Aldo toma posse e elogia Orlando

Publicação: 2011-11-01 00:00:00
A+ A-
Brasília (AE) - O novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, assumiu ontem a Pasta fazendo elogios ao antecessor, Orlando Silva, e ao PCdoB, partido ao qual os dois pertencem. Ele destacou a importância do cargo e fez questão de dizer que sua atuação será facilitada devido ao trabalho desenvolvido por Orlando. Ele fez ainda elogios ao Programa Segundo Tempo, alvo da maioria das denúncias de irregularidades na Pasta.

Rebelo abriu o discurso com um elogio à presidenta Dilma Rousseff.  Continuou com uma série de elogios a Orlando Silva. “Faço o elogio ao trabalho do Ministério porque posso fazê-lo por sua biografia”. Comentando a declaração de inocência feita pelo antecessor, Rebelo foi além. “Talvez, mais do que inocente, o senhor (Orlando) seja vítima, talvez essa seja a palavra mais precisa”, disse Rebelo.

Rebelo fez também uma exposição sobre o Segundo Tempo. Afirmou que a falta de equipamentos esportivos no Brasil dificultou a implantação do programa, que visa beneficiar crianças com a prática de atividades físicas. “A educação tem escola, a saúde tem hospitais, no esporte não tínhamos onde fazer a política pública”.

Rebelo enfatizou o fato de que o Brasil vai sediar a Olimpíada e a Copa do Mundo nos próximos cinco anos. Fez uma longa exposição sobre o futebol e destacou que a Fifa tem mais filiados do que a ONU. Disse também que precisará da ajuda do governo, de outros ministros, de dirigentes esportivos e até da imprensa para realizar seu trabalho.