Alpargatas fecha Meggashop e encerra atividades no RN

Publicação: 2019-06-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Mais de duas décadas após se instalar no Rio Grande do Norte com fábricas de calçados e comercialização de artefatos diversos (tênis, sandálias, bolsas e vestuário, principalmente), através do Meggashop, a Alpargatas confirmou o encerramento das atividades no Rio Grande do Norte no próximo dia 6 de julho. Em nota enviada com exclusividade à TRIBUNA DO NORTE, a empresa limitou-se a dizer que “confirma o encerramento das atividades do Megashop em Natal a partir de 6 de julho. A companhia continuará a investir no Rio Grande do Norte em outros modelos de negócios para o varejo.” Questionada, a Alpargatas não detalhou quais modelos são esses e a partir de quando irá explorá-los no Estado.
Alpargatas, uma das maiores indústrias já instaladas no RN, demitiu quase 3 mil funcionários nesta década e fechará o Meggashop
Alpargatas, uma das maiores indústrias já instaladas no RN, demitiu quase 3 mil funcionários nesta década e fechará o Meggashop

Na única loja que ainda funcionava no Estado, localizada no Shopping Via Direta, na zona Sul de Natal, os produtos eram escassos em decorrência do saldão promovido para o fechamento da loja. Tênis, meias, calças e camisetas para atividades esportivas diversas poderiam ser comprados com até 70% de desconto. Os funcionários confirmavam o fechamento, mas evitavam falar nas causas da decisão da empresa diante dos outros trabalhadores e dos clientes.

Produção encerrada

A Alpargatas foi uma das maiores indústrias já instaladas no Rio Grande do Norte. Ela  desativou a última unidade de  produção, instalada em Nova Cruz, no Agreste, em agosto de 2017. Com isso, findou uma história de desenvolvimento industrial em Natal e outras três cidades do interior do Estado que perdurou por mais de duas décadas.

Sem nenhum anúncio prévio, executivos da companhia anunciaram, no final da tarde do dia 31 de agosto daquele ano, a demissão em massa de 375 funcionários que trabalhavam na fabricação de calçados no que era o único empreendimento do grupo em funcionamento no Rio Grande do Norte. Em menos de uma década, a empresa fechou quatro polos de produção em todo o Estado e colocou nas ruas cerca de três mil trabalhadores.

À época, a desativação da fábrica foi confirmada pela empresa, que atribuiu, por meio de nota, o fato ao cenário econômico – de recessão - e ao esgotamento das possibilidades de modificação da produção na fábrica em questão. “A Alpargatas esclarece que um dos seus maiores

desafios é a otimização dos seus processos produtivos, por representar um grande diferencial competitivo no setor. Em razão da conjuntura econômica do mercado e esgotadas as alternativas operacionais amplamente analisadas, a empresa tomou a decisão de encerrar as atividades no posto de costura de Nova Cruz”, declarou em nota.

A companhia também explicou, na mesma nota, que a unidade em Nova Cruz não tinha incentivo fiscal. “A Alpargatas informa que segue presente no Estado com o Meggashop (loja instalada no Shopping Via Direta), em Natal”. Essa presença, porém, chegará ao fim no próximo sábado, 6 de julho.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários