar ele dessa situação, é bastante motivante. Tenho vários amigos que já defenderam o América e todos elogiam muito a organização e a torcida. Então o convite me motivou”, ressaltou.

Apesar de ter passado uma parte da carreira atuando em clubes nordestinos, essa é a primeira vez que Clebinho terá a oportunidade de trabalhar ao mesmo lado do treinador Evaristo Piza. Mas a expectativa é a melhor possível em relação a isso também.

“Conheço o Piza de nome, nunca trabalhamos juntos mas acredito que poderemos ter uma boa experiência. Os jogadores sempre costumam conversar a respeito dos treinadores, meus amigos também falaram muito bem desse profissional e sobre a forma de trabalho que o treinador costuma aplicar. Só espero termos sucesso juntos para conseguir cumprir com todos nossos objetivos”, ressaltou Clebinho.