América empata com o Floresta em 1 a 1 pela Série D

Publicação: 2020-09-26 17:35:00
O América jogou melhor, tecnicamente conseguiu ser melhor que o Floresta principalmente no segundo tempo da partida, mas ainda não foi dessa vez que o Alvirrubro conseguiu a primeira vitória na Série D do Brasileiro. A partida realizada no estádio Domingão, em Horizonte-CE, acabou 1 a 1, com Rondinelly marcando para os potiguares e Deysinho descontando para os donos da casa.

Créditos: Canindé Pereira/América FC

Com as duas equipes necessitando recuperar o saldo negativo da primeira rodada, Floresta e América foram a campo dispostos a conquistar a primeira vitória dentro do grupo. O que se viu quando a bola começou a rolar foram os cearenses mais presentes no campo de ataque e criando dificuldades para zaga Alvirrubra, que se mostrou atenta e conseguiu livrar o perigo.

A equipe natalense que agora soma dois pontos, em duas rodadas na competição nacional, voltará a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Salgueiro-PE, na Arena das Dunas.

Na primeira bola encaixada, após uma roubada de bola por Felipe Guedes, o atacante serviu Augusto, que foi a linha de fundo e cruzou em busca de Rondinelly, que bateu no canto rasteiro do goleiro cearense para colocar os natalenses em vantagem, aos 19 minutos.

Em desvantagem, os donos da casa continuaram com mais posse de bola e rondando a área americana, porém, com os seus atacantes pecando muito nas finalizações, os lances acabavam  exigindo apenas atenção do goleiro Ewerton.

A diferença entre as duas equipes era que enquanto o Floresta procurava dar velocidade as suas jogadas, na busca de pegar a defesa potiguar desprevenida. O América demonstrava mais tranquilidade, trocava passes 3m busca de envolver os defensores adversários. O problema neste caso era a questão do último passe.

Nesse ritmo a equipe conseguiu manter a vantagem até os 44 minutos, quando na cobrança de uma falta, Fábio Alves cruzou em busca do segundo pau, onde Deyzinho apareceu livre, por trás da linha de zaga para deixar tudo igual no placar.

No último lance da etapa inicial, o América quase voltou a frente do marcador, mas Romarinho, com chute de longe, apenas conseguiu assustar Douglas. 

No segundo tempo, por pouco Augusto, na tentativa de um cruzamento que tomou a direção do gol, não pegou o goleiro Douglas Dias de surpresa, que teve de se esticar todo para evitar o segundo tento do time potiguar. Depois de esperar a ação do adversário na etapa inicial, Kobayashi adiantou as linhas alvirrubras, mas o Floresta ainda apostando na velocidade, assustou numa boa jogada pela direita com Paulo Vicytor, que cruzou e por pouco Fábio Torres não conseguiu empurrar a bola para o fundo da rede americana.

Com domínio da posse de bola e tirando os espaços para os contragolpes do Floresta, o América tomou conta da situação em campo e passou a rondar com mais perigo a área dos donos da casa. Numa dessas investidas, Dione arriscou um chute cruzado e voltou a assustar o goleiro cearense.

Depois que Leston Júnior já havia realizado todas as substituições, Renê se contundiu, teve de deixar o campo, voltou apenas para completar a equipe. Então na busca de se aproveitar da situação, Anderson Paraíba fez boa jogada, entrou na área e chutou para o goleiro cearense realizar boa defesa.

O América era só ataque na reta final de partida, numa boa trama, Thiaguinho dominou a bola dentro da área, bateu, a bola encobriu o goleiro, mas o lateral Felipe Alves apareceu para salvar a equipe da casa de sofrer o segundo gol. E ficou nisso.

Enquanto isso, no estádio Barrettão, o Globo bateu o outro cearense do grupo A-3, Guarany de Sobral por 3 a 1, se isolando na liderança da classificação.

Ficha Técnica
Floresta x América

Floresta: Douglas Dias, Lito (Ronaldo), Lula, Wilson Goiano e Fábio Alves; Jô, Marconi e Diego (Everaldo); Paulo Vicytor Renê), Fábio Torres e Deyzinho (Thalisson). Técnico: Leston Júnior.

América:Ewerton, Wallace Rato, Edimar, Marcelo e Renan Luís; Felipe Gudes, César Sampaio (Anderson PB) e Romarinho; Augusto, Wallace Pernambucano (Thiaguinho) e Rondinelly (Dione). Técnico: Paulinho Kobayashi.

Árbitro: Diego da Silva Castro (PI)

Gols: Rondinelly/AME (19’/1T), Deizinho/FLO (44’/1T)

Local: Estádio Domingão (CE).