Esportes
ABC e América definem os 'bichos' por acesso
Publicado: 00:00:00 - 15/10/2021 Atualizado: 21:24:41 - 14/10/2021
Premiação, ou “bicho”. Essa palavra, tão tradicional no futebol brasileiro já foi utilizada como justificativa para a Seleção ter sido eliminada em uma Copa do Mundo. Na Série D, apesar do enorme abismo que separa as duas realidades, o assunto não é deixado de lado. ABC e América já fizeram as contas e ambos devem premiar seus atletas com um valor considerável em caso de acessos para a Série C, neste fim de semana. Os clubes confirmam as negociações, mas não revelam valores.

COMUNICAÇÃO ABC
No ABC, os dirigentes “correm” para ultimar os detalhes para o jogo com público no estádio Frasqueirão, no próximo domingo

No ABC, os dirigentes “correm” para ultimar os detalhes para o jogo com público no estádio Frasqueirão, no próximo domingo


No ABC, o vice-presidente de Futebol, Gustavo Cartaxo confirmou, em entrevista à rádio Jovem Pan News Natal, que a adesão dos torcedores, ao programa de sócios, fez com que os valores a serem pagos por acesso ganhassem fôlego. “A torcida ajudou muito com essa adesão. Sabemos todo esforço do presidente Bira Marques na hora de pagar a folha dos atletas. Ele sempre fez questão de manter os pagamentos em dia e considero isso um grande reforço para esse grupo de atletas. É um grupo unido e consciente das responsabilidades. Todos sabem da importância desse acesso para o futebol, não apenas do ABC, mas para o futebol do Estado como um todo. Não podemos mais ficar nessa desgraça que é a Série D”, comentou.

O ABC  ultrapassou a marca de 3 mil sócios e o clube se aproxima da carga máxima de ingressos adquiridos para o jogo contra o Caxias/RS, domingo (17), às 17h30, no Frasqueirão. O estádio já foi todo preparado para receber o público de acordo com os protocolos contra a covid-19.

Pelo América, o presidente Ricardo Valério, também ao programa Tribuna Esportes da JPNN, disse que o clube conversaria com os atletas nesta quinta-feira (14) com relação a premiação. “Vamos conversar sim com todos eles nesta quinta-feira. É um grupo muito bom e que, posso garantir a todos, independente de bicho, estará lutando muito em campo para que o América suba. Poucas vezes vi jogadores tão comprometidos com uma causa. Eles e Renatinho Potiguar estão imbuídos da missão”, relatou o dirigente.

No Alvinegro, Moacir Júnior já havia revelado o bom clima existente entre os atletas, inclusive relativo a questões financeiras. O treinador chegou a revelar que até mesmo as brincadeiras tradicionais, com apostas, são revertidas em favor dos funcionários mais humildes do clube. “Eles pagam as apostas para as tias da cozinha e para os outros. Estamos todos juntos nessa batalha”, revelou.

As duas direções não especificaram valores, uma vez que, normalmente, esses números são considerados tabus no futebol. No Brasil, existem duas explicações para a origem do nome “Bicho”. A primeira dá conta de que, ainda no início do esporte, em meio ao amadorismo, os jogadores recebiam animais, como galinhas, porcos, vacas, como prêmios pelas vitórias.

Uma segunda versão, associa os prêmios ao jogo do bicho, no Rio de Janeiro. Por volta de 1923, no Vasco da Gama, os torcedores tinham uma senha inspirada no jogo do bicho para determinar que valor dariam. Um empate bom valia um cachorro – número 5 no bicho e, portanto, equivalente a 5.000 réis. Um coelho, número 10, significava 10.000. E assim ia até a vaca, número 25, prêmio para grandes vitórias. Daí veio também outra  expressão “fazer uma vaquinha”.

Copa do Nordeste
ABC e América conheceram, na noite de quarta-feira, seus adversários na Pré-Copa do Nordeste. O alvinegro irá encarar o Jacuipense/BA, que venceu o Atlético/CE por 1 a 0 na 1ª fase da competição. A 2ª fase será disputada também em partida única. Melhor ranqueado, o Alvinegro tem a vantagem de atuar em seus domínios. O jogo decisivo contra o Jacuipense/BA está marcado para a próxima quarta-feira (20), às 19h30, no Estádio Frasqueirão. Caso o confronto termine empatado no tempo normal, a decisão do classificado à 3ª fase sairá da disputa de pênaltis.

O Alvirrubro, conforme a Tribuna do Norte antecipou na edição desta quinta-feira, irá encarar o Moto Club do Maranhão.

Os clubes podem ser beneficiados com uma medida da Prefeitura de Natal, que avalia ampliar a capacidade de público para 50% dos estádios.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte