América terá duas baixas no duelo contra o Coruripe

Publicação: 2020-12-05 00:00:00
O América não terá o zagueiro Marcelo Augusto e nem irá contar com o volante Robson, um dos recém-contratados pela diretoria para reforçar a equipe na disputa do mata-mata. A equipe potiguar vai iniciar o duelo por uma vaga na terceira fase da Série D do Brasileiro, amanhã, contra o Coruripe, no estádio Gérson Amaral-AL. O treinador Paulinho Kobayashi costuma usar como tática para prejudicar o levantamento realizados pelos treinadores adversários, não divulgar a lista de atletas convocados para as partidas.

Créditos: CANINDÉ PEREIRAPaulinho Kobayashi relacionou alguns reforços, Rodrigo Andrade e tartá esperam ter a oportunidade de entrar em campo amanhãPaulinho Kobayashi relacionou alguns reforços, Rodrigo Andrade e tartá esperam ter a oportunidade de entrar em campo amanhã

Mas em relação aos jogadores em questão, Marcelo Augusto  se encontra em fase de transição, após realizar tratamento para se recuperar de uma lesão, então como o jogador ainda não se encontrava 100%, o treinador resolveu não incluir ele no grupo que seguiu viagem para cidade de Coruripe na última quinta-feira. 

Já com relação a Robson, foi uma escolha do técnico americano mesmo. O jogador chegou em condições de atuar, uma vez que vinha defendendo a equipe do Treze-PB na Série C. Os dois atletas vão ficar como opção para segunda partida e última entre potiguares e alagoanos, que está marcada para o próximo domingo, na Arena das Dunas.

Mas o adversário também tem problemas na escalação para o primeiro encontro com o Alvirrubro. O treinador,  Elenilson Santos, não poderá contar com o volante Renato, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A boa notícia fica com a confirmação do retorno de Jair Amaral para o setor de marcação do meio-campo.

Confronto
A provável escalação do time alagoano no confronto diante do América, amanhã, na cidade de Coruripe será a seguinte: Alexandre; Lazaro, Salazar, Daciel e Tadeu; Gaspar, Jair Amaral, Leandro Sardinha e Gabriel; Vini Souza e André.

Vale salientar que o regulamento da Série D, não prevê  gol qualificado fora da casa nos mata-matas. Se o confronto terminar empatado, o classificado será definido nas cobranças de pênalti. A única vantagem obtida pelo América neste confronto, é a possibilidade de realizar o segundo jogo como mandante.

O Coruripe, quarto colocado no grupo 4, acabou a primeira fase com 21 pontos, tendo registrado seis vitórias, três empates e cinco derrotas. Já o América chegou aos 28 pontos, computados através de  oito vitórias, quatro empates e duas derrotas. Os comandados de Paulinho Kobayashi chegam para esse confronto, como um visitante indigesto para os adversários, uma vez que nas sete partidas que realizou fora de Natal, obteve quatro vitórias, dois empates e sofreu apenas uma derrota. Dos 21 pontos disputados, o Alvirrubro conquistou 14.