Almoço de pai para filhos

Publicação: 2017-08-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Não foi o ator e chef Rodrigo Hilbert quem criou a receita do paizão bom de forno e fogão. Muitos restaurantes começaram nas mãos de homens que foram pra cozinha e mostraram que entendiam muito das alquimias culinárias. No fim de semana em que o paladar do papai estará em evidência, os restaurantes estarão de portas abertas para receber, e muitos cardápios revelam histórias – e receitas – que passaram de pai para filho. Os sabores originais ainda estão por lá.

Chef Thiago Cavalcanti com os filhos: Ensinamentos na cozinha
Chef Thiago Cavalcanti com os filhos: Ensinamentos na cozinha

Pais & Filhos
Antes de abrir o restaurante Santa Maria, em Natal, o português Domingos Sanches já tinha mais de 20 anos de cozinha, graças ao restaurante do pai em Lisboa. A gastronomia passou de pai pra filho, e na capital potiguar, de pai para filha, Andréa Sanches, a chef da casa. “Meu pai atualmente fica no salão, recebendo os clientes. Ele é um ótimo relações públicas, e as pessoas adoram conversar com ele!”, brinca. Quando ela cozinha para o pai, não tem dúvida sobre o prato favorito dele: “É o arroz de polvo. Para ele, é o melhor prato do restaurante. E muita gente concorda”, diz.

Para o Dia dos Pais, o Santa Maria vai abrir um pouco mais cedo, às 11h, e receberá reservas até o meio-dia. O cardápio será o normal da casa. Entre os pratos que a chef Andréa recomenda, estão os bacalhaus à lagareiro e Gomes de Sá, o arroz de polvo, o polvo à lagareiro, arroz de pato, e cabrito na panela ao vinho tinto, entre outros. Reservas pelo 3234-0710.

O Piazzale Italia nasceu dos dez anos em que o empresário e chef Witame Gomes passou na Itália, aprendendo na teoria e na prática como se faz as melhores massas e molhos. Após criar o restaurante em 1997, alguns anos depois enviou o filho Thiago Gomes para a mesma viagem. Hoje, o chef Thiago comanda a casa enquanto o pai descansa. “Eu passei pelo caixa, limpeza, pizzaria, até virar chef. Ele foi fundamental para minha profissão, me ensinou os primeiros passos e me incentivou a aprender mais. Devo tudo a ele”, afirma.

Antes de abrir o Santa Maria, o português Domingos Sanches já tinha 20 anos de cozinha. Muito de sua arte ele passou para filha Andréa
Antes de abrir o Santa Maria, o português Domingos Sanches já tinha 20 anos de cozinha. Muito de sua arte ele passou para filha Andréa

Thiago ressalta que o pai deixou a administração, mas não parou de criar na cozinha. “Ele fica no sítio, criando molhos orgânicos, novas receitas. Mas tudo tranquilo”, diz. O chef conta que o pai adora pizza, mas come de tudo. “Todo dia algo diferente, filé a parmegiana, raviole, cordeiro, etc.”, brinca. Para quem for almoçar no Piazzale, ele recomenda os clássicos infalíveis: lasanha à bolonhesa, lasanha, e camarão com funghi e pesto. Tel.: 3236-2697.

Uma das casas mais conhecidas do roteiro gastronômico natalense veio da Paraíba. O ex-bancário Luiz Antônio Dantas da Silva, nascido em Picuí, resolveu apostar na culinária regional para dar a volta por cima financeira de sua vida. Abriu o Tábua de Carne em 1990, em João Pessoa. Dois anos depois, abriu uma filial em Natal e o resto é história. O filho, Luiz Segundo, já ajudava nos negócios desde os 14 anos de idade. Há 25 anos no RN, o Tábua figura em Ponta Negra e na Via Costeira, e também em Mossoró.

Segundo conta que o forte do pai sempre será a carne de sol, o prato que deu início a tudo. “É de fato um prato para a família. Serve até quatro pessoas, com a carne assada na brasa, arroz, feijão verde, macaxeira, pirão de queijo, farofa d'água e vinagrete. Para quem for almoçar no Tábua, não tem como errar”, afirma. Os restaurante só atenderão por ordem de chegada. Tel.: 3202-5838.

O chef Daniel Cavalcanti preparou o Cascudo Bistrô, em Petrópolis, para receber pais e filhos especialmente neste domingo, das 12h30 às 15h. No final  da tarde será realizado o sorteio de um voucher de R$ 200 entre o pais que almoçarem no local, que poderá ser utilizado em outra ocasião. O menu será aberto, e o chef indica iguarias como a paleta de cordeiro, bacalhau ao forno para dois, filé três pimentas, risoto de camarão potiguar, stinco de cordeiro com nhoque de batata doce, entre outros.

Daniel é pais de duas crianças, Maria Clara, de seis anos, e Luís Guilherme, de três. Ele não sabe se os pequenos seguirão seus passos na cozinha, mas já atua com eles no fogão. “Eles gostam de pratos comuns, como macarrão com carne, e filé com molho. Já a minha filha adora fazer omelete, e faz direitinho. Gosto de cozinhar com eles”, afirma. Tel.: 3202-1005.

A Machado Cafeteria & Buffet, nas Quintas, é uma homenagem à figura paterna de Alfredo Machado da Silva, o homem que comandou a cozinha do Hotel Reis Magos nos anos 60. “A história dele é um exemplo para nós, os filhos, e a gente criou essa casa para homenageá-lo”, diz Nele Nelson, que comanda o café ao lado da irmã Azel Machado. O domingo será dos pais, com um café colonial às 7h da manhã, seguido de almoço. Na ocasião, os pais receberão um certificado de “melhor do mundo”. Eles gostam.

Machado Cafeteria e restaurante também tem receitas de pai
Machado Cafeteria e restaurante também tem receitas de pai

Entre as receitas do Meste Cuca Machado, Nelson destaca o coquetel de frutas, que foi 'in' nas festas natalenses dos anos 70 e 80. “Com o tempo foi esquecido, mas a gente serve aqui, do jeito que ele fazia”, diz. Outro é o filé ao molho madeira caseiro, que em breve estará no cardápio. No local tem uma exposição sobre o patriarca. Tel.: 99696-0975/3214-4002.

O bistrô Dolce Vita, em Petrópolis, terá um menu opcional fechado para os pais. Terá um ravioli de camarão como entrada, três opções principais (filé, risoto de lagosta, ou peixe ao molho de laranja), e banana flambada no conhaque. Preço: R$69 por pessoa. O proprietário José Maria Xavier tem duas filhas, e no domingo vai comer com elas à noite. Quando vai à cozinha, conta que adora tudo que vem do mar. “Lagosta, camarão, polvo, gosto de fazer e comer. Deve ser porque venho do Mossoró, onde o mar está longe”, brinca. Reservas só até 12h30. Tel.: 3201-1916.

Mais opções
O Sabores Bistrô, em Lagoa Nova, tera um menu especial do Dia dos Pais. Opções de entradas: buchadinha de cordeiro ou linguiça de cordeiro, bolinho de bacalhau, e brusquetta de pomodoro. Pratos principais: cordeiro Estrela da Serra, Camarão a Mediterrânea, Bacalhau do Chef, File Mignon à francesa. Sobremesa: Surpresa Sabores. Todas as entradas ou pratos  principais servem duas pessoas. Preço: R$119,90 (duas pessoas).  Tel/WhatsApp:  98603-8171.

O Sehrs Natal Grand Hotel,  na Via Costeira, preparou uma programação especial para o  domingo. As famílias que quiserem comemorar no hotel,  será servido buffet de feijoada especial com bebidas à parte e música ao  vivo . Valor por adulto R$75 (e 10%), crianças de 0 a 5 anos (free) e crianças de 6 a 12 anos (50% do valor do adulto). Reserva: 4005-2000.

Para o Dia dos Pais, o restaurante Yuru, com cardápio assinado pelo renomado chef Joca Pontes, no hotel Golden Tulip Natal Ponta Negra, terá almoço com entrada, prato principal e sobremesa por R$85 (e 10%). Entre as opções, moqueca Yuru (com filé dourado, camarões, banana da terra). Além disso, o restaurante oferece cardápio kids à la carte. O presente fica por conta do Mestre Cervejeiro, que selecionou uma cerveja artesanal para cada pai. Contato: 3646-0100.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários