Agitador por natureza

Publicação: 2017-10-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Raphael Dumaresq
Dj e estudante de jornalismo

Quem frequenta a noite alternativa da capital potiguar já esbarrou com o estudante de jornalismo Raphael Dumaresq. E provavelmente o local tinha música boa, agito e muita gente dançando. Um dos personagens marcantes do roteiro urbano e da nova boemia natalense, Dumaresq conhece as rotas das boas baladas. Acompanhe:

Raphael DumaresqDj e estudante de jornalismo

 “Sempre dedico meu fim de semana a momentos que possam me proporcionar liberdade e muita energia boa. Procuro lugares com música alegre e pessoas do bem, que estejam a fim de dançar e se divertir sem julgamentos. Lugares que respeitem as diferenças e façam disso sua magia.

Brinco que eu levo comigo o Carnaval, e quero vivê-lo o ano todo. Sou estudante de Comunicação Social - Radio e TV e pra mim, o fim de semana é sagrado para que eu possa me renovar. Também sou DJ e comando as dancinhas da galera pela cidade. Quase religiosamente vou ao Laluna, comer a melhor batata do mundo e cantar todos os clássicos no karaokê, lugar divertido, jovem e agradável. Além de barato, afinal, vida de estudante é complicada, a gente sabe.

O samba do Ateliê também cabe na minha lista semanal como um rolé no qual a gente pode curtir algo diferente do que costumamos. Nas sextas tenho ido muito ao Clube Underground de House, no Galpão 29, Ribeira. Com um preço maravilhosamente acessível, o clube nos doa muita música boa e de uma galera daqui. Isso é sempre massa!

Sábado é dia de ferver pela cidade, então tô sempre em lugares diferentes procurando o melhor rolé. Quando o assunto é filmes, eu sempre aposto em conhecer a obra de diferentes diretores. Gosto de estudar qual a alinha que eles seguem. Vi um filme um dia desses que não sai da minha cabeça: 'Capitão Fantástico', do diretor Matt Ross, esse filme me deixou pensativo sobre diversas questões.

Vivemos em uma cidade cheia de cultura, e sinto que precisamos nos apoderar mais disso. Curtir mais nossas praias, respeitar mais nossa música e ocupar, preencher de vida cada canto.” 



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários