América entra na briga pela final

Publicação: 2017-02-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A vitória sobre o Baraúnas devolveu a esperança ao América na briga pela única vaga que resta na final do primeiro turno do Estadual. Mas a situação rubra ainda é complicada. A equipe ocupa a quarta colocação, com 10 pontos, atrás de ABC (já garantido na decisão), Globo, com 11 pontos e o próprio Baraúnas, que tem a mesma pontuação americana, mas leva vantagem no saldo de gols. Além deles, o ASSU, que aparece em quinto lugar, com nove pontos, também é um dos concorrentes pelo lugar na final e adversário americano de domingo, na Arena das Dunas, pela última rodada da Copa Cidade do Natal.
Ana SilvaO técnico Felipe Surian conversa com o médico rubro, Maeterlink Rêgo, para saber a situações dos jogadores que estão contundidosO técnico Felipe Surian conversa com o médico rubro, Maeterlink Rêgo, para saber a situações dos jogadores que estão contundidos

Para se garantir na decisão, o América precisa, além de vencer o ASSU, torcer para um empate entre Globo e Baraúnas, que se enfrentam no mesmo dia, no Barrettão. Se o time de Ceará-Mirim vencer, elimina o rubro. Caso o vencedor seja a equipe de Mossoró e o placar seja por um gol de diferença, os comandados de Felipe Surian precisariam de uma vitória por cinco gols de diferença.

“Foi uma grande vitória para elevar a moral desses jogadores que estavam precisando. Foram, até mesmo, injustiçados por alguns resultados que tivemos nos últimos jogos tomando gol nos últimos minutos e acredito que isso irá nos dar muita força para este jogo de domingo, contra o ASSU. Vamos tentar ganhar bem pra gente "tirar" o saldo de gol e,  conseqüentemente, buscar às finais da competição”, afirmou Surian.

E para fazer gols, o América vai precisa de uma tarde inspirada do atacante Tony, artilheiro da equipe na temporada, com quatro gols. Ele é o responsável por três dos quatro gols americanos no Estadual e sabe que tem que manter a média para seguir na equipe. “Fomos a dez pontos e deixamos para domingo a decisão. Agora é descansar que domingo temos um jogo muito importante e ter muita fé que eu creio que a gente vá chegar nessa final. Fiz seis jogos como titular, então é manter a sequencia, trabalhar bastante porque se daqui a pouco eu fico dois ou três jogos sem fazer gol todo mundo esquece o que você fez. Então é continuar buscando o gol a todo momento e todo jogo”, previu o atacante.

O que pode atrapalhar o desempenho do América diante do ASSU é o excesso de jogadores lesionados: cinco no total (Somália, Osmar, Danilo, Michel Benhami e Dija Baiano). Mas o treinador Felipe Surian está otimista de que pode contar com alguns deles.  “Jogadores que têm sua força, técnica e qualidade dentro do grupo. A gente vêm sofrendo com isso, mas acredito que vamos ter mais uns dois à nossa disposição, ou três, para que a gente possa fazer mais um bom jogo, buscar a vitória e os gols “, disse.
Redação TNCampeonato PotiguarCampeonato Potiguar




continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários