Agitação é seu lema

Publicação: 2019-06-28 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Descontraído, bem resolvido, caicoense e escorpiano. Artur Queiroz procura manter o astral alto em qualquer atividade que faça. É quase formado em publicidade mas já atua no mercado, ocupando um cargo de gerencia de mídias sociais na agencia Nova M3, e também como promotor de festas, uma de funk (Festa Closy) e outra voltada para brasilidades (Festa Ginga), todas realizadas no Casanova Eco Bar. “Hoje, meu dia a dia consiste em ter uma vida profissional agitada, que é conciliada com momentos de lazer e fitness (ou melhor, dizendo, crossfit)”, ressalta.

Artur Queiroz, publicitário e DJ
Artur Queiroz, publicitário e DJ

“Costumo frequentar bastantes lugares como o Casanova Ecobar, que sem dúvidas é meu lugar favorito na cidade. Gosto muito também de me divertir em calouradas universitárias e rolés privados entre amigos. A frequência nos locais na cidade dão espaço também para um trabalho de DJ.

Sempre costumava frequentar lugares na cidade em que eu pudesse realizar o desejo de comer sushi ou até mesmo pratos de frutos do mar, porém, recentemente, adotei um novo estilo de vida, me tornando ovo-lacto vegetariano, que me fez descobrir outros alimentos e uma nova forma de alimentação. Lugares como Goodala Burger e o restaurante Kalaz são os meus preferidos para momentos que desejo algo diferente para refeições.

Confesso que a mudança alimentar não foi difícil, pois sempre mantive uma vida saudável desde cedo. Sempre pratiquei esportes (vôlei) e hoje me considero aquele crosfiteiro viciado que até se aventura em competições na cidade e no interior do RN.

Sempre que posso, gosto de viajar, geralmente acompanhado de amigos, onde costumamos muito ir para outros estados como Recife e João Pessoa, também fazer programas nos interiores e em praias do litorial da cidade, buscando sair um pouco da rotina.

Em programas mais leves e caseiros costumo estar ligado nos esportes, mas também em filmes do momento e séries (poucas, mas presentes). Séries como 'The Fall' e 'How to get away with a murder' são as únicas até hoje, que me prenderam atenção e me fizeram acompanhar por algum tempo o formato. Sou fanático por documentário que retratam a realidade do país e nossos problemas sociais e políticos.

Na parte da leitura, confesso que estou mais atento em artigos e livros voltados para a minha profissão, por exemplo, o 'Métricas em mídias sociais' do Jim Sterne e Celso Roberto Paschoa, para quem curte adentrar um pouco nesse mundo digital e ficar por dentro das redes sociais, é uma ótima opção. Por fim, creio que eu tenha resumido um pouco dos meus hábitos e do que mais curto fazer em dias de rotina e em dias de lazer.”




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários