América joga contra o Floresta no sábado na Arena Castelão

Publicação: 2020-12-29 00:00:00
Um sorteio realizado nesta segunda-feira (28) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) finalmente definiu os confrontos das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D - a quarta divisão nacional. O América, que se classificou após eliminar o Galvez na Arena das Dunas, no domingo (5 a 1) vai encarar o Floresta, com o primeiro jogo fora de casa, sábado (2), às 16h, na Arena Castelão. O jogo da volta será no domingo (10), 16h, na Arena das Dunas.

Créditos: Alex RégisNo jogo contra o Galvez o América teve falhas, mas goleouNo jogo contra o Galvez o América teve falhas, mas goleou

Os jogos das quartas de final foram definidos levando em conta a classificação geral, contando com as fases anteriores. No entanto, América e Aparecidense-GO empataram em todos os critérios - pontos (35), número de vitórias (10) e saldo de gols (24).

O regulamento da CBF previa que, em caso de empate nesses três critérios, a ordem dos classificados seria decidida através de um sorteio. Assim, o América-RN ficou com a terceira melhor campanha e a Aparecidense-GO com a quarta.

Assim, foi definido que os adversários de América-RN e Aparecidense-GO nas quartas de final serão Floresta-CE e Mirassol-SP, respectivamente. Os outros dois confrontos - Altos-PI x Marcílio Dias-SC e Novorizontino-SP x Fast Clube-AM - já estavam certos. Os classificados para as semifinais garantem também o acesso à Série C do Brasileiro de 2021.

“Nós não podíamos escolher adversários. Sabíamos que, devido a questão da logística, seria muito mais complicado irmos para o interior de São Paulo. Para Fortaleza vamos ver se poderemos ir de avião. Se a viagem for aérea podemos esperar um pouco mais e permitir que os jogadores passem a virada do ano com a família, assim como fizemos com a noite de Natal. Caso não dê certo, vamos pedir ônibus leito para garantir o conforto dos nossos atletas”, explicou o presidente alvirrubro, Ricardo Valério.

De acordo com o dirigente, o grupo de jogadores americanos está muito focado na competição. Ele dá como exemplo o pedido que os jogadores fizeram para que os treinos acontecessem, mesmo na véspera de Natal, com os atletas sendo liberados apenas após os trabalhos. “É um grupo muito unido e que está muito focado na possível conquista do acesso”, reforçou.

Erro zero
Sobre o jogo diante do Galvez, o presidente Ricardo Valério afirma que o time cometeu erros, mas que foram corrigidos em tempo pelo técnico Paulinho Kobayashi. “Vamos trabalhar pelo erro zero nesses próximos jogos contra o Floresta”, disse.

O técnico Paulinho Kobayashi também percebeu que o time “sofreu” em alguns momentos contra o time acreano em Natal. No entanto, ele preferiu exaltar a participação dos jogadores que entraram em campo, com destaque para Rodrigo Andrade. “Destaco principalmente a força do grupo. Quem entrou deu conta do recado”, disse o treinador.

O jogo
O América venceu o Galvez/AC por 5 a 1, no domingo (27), na Arena das Dunas. O time visitante começou mais à vontade no jogo. Em quatro minutos de bola rolando a equipe acreana já havia concluído três vezes. Em uma delas, com um minuto de bola rolando, Digão saiu na cara do gol e Ewerton salvou o Alvirrubro.

Nervoso e com linhas muito distantes, o América errava muitos passes e construía pouco, facilitando a marcação do adversário.

Com o passar do tempo, o time potiguar arrumou a marcação e equilibrou mais o jogo. No entanto, ainda precisava corrigir o setor de criação. Apagado, Rondinelly aparecia pouco e sobrava para Tartá a missão de construir as jogadas, tanto que era o camisa 11 quem mais sofria com as faltas do Galvez.

O primeiro gol só saiu próximo do fim da etapa inicial, aos 44. O zagueiro do Galvez cometeu um erro infantil. Numa bola na lateral da grande área o defensor cometeu um pênalti “bobo” em Wallace. Elias bateu com força e abriu o marcador, garantindo a vantagem do América na etapa inicial.

Na volta para o segundo tempo, com menos de um minuto o Galvez empatou o jogo. Adriano recebeu no meio e deu um belo lançamento para Daniego marcar. Para sorte americana, o empate durou apenas 10 minutos. Na cobrança de escanteio a bola ficou na linha do gol. Tartá entrou de carrinho e desempatou o jogo em favor da equipe natalense.

A vantagem cresceu 15 minutos depois. Escanteio mais uma vez. Edimar precisou concluir duas vezes para mandar a bola para as redes do goleiro Miller. Aos 37 minutos, a bola trabalhada no meio encontrou Rodrigo Andrade. O camisa 20, que entrou bem no jogo, deixou Dico na cara do gol. O atacante só teve o trabalho de desviar para fazer o quarto.

Ainda daria tempo para o quinto. Aos 44 na tabela Wallace/Rodrigo, o camisa 20 sofreu penalidade. O artilheiro americano bateu com força e fez o seu 11° gol na competição, fechando o marcador: América 5 a 1.

Confira os confrontos:
Altos-PI (1.º) x Marcílio Dias-SC (8.º)
Novorizontino-SP (2.º) x Fast Clube-AM (7.º)
América-RN (3.º) x Floresta-CE (6.º)
Aparecidense-GO (4.º) x Mirassol-SP (5.º)