ABC e Globo aparecem com risco alto nas estatísticas

Publicação: 2019-07-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A última rodada do Brasileiro da Série C foi um golpe duro para os representantes do RN na competição, ambos perderam e se essa combinação de resultados voltar a ocorrer no próximo final de semana, quando o ABC vai encarar o Botafogo-PB, em João Pessoa, e o Globo terá pela frente o líder Ferroviário-CE, no estádio Barrettão, pelo menos um dos nossos clubes será rebaixado para Série D do próximo ano.

Visto pela torcida como um salvador da pátria, Wallyson não teve condições de fazer muito para livrar o Alvinegro de nova derrota
Visto pela torcida como um “salvador da pátria”, Wallyson não teve condições de fazer muito para livrar o Alvinegro de nova derrota

O encaminhamento da situação está levando essa briga contra degola ficar restrita entre a dupla local e o Treze-PB, que terá pela frente o Náutico nos estádio dos Aflitos. Com cinco pontos de vantagem em relação ao Globo, oitavo colocado dentro do grupo A, com uma vitória sobre os paraibanos na próxima rodada, os pernambucanos vão abrir uma diferença do grupo de desesperados onde dificilmente será alcançado, faltando seis rodadas para acabar a primeira fase.

A derrota dentro de casa para o Confiança, reduziu a euforia do ABC, que ajudado pela combinação de resultados, se tivesse uma melhor sorte na partida, conseguiria sair da zona de rebaixamento pela primeira vez, um local onde se encontra desde a quinta rodada da competição.

Entre os clubes que estão com alma a prêmio, o Alvinegro é o que possui o maior risco de ser rebaixado, segundo os dados do site Chance de Gol. As estatística apontam que ele possui 80% de risco para ser rebaixado, contra 73% do Treze e 45% do Globo. Roberto Fernandes sabe que para mudar essa situação, o ABC forçosamente terá de obter um resultado positivo diante do Botafogo-PB.

Mas vencer fora de casa, pelo Brasileirão, não está sendo o forte da equipe potiguar, que desde quando bateu o Náutico, no dia 20 de outubro de 2017, não conseguiu mais vencer nenhum adversário atuando como visitante. Já são 18 partidas sem vitórias dentro desse período.

Frente a essa situação, os números apresentados pelo Chance de Gol soam como um grande sinal de alerta, uma vez que dos times que estão pagando suas penitências atrás de se salvar da degola, o ABC com quatro partidas fora e apenas mais duas a realizar como mandante sofrerá uma grande ameaça, caso Roberto Fernandes não consiga inverter essa trajetória.

As partidas que ainda têm a realizar no Frasqueirão, são consideradas extremamente complicadas, diante do Santa Cruz e do Sampaio Corrêa, que lutam de forma direta por uma das quatro vagas do grupo na segunda fase. Já os confrontos como visitante vão ocorrer diante do Botafogo-PB, Ferroviário, Imperatriz e o Globo, na rodada final, onde os dois poderão morrer abraçados ou um deles pode se salvar, nesse que será um duelo de vida ou morte.

Teoricamente, o caminho do Globo é um pouco menos difícil, uma vez que ao contrário do que vai ocorrer com o co-irmão potiguar, o time de Ceará-Mirim, irá realizar quatro jogos como mandante e apenas dois como visitante. Mas a lista dos adversários que irá enfrentar como mandante (Ferroviário, Náutico, Botafogo-PB e ABC) e levando em consideração as campanhas realizandas pelos clubes, também mostra um caminho de pedras para os atletas do Tricolor. Na condição de visitante, os cearamirinenses só vão encarar o confronto direto diante do Treze e o Santa Cruz.

O maior problema da equipe, é que ela está próxima de alcançar o recorde negativo do ABC dentro da competição, uma vez que não vence há sete rodadas, e possui apenas duas vitórias na competição. Ele possui a situação um pouco mais amenizada pelo fato de ter perdido menos que os dois adversários na luta contra degola, já que empatou em quatro das últimas sete rodadas.

O Treze que possui como comandante o potiguar, Luizinho Lopes, contratado para dar uma identidade nova ao clube,  entrou na zona de rebaixamento na sétima rodada sob o comando de  Flávio Araújo. Os paraibanos possuem as questões dos mandos de campo nas últimas seis rodadas bem divididas. O Galo  irá duelar contra Globo, Ferroviário e Botafogo, como mandante, e enfrentar Náutico, Sampaio Corrêa e Confiança na condição de visitante. Para ajudar mais um pouco, as rodadas dentro e fora de casa também serão realizadas de forma alternada. Já o Globo terá a sequência de dois jogos seguidos como mandante: Náutico e Botafogo-PB.

Diferente da situação abecedista, que além do imenso desequilíbrio das partidas dentro e fora de casa, nas 15ª e 16ª rodadas irá medir forças com Ferroviário e Imperatriz fora, dois clubes que bateram a equipe potiguar no primeiro encontro, ambos por 4 a 2.

“Desde que estou no ABC, já perdi quatro pontos dentro de casa, o que não combina muito com os clubes que dirijo, que são sempre muito fortes atuando como mandante. Então o problema que vivemos hoje é um conjunto de situações e o fato que me preocupa é que isso ocorreu dentro de uma condição favorável. O torcedor vem, apoia e falta, em alguns momentos, o ABC jogar um pouco mais de futebol. Os jogadores estão se doando ao máximo, mas isso não tem se  mostrado suficiente para que o clube encaixe uma sequência de resultados positivos, que nós necessitamos tanto. Se continuar alternando vitórias e derrotas, iremos terminar a fase na zona de rebaixamento”, ressaltou Roberto Fernandes.

Clubes que lutam contra o rebaixamento

ABC
Botafogo-PB  -   Fora

Santa Cruz  -   Casa

Ferroviário -    Fora

Imperatriz  -   Fora

Sampaio Corrêa  -   Casa

Globo    - Fora

Globo
Ferroviário  -  Casa

Treze -    Fora

Náutico  -   Casa

Botafogo-PB  -  Casa

Santa Cruz -   Fora

ABC  -   Casa

Treze-PB
Náutico  -   Fora

Globo  -   Casa

Sampaio Corrêa  -  Fora

Ferroviário  -   Casa

Confiança -    Fora

Botafogo-PB  -   Casa






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários