Acesso a Pitangui pela RN-305 será interditado

Publicação: 2019-12-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER-RN) vai interditar por três dias, a partir da próxima terça-feira (17) até a quinta-feira (19), um trecho de aproximadamente 300 metros da rodovia estadual RN-305 à altura do trevo de acesso à estrada de Pitangui. A interdição é para remover a areia das dunas que recobrem a pista, um problema recorrente nesta época do ano, nesse que é um dos principais acessos às praias do Litoral Norte.

Em cerca de 300 metros a pista da RN-305 está totalmente tomada pela areia da duna
Em cerca de 300 metros a pista da RN-305 está totalmente tomada pela areia da duna

Durante os três dias de bloqueio desse trecho da rodovia, todo o tráfego será feito por um ramal que o DER-RN está reabrindo à altura da comunidade de Contendas, em Extremoz, até o trecho da rodovia RN-305 já em Barra do Rio. Ontem, operários trabalhavam para melhorar as condições de tráfego no desvio, uma estrada carroçável e que receberá todo o fluxo da rodovia por ao menos três dias.

A areia das dunas móveis, especialmente nesse trecho, é levada pela ação do vento e deixa o asfalto encoberto. A obstrução, ainda que parcial, aumenta o risco de acidentes e favorece a ação de bandidos em alguns horários, sempre que os motoristas reduzem a velocidade dos veículos. Quem trafega diariamente pelo local relata as constantes investidas de criminosos, ou acidentes envolvendo principalmente motociclistas. A manutenção, com uso de maquinário para remover a areia, será feita das 8h às 17h.

De acordo com o DER-RN, através da assessoria de comunicação, essa operação contará com o apoio de policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), que vai orientar os condutores, e apoio da Prefeitura de Extremoz, que se prontificou ceder parte do maquinário necessário.

Enquanto durar a interdição, uma equipe de engenheiros e técnicos do DER-RN irá ao local para coletar informações necessárias à elaboração de um projeto que proponha uma solução definitiva ao problema recorrente naquele trecho de rodovia, e que demanda constantes despesas para desobstruir a via.

O problema ocorre de forma recorrente, sempre a partir do mês de agosto e perdura por quase todo o verão, porque a rodovia foi construída em uma área de campo dunar, onde as dunas móveis e se deslocam de acordo com a ação dos ventos.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários