ABC tem noite de "vingança": 1 a 0

Publicação: 2019-03-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A vingança é um prato que se come frio. Eliminado nas semifinais do ano passado pelo Sampaio Corrêa, o ABC deu o troco no adversário ontem, ao bater o clube maranhense por 1 a 0, gol de Rodrigo Rodrigues, promovendo a eliminação precoce dos dono da casa, que atuaram num estádio Castelão vazio. Com o resultado, o Alvinegro deu um salto na classificação e agora aparece na segunda colocação do grupo B, com 11 pontos, superando o Botafogo-PB nos critérios de desempate.

Felipe Guedes teve uma boa atuação, principalmente quando o ABC sofreu uma forte pressão do adversário, que precisava vencer
Felipe Guedes teve uma boa atuação, principalmente quando o ABC sofreu uma forte pressão do adversário, que precisava vencer

Precisando desesperadamente da vitória para defender o título conquistado na temporada passada. O Sampaio Corrêa mostrou logo suas intenções. Foi para cima do Alvinegro, perdendo a primeira oportunidade com Salatiel logo nos segundos iniciais. A pressão continuou e, em nova investida , eles só não conseguiram modificar o placar, por que a conclusão de Medina, foi em cima do zagueiro Henrique.

Mesmo acuado, os potiguares mostraram que não estavam dispostos apenas a ficar se defendendo e na primeira vez que conseguiu chegar na área adversária,  Rodrigo Rodrigues, dominou uma bola, se livrou da marcação e chutou a bola que explodiu no peito do goleiro Andrey.

O Tricolor  tentava chegar ao gol  de todas as maneiras, por duas vezes Talisson cobrando escanteio, assustou. Na primeira tentativa de gol olímpico, Valdemir salvou na primeira trave. Na segunda, ele obrigou Edson a se esticar todo para salvar o lance.

Mas a pressão tricolor foi diminuindo com o passar do tempo, a marcação do ABC encaixou e o jogo ficou  equilibrado. Dentro dessa nova situação os potiguares criaram uma grande oportunidade com Valdemir, qua arriscou um chute da entrada da área, e viu a bola se chocar com travessão tricolor. Assustados com o crescimento abecedista, o Sampaio não demorou a sofrer um golpe fatal. Joilson fez belo lançamento para Evandro, na esquerda, que foi ao fundo e deu um presente para o artilheiro Rodrigo Rodrigues, escorar e fezer 1 a 0, aos 28 minutos.

Com mais pressão sobre os ombros, a equipe tricolor tentou reagir, chegou a criar algumas situações que estragou errando o último passe e falhando na conclusões.

 No segundo tempo o ritmo foi mantido, o ABC voltou com a marcação encaixada e se manteve no ataque, tanto que Evandro, cobrando falta, obrigou o goleiro Andrey a realizar um milagre para evitar o segundo gol alvinegro.

O tempo passava e a pressa passava a ser inimiga do Sampaio, que tentava de todas as formas encontrar espaços na defesa do ABC. Com o resultado desfavorável, na ânsia de igualar o placar, eles acabavam concluindo a jogada de qualquer forma. Enquanto isso, os abecedistas baseavam todo seu jogo, justamente, no desespero do adversário.

Com a partida entrando na reta final e o fantasma da eliminação batendo às portas do clube, os maranhenses foram para o desespero e conseguiram pressão idêntica a realizada no início do jogo, as bolas cruzavam com perigo a frente do gol defendido por Edson e, muito atrás, os potiguares não conseguiam encaixar os contra-ataques.

Além de perder a força ofensiva, o Alvinegro abusava das faltas na entrada da área e, com isso, a pressão ia aumentando e os sustos de Edson se sucedendo. Usando da experiência, o goleiro também pegava com segurança as bolas que iam na direção do gol e garantiu a vitória.

Ficha técnica
Sampaio corrêa: Andrey, Ton Abreu (Christian), Wanderson, Vitor Salvador e Lucas Gabriel; Patrick Mota, Medina e Salatiel (Eloir); Talisson (Yann), Maxuell, Edgar. Técnico: Julinho Camargo.

ABC: Edson, Valdemir (Yan), Maurício, Henrique e Evandro; Anderson Pedra, Guedes, Joílson (Adrian) e Anderson; Rodrigo Rodrigues e Éder (Bóris Sagredo). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Local: Estádio Castelão

Árbitro :Michael Vinícius Santos Freitas (SE)

Gols: Rodrigo Rodrigues/ABC (28'/1ºT)









continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários