América vai oficializar F. Guedes

Publicação: 2020-07-02 00:00:00
A+ A-
O América já está trabalhando fisicamente com o foco na partida diante do Juventude, pela Copa do Brasil, que deve ser confirmada para o início de agosto em Natal. O confronto vale a classificação para quarta fase da competição nacional e, quem passar vai colocar uma cota de R$ 2 milhões no caixa. Na visão da diretoria alvirrubra, o dinheiro é suficiente para fazer o clube passar sem atropelos financeiros até o final da temporada. As confirmações das novas contratações também não param, depois de oficializar o nome do atacante Elias, o clube está perto de fazer o mesmo com Felipe Guedes, que já está no RN e deve seguir para se juntar a delegação que se encontra na intertemporada, em Pernambuco.

O presidente americano, Leonardo Bezerra, disse que estava aguardando a chegada de Guedes, que teve passagem pelo ABC e conhece bem o futebol local, para definir os termos do contrato e promover a assinatura do documento. O executivo de futebol, Fabiano Melo, já antecipou que possui outro reforço na ponta da agulha, já que tem um acerto verbal com Adenílson, que defendeu o alvirrubro na temporada passada.

Elias está animado com a oportunidade de poder atuar pelo América, ele disse que é um jogador versátil e que pode atuar em várias posições do meio-campo para frente. Além disso, revelou que já trabalhou com Roberto Fernandes.

Em relação a retomada dos trabalhos, em Camaragibe-PE, o preparador físico Fábio Juidecce ressaltou que a diretoria do clube foi bastante feliz na decisão, uma vez que promovendo a concentração do elenco nos primeiros dias de retomada, a comissão técnica pode terá um maior controle sobre o grupo.

“Mesmo diante dessa pandemia, a gente da comissão técnica, jamais interrompeu o nosso planejamento. Agora tendo a oportunidade de voltar aos trabalhos, num ambiente extremamente profissional, em Pernambuco, nós podermos não apenas cuidar da parte física e técnica, para que todos voltem render seu melhor, quanto regularemos a alimentação dos atletas e o descanso”, afirmou Juidecce.