Alisson, Vinicius JR e Jesus voltam

Publicação: 2020-10-24 00:00:00
São Paulo (AE) - Ainda que sem apresentar surpresas, o técnico Tite voltou a dar chance nesta sexta-feira a jogadores que haviam ficado de fora da última convocação da seleção brasileira. Para os jogos contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o treinador chamou Alisson, Éder Militão, Arthur, Gabriel Jesus e Vinicius Junior.

Créditos: Lucas FigueiredoO técnico da Seleção Brasileira convocou a equipe para mais dois jogos pelas Eliminatórias e explicou parte de suas escolhasO técnico da Seleção Brasileira convocou a equipe para mais dois jogos pelas Eliminatórias e explicou parte de suas escolhas

A seleção vai enfrentar a Venezuela em 13 de novembro (sexta-feira), às 21h30, no Morumbi, em São Paulo. Os uruguaios serão os adversários no dia 17 (terça), em Montevidéu. O Brasil tem 100% de aproveitamento nas Eliminatórias até agora, com duas vitórias em dois jogos. Goleou a Bolívia por 5 a 0 na estreia, na Neo Química Arena, em São Paulo. E, depois, superou o Peru por 4 a 2, em Lima.

Em sua última convocação do ano, Tite chamou Éder Militão, na vaga de Felipe; Arthur, no lugar de Bruno Guimarães; e Vinicius Júnior, no posto que foi de Rodrygo, seu colega de Real Madrid, na convocação anterior.

Para o gol, Tite voltou a convocado Alisson, descartado dos últimos dois jogos em razão de lesão. Recuperado, ele voltou a treinar com o Liverpool e deve ser o titular nas partidas de novembro. Ederson deve ser o reserva imediato. E Weverton, titular nos jogos de outubro, será o terceiro goleiro. Santos, do Athletico-PR, ficou de fora da lista desta vez.

Entre outros jogadores que estavam machucados e haviam perdido a convocação anterior, Gabriel Jesus voltou a ser lembrado. Já os laterais Alex Sandro e Daniel Alves seguiram de fora. O primeiro está voltando de contusão, enquanto o jogador do São Paulo já voltou aos gramados.

O volante Douglas Luiz, do Aston Villa, e Gabriel Menino, do Palmeiras, ganharam nova oportunidade. O primeiro foi um dos destaques da seleção nas duas primeiras partidas nas Eliminatórias. E Menino voltou a ser chamado como lateral, embora atue como meio-campista no time paulista.

Além do meio-campista palmeirense, Tite chamou mais três jogadores que atuam no futebol brasileiro: Weverton, o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Everton Ribeiro, os dois últimos do Flamengo.

Os quatro jogadores vão virar desfalques para os times nacionais em duas competições. Pelo Brasileirão, vão perder a 21ª rodada. E, pela Copa do Brasil, se seus clubes avançarem, ficarão de fora do jogo de ida das quartas de final, com chances de serem baixas também na partida da volta, marcada para 18 de novembro, um dia depois do jogo contra o Uruguai.

Com duas vitórias em dois jogos, o time nacional lidera as Eliminatórias, com os mesmos seis pontos da Argentina, mas supera o rival por ter maior saldo de gols.

Após disputar os dois jogos de novembro, a seleção só voltará a campo pelas Eliminatórias no fim de março, quando visitará a Colômbia e enfrentará a Argentina na Arena Pernambuco, no Recife.

Lista dos convocados
Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);
Laterais: Danilo (Juventus), Gabriel Menino (Palmeiras), Alex Telles (Manchester United), Renan Lodi (Atlético de Madrid);
Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Rodrigo Caio (Flamengo) e Thiago Silva (Chelsea);
Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Arthur (Juventus), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool) e Philippe Coutinho (Barcelona);
Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (Paris Saint-Germain), Richarlison (Everton) e Vinicius Junior (Real Madrid).