Alvinegro treina e tenta Wallyson

Publicação: 2018-12-04 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A rotina do futebol regressou ao ABC, os torcedores que não viam o clube atividade desde o dia 12 de agosto, ontem compareceram em bom número ao estádio Frasqueirão. Mas quem pensou que iria assistir apenas a apresentação formal do grupo com alguns treinos físicos, se surpreendeu, uma vez que Ranielle Ribeiro colocou a bola para rolar no campo, promovendo um treino de defesa contra ataque. Mas o grupo que já está em atividade ainda deve receber mais reforços e as negociações com os atacantes Ederson, Matheus Matias e Wallyson já são tratadas abertamente pelo comandante alvinegro.

Time foi logo para campo treinar por ordem de Ranielle Ribeiro
Time foi logo para campo treinar por ordem de Ranielle Ribeiro

“Na verdade a negociação com esses três atletas eu crédito como sonhos. Tecnicamente todos estão num mesmo patamar, mas são realidades diferentes nas negociações. No caso de Matheus nós temos de esperar para saber se ele irá ou não ser aproveitado na próxima temporada pelo Corinthians. Se não for ainda teremos de brigar com alguns clubes das Séries A e B que estão interessados em ter o atleta”, disse Ranielle.

Do trio o que o comandante alvinegro considera a contratação mais viável é justamente a de Wallyson, que é onde o executivo de futebol Giscard Salton está mais avançado, por depender apenas de um acordo entre o ABC e o Maldonado. “A vinda de Wallyson classifico como o sonho mais propício de ocorrer, pelo que nosso executivo de futebol tem nos passado, a negociação está bem encaminhada e acredito que temos boas chances de contar com o jogador. Já Ederson, ele também nos interessa, mas temos de reconhecer que o nível salarial dele está fora da realidade financeira do nosso clube. Recentemente foi artilheiro da Série A e foi importante na campanha do acesso do Fortaleza também. Mas dos três, vindo um, já vou me dar por bastante satisfeito” disse Ranielle Ribeiro na primeira entrevista pós treino.

Com relação ao grupo, ele disse que teve o cuidado de estudar todos os atletas que foram contratados, mas está ciente de que o trabalho pode apenas reduzir um pouco a margem de erro na montagem do elenco. “São várias variáveis que pesam para um jogador chegar num clube e se  sair bem. Tem a questão da adaptação que é complicada, mas todos que forem escolhidos para fazer parte do elenco de 2019 têm qualidade”, destacou o treinador abecedista.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários