América inicia hoje uma maratona de viagens

Publicação: 2018-04-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O América inicia, a partir de hoje, uma verdadeira maratona de viagem e jogos, que vai testar a preparação elaborada pelo técnico Ney da Mata e sua comissão técnica. O Alvirrubro se dividirá entre os dois jogos “mata-mata” da Pré-Copa do Nordeste e o início da disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

Luiz Fernando, meio-campo
Luiz Fernando, meio-campo

O grupo americano se reapresenta ontem, no CT Dr. Abílio Medeiros e viaja com destino a Aracaju/SE na madrugada desta terça (17) para quarta (18). Na sexta (20) decola para Marabá/PA, cidade a 230 km de Imperatriz/MA onde na segunda (23) enfrenta os donos da casa - que levam o mesmo nome - pelo Brasileirão. O destino inicial será a cidade paraense em razão da melhor logística, já que só existe voo até a capital maranhense, São Luiz, 750 km distante do local do jogo. No domingo (22), após o almoço, plantel viaja de Marabá/PA para Imperatriz/MA.

“Claro que são viagens muito desgastantes, mas a gente trabalhou bastante e estamos bem preparados na parte física, bem concentrados para dar o nosso melhor. Claro que são estreias e bate aquela ansiedade, sabemos que vamos enfrentar adversários difíceis tanto na quinta, quanto na segunda-feira, mas temos totais condições de buscar os três pontos nos dois jogos”, analisou o meia Luiz Fernando. “Foi uma maratona de treinamentos, treinos pesados mas importantes, mas agora, como a gente diz, chegou a hora boa”, complementou.

Pensando não apenas nos quilômetros que precisa percorrer, mas principalmente nas necessidades de mudanças táticas que poderá ter que fazer durante os jogos, o técnico Ney da Mata testou, no treino de ontem, o próprio Luiz Fernando e Cascata atuando lado à lado no meio de campo americano. A intenção seria dar mais qualidade ao setor, deixando o time, teoricamente, mais ofensivo.

“O Ney nos disse que ainda tem algumas definições para fazer e estou pronto para jogar, seja ao lado do Cascata, seja sozinho no meio, ou até mesmo colaborando caso não esteja no time de cima. Pode ter certeza que quem estiver entre os 11 vai dar conta do recado”, comentou o meia.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários