Amanda Nunes luta para ficar com cinturão em Las Vegas

Publicação: 2020-06-06 00:00:00
A+ A-
Campeã peso-galo e peso-pena, Amanda Nunes sobe ao octógono hoje para a primeira defesa da coroa da divisão até 66 Kg. A brasileira encara Felicia Spencer na luta co-principal do UFC 250, que acontece hoje, na UFC Apex, em Las Vegas. Inicialmente esse combate estava previsto para ocorrer em São Paulo. Quem também estará no card de lutas será o potiguar Jussier Formiga, que vai encarar Alex Perez, dentro da categoria peso mosca. Os combates terão início a partir das 20 horas.

Créditos: UFCAmanda Nunes confia em boa atuação frente a Felicia SpencerAmanda Nunes confia em boa atuação frente a Felicia Spencer


A “Leoa”, como Amanda é conhecida dentro do UFC, conquistou seu segundo cinturão em dezembro de 2018, quando nocauteou Cris Cyborg. Desde então, Amanda defendeu duas vezes seu cinturão do peso-galo – nocauteando Holly Holm e vencendo Germaine de Randamie por pontos.

Spencer estreou no UFC em maio de 2019, vencendo Megan Anderson. Ela encarou Cris Cyborg em seguida, sendo derrotada por pontos, e garantiu o title shot com um TKO sobre Zarah Fairn no UFC Norfolk.

Falando da adversária na disputa pelo cinturão, a brasileira ressaltou que possui uma estratégia bem definida para o combate com Felicia Spencer.

“Traçamos uma estratégia bem definida e em cima do jogo dela. Eu assisti as lutas dela, principalmente a contra a Cris Cyborg para entender melhor o seu jogo. Eu sei que ela vai tentar me levar para a grade, fazer jogo de clinch. Mas eu estou pronta para ir lá e vencer”, salientou a lutadora baiana.

Acreditando que está bem preparada para defender o cinturão, Amanda Nunes já sabe para quem irá render as homenagens em caso da manutenção do título.

“Eu quero dedicar essa vitória a todo mundo, quero levar felicidade para as pessoas em um momento como esse de pandemia. Eu sei que é muito difícil ficar em casa, mas a gente tem que ter atenção, se proteger, conseguir passar por isso tudo. As pessoas precisam se conscientizar mais. Depois disso, todo mundo vai voltar a vida normal. Essa é só uma fase e a gente precisa ser forte”, salientou.
Outro que não vê a hora de subir ao octógono é Jussier Formiga. Ele vem de duas derrotas, mas disse que superou o baque e mantém a motivação intacta.

Créditos: Getty ImagesFormiga se diz motivado para enfrentar Alex Perez nos EUAFormiga se diz motivado para enfrentar Alex Perez nos EUA


“O fato de vir de duas derrotas para mim tanto faz. É o meu trabalho, infelizmente, as vezes acontece mesmo, mas a motivação é sempre a mesma, determinado a trabalhar forte para chegar no topo da categoria. Eu não sou um tipo de lutador que se deixa pressionar por resultados negativos, isso não pesa na minha preparação. Penso apenas em me manter bem e procurar fazer o melhor nas lutas”, afirmou o brasileiro.  

Outras lutas também foram confirmadas para o UFC 250: 
Peso-galo: Henry Cejudo x José Aldo, Peso-pena: Amanda Nunes x Felicia Spencer, Peso-pesado: Alexey Oleynik x Fabrício Werdum, Peso-pesado: Augusto Sakai x Blagoy Ivanov, Peso-meio-pesado: Maurício "Shogun" x Rogério "Minotouro", Peso-galo: Ketlen Vieira x Marion Reneau, Peso-galo: Bethe Correia x Pannie Kianzad e Peso-pesado: Carlos Felipe x Sergey Spivak.





Deixe seu comentário!

Comentários