ABC joga bem e goleia por 7 a 0 o Jacyobá-AL no Frasqueirão

Publicação: 2020-09-27 18:00:00
A equipe do ABC fez o dever de casa e goleou o Jacyobá na tarde deste domingo no Frasqueirão, pelo placar de 7 a 0. Marcando sob pressão e imprimindo velocidade, os potiguares não deram a menor chance ao time alagoano, que pouco conseguiu chegar ao ataque. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos quatro pontos e assumiu a segunda colocação do grupo A4 na Série D. Jaílson, Lelê (2) Berguinho, Pedro Costa, João Paulo e Fabrício Bigode marcaram os gols.

Créditos: Alex RégisBerguinho marcou o terceiro gol do ABCBerguinho marcou o terceiro gol do ABC

Ciente de que garantir um excelente aproveitamento dentro de casa é fundamental para um clube que deseja conquistar a classificação para segunda fase da competição nacional, o ABC pressionou o time alagoano desde o primeiro minuto. A equipe visitante, mal havia conseguido passar do meio-campo, e a equipe que já tinha tido um gol invalidado, por impedimento, não demorou muito a abrir vantagem na partida.

Aos 17 minutos, após uma boa trama de ataque que envolveu Lelê e Bruno Souza, o lateral avançou com a bola e deu um cruzamento perfeito para Jaílson, desviar de cabeça e vencer o goleiro alagoano, que não teve como chegar na bola.

Mesmo depois de largar na frente, o Alvinegro continuou obediente ao seu esquema tático, marcava o Jacyobá, tirava os espaços e mal permitia que o adversário chegasse perto da área do goleiro Rafael.

Além disso, demostrando sinais do entrosamento da equipe que conquistou o título estadual, os abecedistas se encontravam fácil dentro de campo, e numa boa troca de passes, Berguinho encontrou Jaílson livre de marcação ná esquerda, o meio-campista entrou na área e bateu colocado e o segundo gol só não aconteceu devido a excelente defesa de Germano.

Um problema que foi notado e acabou castigando a equipe na primeira rodada se repetia, para desespero do treinador Francisco Diá, que via sua equipe criar e desperdiçar as oportunidades. Berguinho perdeu um gol na pequena área, mas segundo depois, Kesley se aproveitou de uma bobeira da zaga alagoana e sofreu pênalti, que Lelê cobrou e fez 2 a 0 para os potiguares, no Frasqueirão.

O segundo tempo não modificou o panorama das duas equipes em campo, o ABC com João Paulo no lugar de Kesley, ganhou mais velocidade ofensiva e precisou só de oito minutos para fazer o terceiro gol. João Paulo viu Berguinho bem colocado na entrada da área e tocou entre os zagueiros, para o camisa nove dominar e tocar no canto, fazendo 3 a 0.

A equipe natalense colocava os alagoanos na roda, entre um oportunidade desperdiçada e outra, a equipe descolava uma boa troca de passes e numa delas, Lelê acertou um belo chute de fora da área e marcou o quatro gol abecedista, aos 11 minutos.

Fazendo o que bem entendia em termos ofensivos, devido a facilidade que encontrava, mesmo diminuindo um pouco o ritmo o ABC chegou ao quinto gol aos 27 minutos, num pênalti sofrido por Pedro Costa, que ele mesmo sofreu e converteu.

A essa altura o Alvinegro já jogavam em ritmo de treino. Diá aproveitou a grande superioridade para dar rodagem a Pedro Costa e João Paulo, que vinham de contusão. Os atletas mostraram que estão bem e que voltam a briga por uma vaga de titular nas próximas rodadas. João provou isso também marcando um gol na partida, justamente o sexto, aos 42 minutos. Mas a festa de gols não parou por aí, aos 48, em outra boa trama de araque pela direita, Pedro Costa foi a linha de fundo e serviu Fabrício Bigode, que bateu no canto e fez 7 a 0, fechando o passeio abecedista no Brasileirão.

Ficha técnica
ABC 7 x 0 Jaciobá-AL

ABC: Rafael, Bruno Souza (Pedro Costa), Richardson, Vinícius Leandro e Dieyson; Sousa Tibirí, Valderrama (Bigode), Joílson (Hiago) e Berguinho (Felipe Alves); Lelê e Kesley (João Paulo). Técnico: Francisco Diá.

Jaciobá: Germano (Aranha), Carlos Alberto, Sinval, Murilo Tuchê e Luquinha; Rambo, Luciano (Alex), Moisés (João) e Firmino; Jones (Aílton) e Rogger. Técnico: Laelson Lima.

Árbitro: Alexandre de Sousa Peixoto (CE)
Gols: Jaílson/ABC (17’/1T), Lelê/ABC (44’/1T), Berguinho/ABC (8’/2T), Lelê/ABC (11’/2T), Pedro Costa/ABC (27’/2T), João Paulo/ABC (42’/2T) e Fabrício Bigode/ABC (48’/2T)

Local: Estádio Frasqueirão (RN)