América inicia jornada pelo acesso

Publicação: 2020-09-19 00:00:00
Embora entre os objetivos para temporada de 2020 estivesse a conquista do bicampeonato estadual, nenhuma outra meta traçada pelo América para atual temporada era mais importante que a conquista do acesso para Série C. A jornada do clube potiguar, que há quatro anos luta para ascender de posição no cenário nacional, inicia hoje, às 16 horas, na Arena das Dunas, diante do Campinense. A competição vem sendo levada tão a sério no clube, que a determinação de chegar à Série C não é mais promessa, mas sim uma determinação da administração do presidente Leonardo Bezerra. 


Créditos: CANINDÉ PEREIRAVolante Felipe Guedes e zagueiro Edimar, experientes, são dois pilares na nova equipe americana, que deseja mudar o estilo de jogoVolante Felipe Guedes e zagueiro Edimar, experientes, são dois pilares na nova equipe americana, que deseja mudar o estilo de jogo

A equipe não chega à competição da forma que desejava, pelo meio do caminho do calendário nacional, foram deixadas de se conquistar metas importantes, as quais serviriam como base para a equipe ingressar muito mais forte no Brasileirão. O golpe mais sentido foi a eliminação, nos pênaltis, da copa do Brasil, cuja classificação iria render uma injeção de recursos suficientes para diretoria não se preocupar com a necessidades que deverão surgir pelo caminho, numa competição que foi alongada e que os clubes vão realizar, praticamente, o dobro e jogos em relação a fórmula do ano passado. 

Sem André Krobel e Everton Silva, ambos vetados pelo médico Maeterlinck Rêgo, o treinador Paulinho Kobayashi perdeu as suas duas opções para lateral-direita e vai ter de improvisar um jogador pela posição, diante da equipe paraibana. Além deles, outro que está fora é o atacante Elias, todos por motivo de contusão. Porém o fato está longe de preocupar o comandante alvirrubro, que confia numa boa estreia do clube. 

“Trabalhamos bastante essa semana focados no modelo e jogo do Campinense. Apesar de não termos tantas informações disponíveis, buscamos saber algo sobre o treinador que assumiu a equipe, bem como o comportamento nosso adversário no último amistoso. Estudamos também os reforços que chegaram para o clube, então minha intenção foi montar a nossa equipe em função daquilo que poderemos encontrar nesse jogo de estreia. Nossa intenção é iniciar a competição com vitória, principalmente pelo fato de o jogo ocorrer dentro de nossa casa", afirmou o treinador Paulinho Kobayashi. 

Com três semanas de trabalho e buscando a implementação de um sistema de jogo adotado pelo ex-treinador americano, Roberto Fernandes, o novo comandante americano salienta que o grupo ainda não está completamente inteirado sob a nova fórmula de atuação, mas Kobayashi ressalta que deu, ao menos, para os atletas assimilarem alguns conceitos básicos. Ele acredita que a equipe hoje já vai mostrar um futebol diferente na Arena das Dunas. 

“Nós passamos alguns quesitos importantes, para que a gente possa desenvolver esse novo método de jogo, durante esse tempo de preparação, reconheço que o tempo ainda é curto para se mudar a filosofia de jogo, mas o entendimento de determinadas premissas já foi passado. Acredito que o grupo teve um entendimento bom e, aos poucos, nós iremos, de acordo com a qualidade dos atletas que temos no grupo, encontrar o modelo de jogo que melhor se adapte as nossas necessidades", destacou. 

Com mais de 100 partidas de Brasileirão na carreira, o zagueiro Edimar vai para a disputa da sua terceira Série D. Ele é um dos nomes de experiência no elenco do alvirrubro e sabe daquilo que ele e os demais companheiros terão de enfrentar para cumprir com o objetivo assumido com a torcida. 

“Pude disputar a Série D por Marcílio Dias e Tubarão. É um campeonato difícil e que não dá muitas chances para o erro. Neste ano, teremos um número maior de jogos, o que poderá ajudar a nossa equipe. Mesmo assim, é fundamental iniciar o torneio de forma positiva”, frisou o defensor, de 32 anos. Em relação ao confronto de estreia, Edimar projeta uma estreia complicada, mas acredita que a equipe potiguar irá a campo muito bem trabalhada.  

“Imagino que teremos um jogo difícil pela frente, mas vejo a nossa equipe com totais condições de realizar uma boa partida. Temos aproveitado bem este período de preparação. As expectativas para o início da Série D são as melhores possíveis”, ressaltou.  

O técnico Givanildo Sales, que também vem sofrendo com problema de desfalques, aproveitou os trabalhos da semana para esboçar a equipe com a qual pretende enfrentar o América. Ele não poderá contar com o zagueiro Uesles; o lateral-esquerda Vinícius Araújo; o Volante Netto e o atacante Juliano Além disso o comandante da Raposa ainda não sabe se poderá contar com o zagueiro Alex Maranhão. 

Competição reúne 68 clubes na luta pelo título
A Diretoria de Competições da CBF definiu a tabela revisada da Primeira Fase do Campeonato Brasileiro da Série D de 2020. Com início marcado para sábado, dia 19, os classificados na Fase Preliminar foram: Ji-Paraná-RO, Baré-RR, Real Noroeste-ES e Brasiliense-DF. Nesta etapa, serão oito grupos de oito times cada se enfrentando em turno único.

Às 15h, quatro jogos abrem o retorno da competição. Pelo Grupo A-4, Jaciobá-AL e Central-PE duelam no Estádio Coaracy Fonseca, em Arapicara (AL). No Espírito Santos, em Águia Branca, o Real Noroeste-ES recebe o Goiânia-GO, pelo Grupo A-5. A Portuguesa-RJ, do Grupo A-7, joga contra o Toledo-PR, em casa, no Estádio Luso Brasileiro. Já a partida do Grupo A-8 fica por conta do Pelotas-RS e Marcílio Dias-SC, no Estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS).

Ao todo, serão 68 equipes divididas entre oito grupos na primeira fase. Quatro grupos receberão equipes vindo da fase preliminar. Antes da paralisação do futebol pela pandemia de Covid-19, a competição estava  marcada para ter início nos dias 2 e 3 de maio.

Para este ano, o formato de disputa da primeira fase da Série D sofreu uma mudança. Agora, os 64 clubes foram divididos em 8 grupos de 8 times, onde se enfrentam em turno e returno (14 jogos para cada time). Os quatro melhores colocados de cada grupo se encontram em confrontos eliminatórios (mata-mata) a partir da segunda fase, que se seguem até a disputa da grande final, em fevereiro. Os quatro semifinalistas garantem o acesso para a Série C do Brasileirão de 2021.

A 2ª fase da Série D está prevista para acontecer no início de dezembro, entre os dias 6 e 13.

TABELA
Confira os grupos dos potiguares na competição
Grupo A-3
Afogados - PE
América - RN
Atlético - PB
Campinense - PB
Floresta - CE
Guarany Sobral - CE
Globo - RN
Salgueiro - PE

Grupo A-4
ABC - RN
Central - PE
Coruripe - AL
Frei Paulistano - SE
Itabaiana - SE
Jaciobá - AL
Potiguar - RN
Vitória da Conquista - BA