Natal
‘Ação Global’ no RN oferecerá serviços por uma semana
Publicado: 00:00:00 - 20/04/2014 Atualizado: 10:18:20 - 19/04/2014
No dia 26 de abril, acontece a 21ª edição da Ação Global Nacional em 26 cidades de todos os estados e no Distrito Federal. “Ação Global Mulheres. Qualidade de vida para a família!” oferecerá os já tradicionais serviços, como emissão de documentos – carteira de trabalho e identidade – e orientação jurídica, mas também trará novidades.

Na área de saúde, haverá uma grande campanha de vacinação contra hepatite B, o tipo mais perigoso da doença, feita pelo Ministério da Saúde. Já a Pastoral da Criança realizará orientação sobre nutrição infantil. E em algumas cidades, o programa Cozinha Brasil comandará oficinas de reaproveitamento de alimentos. Haverá ainda espaço para promoção da cidadania. O Ministério Público estará presente com o projeto ‘Pai Legal nas Escolas’, voltado para processos de investigação de paternidade. O Fundo de Investimento Social Elas levará orientações focadas nas mulheres para algumas cidades, esclarecendo dúvidas sobre a Lei Maria da Penha, a PEC das domésticas e empreendedorismo feminino.

Esta é a segunda vez que o projeto tem a mulher como tema, escolhido para ampliar as discussões iniciadas em 2013. A iniciativa foi motivada pelos números. São elas que compõem 70% da audiência de todas as edições do evento, além de atuarem como importantes agentes de mobilização social em seus núcleos familiares, levando filhos e maridos.

Este ano, as atividades começarão mais cedo em duas cidades: Natal, no Rio Grande do Norte, e Santa Rita, na Paraíba, contarão com uma semana de serviços, a partir do dia 22. No restante do país, no dia 26 acontecerão os atendimentos nas áreas de saúde, educação, lazer, esportes e cidadania. Uma parceria entre a Globo e o Sesi, a Ação Global foi criada há 21 anos. Desde a primeira realização, o projeto se voltou para a promoção da inclusão social e da cidadania. No ano passado, a edição nacional contou com 32 mil voluntários e realizou mais de 1,5 milhão de atendimentos pelo país.

Leia também