Advogado afirma que Casa de shows tem licença válida

Publicação: 2018-05-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O advogado Victor Bruno Rêgo de Queiroz Soares, que representa a Shock Casa Show, informou que o local possui autorização para funcionar, e que o pedido de renovação da licença foi protocolado em agosto de 2017. “O Corpo de Bombeiros pediu que fizéssemos mudanças no projeto, principalmente quanto a instalar um painel eletrônico que contasse em tempo real a quantidade de pessoas que estavam no estabelecimento – esse painel não é exigido por lei, e a norma não está válida ainda”, contou.

De acordo com o advogado, a Shock Casa Show possui seis saídas de emergência: “Também queriam que uma dessas saídas fosse exclusiva para entrada e saída de veículos. Não havia nenhum tipo de risco, a capacidade da casa que antes era de 17 mil pessoas já tinha sido reduzida para 11 mil conforme determinação dos Bombeiros; e o show que aconteceu no sábado (12) foi pra 5 mil pessoas, menos da metade da capacidade exigida. As festas estavam acontecendo normalmente”.

Victor Bruno Soares afirma que a Shock Casa Show possui licença válida, que em fevereiro deste ano foi emitido um parecer aprovando a estrutura. “Tentamos argumentar, mas quando fomos entregar o projeto com as alterações ao analista, no final da tarde de sábado (12), o comandante geral disse para não receber. Com relação ao painel eletrônico (para contagem do público),  dissemos que não seria instalado por falta de tempo hábil e que o equipamento ainda não é exigido pelas normas técnicas de segurança”.

Na segunda-feira (14), a casa de eventos entregou cópias da documentação relativa às licenças de operação ao Ministério Público do RN em São Gonçalo do Amarante – o órgão, conforme afirmou o advogado e o ex-comandante, estão cientes do caso.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários