Aécio Neves faz discurso em tom de reconciliação e defende ‘projeto honrado’

Publicação: 2014-10-27 00:00:00 | Comentários: 1
A+ A-
Belo Horizonte (AE) - Depois de confirmada a vitória da presidenta Dilma Rousseff (PT) no 2.º turno da eleição presidencial, o candidato do PSDB, Aécio Neves, deixou o apartamento de sua irmã, Andrea Neves, em Belo Horizonte e foi até um hotel no centro da cidade acompanhado de uma comitiva de tucanos, aliados e celebridades de vários estados. Em um breve pronunciamento, que durou pouco mais de dois minutos, o tucano fez um discurso de conciliação.
Valter CampanatoAécio Neves, que terá mais quatro anos de mandato no Senado, pede união nacionalAécio Neves, que terá mais quatro anos de mandato no Senado, pede união nacional

“Cumprimentei agora há pouco a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução do seu próximo governo. Ressaltei que considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado, que dignifique a todos os brasileiros”. O senador, que terá mais quatro anos de mandato pela frente no Congresso, não respondeu perguntas. Em sua fala, Aécio lembrou o apóstolo Paulo. “Mais uma vez São Paulo é que trata de forma mais clara o sentimento que tenho hoje na minha alma e no meu coração: combati o bom combate, cumpri minha missão e guardei a fé”, afirmou.

Aécio passou o dia em seu apartamento e no final da tarde foi para o da irmã, onde recebeu dirigentes tucanos e aliados. Havia a expectativa da chegada do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do governador Geraldo Alckmin, o que não se confirmou. De São Paulo vieram o senador eleito José Serra e o senador Aloysio Nunes Ferreira, candidato a vice na chapa tucana.

Em coletiva realizada pela manhã, o presidenciável, que falou ao lado da esposa, já havia feito um discurso pedindo a união a nacional, mas disse ter “muito melhores condições” para promover um entendimento nacional do que sua rival, Dilma Rousseff (PT). Mas acusou o PT de promover “a mais sórdida campanha jamais feita no País, com ofensas, calúnias e mentiras” para se manter no poder e disse que sua candidatura deixará como lembrança no Brasil a mobilização nas ruas.

“Outra extraordinária marca que o Brasil irá se lembrar é a do Brasil que acordou e foi para as ruas para dizer que não aceita mais que um partido se julgue dono do nosso destino.”

Mineiro, o candidato Aécio Neves (PSDB) obteve a maior votação que um político do PSDB já registrou em uma eleição presidencial em São Paulo. Mais de 15 milhões de eleitores paulistas votaram no senador mineiro ontem, o que corresponde a 64,3% dos votos válidos do 2º turno presidencial. Foi quase o dobro da quantidade de eleitores que a presidenta Dilma Rousseff (PT) recebeu no Estado: 8,5 milhões, ou 35,7% do total.

O PT não ganhou trégua do eleitorado paulista no 2º turno, após sofrer uma derrota histórica em São Paulo há três semanas. A diferença de votos entre Aécio e Dilma, em números absolutos, foi de 6,8 milhões - o que não foi o suficiente para reverter a dianteira de 10,3 milhões de votos que a candidata reeleita conseguiu no resto do País. Antes dessa eleição, o melhor resultado de um candidato tucano à Presidência em São Paulo havia sido de Fernando Henrique Cardoso ao ser reeleito em 1998, quando recebeu 59,9% dos votos válidos já no 1º turno - tanto nesse ano quanto em 1994, não houve 2º turno na disputa presidencial. A única vitória do PT no território do maior eleitorado do Brasil havia sido em 2002. Naquela ocasião, 55,4% dos votos do Estado no 2º turno foram para o petista Luiz Inácio Lula da Silva, cujo berço político é o ABC Paulista.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • Mariavasconcelos2014

    Vejo nos blogs falar mal do Nordestino, aconteçe que na minha opinião Aécio Tirou bastante voto no Ceará, vejam bem na minha cidade Camocim , nunca ví um carro de som com a campanha do Aécio os dois candidatos a governo pediam voto p/ a Dilma, então votou Aécio quem é ant-PT e queria mudança. Faltou mais divulgação, sabe-se que os prefeitos a maioria fica do lado do governo minha prefeita é C idista, sempre tem aquele trabalho, porta a porta então ví que faltou trabalho em prol de Aécio. Força Aécio e vamos p/ 2016