Alex Medeiros
Advogados e o devil gado
Publicado: 00:00:00 - 20/01/2022 Atualizado: 23:20:26 - 20/01/2022
Alex Medeiros 
alexmedeiros1959@gmail.com

Um manifesto assinado por 1.143 advogados de todo o Brasil foi divulgado na terça-feira em repúdio a um tal Grupo Prerrogativas, que reúne cerca de 200 advogados militantes de esquerda e do PSDB e que se tornou uma espécie de conselho jurídico do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva. O manifesto critica os discursos feitos durante um jantar de adesão a Lula e Geraldo Alckmin, realizado em dezembro, num restaurante chique de São Paulo
Naquele regabofe, dizem que pago pelo Prerrogativas, o advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira declarou que “se o crime já aconteceu, de que adianta punir? Que se puna, mas que não se ache que a punição irá combater a corrupção”. É duro de acreditar, mas as aspas são, sim, de um advogado.

Outro rábula da militância, chamado Alberto Toron, subiu o tom do absurdo e da bajulação ao chefe do mensalão: “Lula é o símbolo mais elevado da justiça”. E foi ele, Toron, quen deu de presente a Lula uma beca, a tradicional vestimenta dos homens do Direito. 

Na sua fala, o cara ainda completou: “Esse santo manto que nos iguala a juízes e promotores, que você merece, por significar Justiça na mais elevada acepção dessa palavra”. Nem nos esconderijos do PCC um líder do tráfico já foi tão paparicado por cúmplices ou seguidores.

E o leitor sabe como surgiu esse grupelho de conselheiros jurídicos do Lula? Respondo: foi em 2014, durante a campanha eleitoral em que Dilma Rousseff venceu o tucano-pó, ou melhor, tucano-mor, Aécio Neves. Se você, leitor, pensa que o Prerrogativas apoiou Dilma, está bastante enganado. 

Os caras estavam do lado do Aécio. Na época, eram três colegas do curso de direito da PUC de São Paulo que criaram um grupo de whatsapp para discutir a operação lava jato, que havia iniciado no período, e a própria campanha política. 

Mas o Aecinho perdeu, depois a Dilma caiu nas pedaladas e quando Jair Bolsonaro venceu as eleições de 2018, os três patetas já estavam distantes do mineiro e próximos do picolé de chuchu paulista, que agora quer ser vice do Lula. 

Após o festival de asneiras no pomposo jantar de dezembro, os 1.143 advogados do país decidiram repudiar o apoio do tal Prerrogativas aos crimes do maior corrupto da história política do país. O manifesto proclama que “a advocacia brasileira não glamouriza o crime, o criminoso, a injustiça, a impunidade nem a corrupção”. 

E prossegue: “A maioria dos bons advogados prima pela correção de atitudes, pela ética, pela moralidade, respeito às leis e à justiça”. E eu acrescento mais: a militância de esquerda que faz advogados como os do Prerrogativas sair em defesa do capo petista, está também em setores do Judiciário, do Ministério Público, da Polícia e nas universidades, como a douta UFRN. 

Tais figuras jamais darão a devida atenção às leis que regem uma sociedade democrática e cristã como a nossa; nunca verão grande importância na Constituição Brasileira, que para elas é só um documento de interesse burguês e contra a classe operária. Para o militante, não importa aonde ele esteja, a única lei é das cartilhas do socialismo.

Fosse eu advogado, correria para assinar o manifesto dos colegas que bradam em favor da ética, da honestidade intelectual e da Justiça. E mandava o grupo “devil gado” pastar no brejo ideológico da mentira e da ilegalidade.

Divulgação


Serenidade
O ex-deputado Henrique Alves não tergiversou na entrevista dada ontem ao Jornal da Manhã na rádio Jovem Pan News. Destacou muito o sentimento de gratidão e quando falou de política foi sereno, desnudo das vestes do rancor.

O MDB
E se algum recado subliminar houve na fala de Henrique foi quando defendeu a história do MDB e declarou apoio à senadora Simone Tebet como candidata do partido a presidente da República. A legenda no RN tende a marchar com Lula.

Senado
Depois da fala de Jair Bolsonaro sobre o risco de uma derrota de Rogério Marinho ou Fábio Faria ser depositada na sua conta, leva os dois ministros a calcular se as chances de ambos no RN podem ser maiores que a do chefe.

Privacidade
Nos últimos anos, não foram poucas as vezes que fui abordado por pretensas fontes sugerindo notas de questões pessoais, que vão desde dívidas, brigas familiares, doenças graves como aids e divórcios controversos. Estou fora. 

GETTR
A rede social criada pelo americano Jason Miller em julho de 2021 e que já conta com milhares de perfis brasileiros (o meu também), está veiculando um filme publicitário na TV, rádio e plataformas digitais da Rede Jovem Pan News.

Quadrinhas
De Ugo Vernomentti, vindo da nevasca de Nova York para o nosso veraneio: “Não saia da bolha / pesquisa datafake / ou é falha / ou é folha”. “Maquiando a notícia / na mídia do erário / eis o texto malícia / do jornalismo pecuniário”. 

Faustão
A estreia do programa Faustão na Band, na noite de segunda-feira, tirou a TV paulista do quarto lugar de audiência e colocou em segundo, registrando dois índices nas grandes praças como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Faustão II
A audiência da Band ascendeu à vice-liderança ainda durante o último bloco do telejornal que antecedeu o novo programa. Faustão aumentou o índice para mais de 10 pontos, provocando uma perda enorme da Globo em São Paulo.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte