América derrota o Serrano por 6 a 0 e mostra força no Brasileirão

Publicação: 2019-05-04 17:57:00 | Comentários: 0
A+ A-
Vicente Estevam
Repórter

O América deixou uma excelente impressão na estreia da equipe no Brasileirão. A equipe foi a Campina Grande e não tomou conhecimento do Serrano, no estádio Amigão (PB). Os potiguares bateram os donos da casa, com muita propriedade por 6 a 0 mostrando que o time vem forte para brigar por uma das quatro vagas que a competição irá distribuir para Série C de 2020. O dono da festa foi Max, autor de quatro gols, os outros foram marcados por Jean Patric e Hiltinho

América goleou o Serrano-PB na estreia da Série D jogando fora de casa
América goleou o Serrano-PB na estreia da Série D jogando fora de casa

Como o treinador Moacir Júnior havia previsto, o entrosamento iria pensar muito na estreia de Serrano e América na competição nacional. Os donos da casa, que renovaram metade do elenco e fizeram apenas um jogo antes de encarar os potiguares, passaram por um forte sufoco.

Se aproveitando da dificuldade dos paraibanos, o Alvirrubro, parecia jogar em casa e partiu em busca do gol, enquanto o adversário mal conseguia ficar com a bola no campo de ataque. Com isso, as chances americanas foram se sucedendo e a zaga do Serrano resistindo da forma que podia. Até que aos 18 minutos, o artilheiro Max encontrou o caminho do gol para os potiguares, pegando o rebote de uma boa defesa de Rodrigo Calchi, numa bola cabeceada por Adriano Alves, após cobrança de escanteio.

Em dia inspirado, o atacante.marcou outros dois gols aos 25 e 37 minutos garantindo o resultado positivo logo na primeira etapa. O Serrano era uma presa fácil neste momento oferecendo muito pouca resistência.

Mantendo um ritmo de jogo forte, para não dar a menor chance de tentativa de reação ao Serrano, o América fez o quarto gol com Jean Patric logo aos quatro minutos do segundo tempo. Antes da conclusão, os jogadores potiguares chegaram na área fazendo uma espécie de linha de passe, até a conclusão em gol.

Tranquilo em campo, os potiguares diminuíram um pouco o ritmo de jogo, mas continuaram em.cima do Serrano, para não deixar o adversário subir de produção. Dessa forma, com uma marcação mais frouxa, a equipe da casa conseguiu chegar mais ao campo ofensivo, mas sem levar muito perigo ao gol de Copetti, que teve vida bem tranquila em relação ao que ocorria no jogo com Rodrigo Calchi, que sofreu um verdadeiro bombardeio.

Mesmo ligando o modo treino, o América era muito superior, além disso ainda tinha o artilheiro Max num dia de bastante inspiração. Tanto que aos 30 minutos, ele aproveitou um belo cruzamento de Hiltinho para desviar de cabeça e fechar a festa, marcando América 5 a 0.

Mas o sofrimento paraibano não acabou por aí, Hiltinho ainda arranjou tempo para marcar o sexto gol, aos 40 minutos, fechando o massacre com dose de crueldade no Amigão.

Ficha técnica:


Serrano: Rodrigo Calchi, Ferreira (Igor), Weverson, Johnny e Dayvid (Éverton),; Dan Dan, Renan, Amaral e Diego Serra; Quese Jones e  Everton Paulista (Igor Vinícius). Técnico: Jairo Soares.

América:
Rafaela Copetti, Vinícius, Adriano Alves, Brand e Kaike; Leandro Melo (Moreilândia), Adenilson e Róger Gaúcho (Hiltinho); Adriano Pardal (Mikael), Max e Jean Patric. Técnico: Moacir Júnior.

Árbitro: José Reginaldo Figueiredo (AL)
Gols: Max/AME (21’,25’ e 37’/1°T e 30’/2°T), Jean Patric/AME (4’/2°T), Hiltinho/AME (40’/2°T).
Local: Estádio Amigão (PB)















continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários