América pretende aderir a permuta

Publicação: 2019-10-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em tempo de dinheiro curto e o mercado em crise, a diretoria do América também admite recorrer a permuta de uma área do CT de Parnamirim, disponibilizando a mesma para tocar a segunda fase do projeto da Arena América (Estádio José Rocha). A informação foi do futuro vice-presidente, Ricardo Valério, destacando que o projeto da conclusão da nova casa alvirrubra, também será uma prioridade da nova diretoria, que assumirá os destinos do clube no próximo dia 10 de dezembro.

Ricardo Valério acredita que o clube poderá usar até quatro hectares da sua área em Parnamirim
Ricardo Valério acredita que o clube poderá usar até quatro hectares da sua área em Parnamirim

“Continuaremos atentos a questão do nosso estádio, que teve a primeira etapa inaugurada recentemente, mas ainda temos muito trabalho pela frente para cumprir com aquilo que foi prometido com quem adquiriu as cadeiras cativas e os camarotes. O América está aberto a propostas, temos uma área de 4 hectares, separada ali no nosso CT para envolver em negociação com qualquer interessado. Podemos realizar algum tipo de permuta ou simplesmente vender. Essas permutas serão realizadas em troca de área construída na Arena América”, afirmou Valério.

O dirigente ressaltou que a futura direção, pretende dar continuidade a todos projetos considerados mais importantes para o desenvolvimento e, que visam promover uma forma de autossustento americano. “Reforço que não iremos abrir mão de dar continuidade ao projeto do nosso estádio”, salientou.

Outro ponto que irá merecer atenção especial, será a questão do reaquecimento das vendas de títulos para sócio-torcedor. Ricardo Valério acredita que iniciar a temporada com uma boa campanha dentro de campo, irá facilitar a venda de novos títulos, uma vez que a torcida vem emitindo vários sinais de que está com o desejo de ajudar.

“Nosso projeto sócio-torcedor está reagindo, o América chegou a ficar da 24ª posição entre os clubes que estavam dentro do Brasileirão. Isso mostra que realizando um trabalho correto, o torcedor chegará para contribuir”, disse.

Ricardo Valério reforçou ainda que um dos principais projetos para o primeiro ano de administração, junto ao presidente  Leonardo Bezerra, será tentar buscar o acesso para Série C do Brasileiro.

“Não iremos medir esforços para tirar o América da Série D do Brasileirão. Vamos trabalhar com afinco visando subir degraus até que o clube regresse para Série B, que consideramos um patamar bom para o nosso clube. Estamos conscientes de que unidos na diretoria poderemos pensar grande e galgar posições melhores dentro do futebol”, afirmou o futuro vice-presidente alvirrubro, Ricardo Valério.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários