América é derrotado e Pintado cai

Publicação: 2013-10-05 00:00:00 | Comentários: 5
A+ A-
O América sofreu mais uma derrota na série B do Brasileiro e agora terá de torcer contra São Caetano, ABC e Atlético/GO para não voltar à zona de rebaixamento ao final dessa 27ª rodada. A equipe teve um péssimo rendimento e Pintado não conseguiu resistir ao jejum de cinco partidas sem vencer. Um dirigente do América disse que o treinador seria comunicado da demissão tão logo chegasse a Natal. Se até a próxima terça-feira, dia do confronto contra o Paraná, no Nazarenão, o novo técnico não tiver se apresentado, Leandro Sena vai comandar a equipe. Os gols dos pernambucanos foram marcados por Tobi, Neto Baiano e Lucas Lima.
Flávio Japa/FotoarenaApesar de ter montado um ataque com jogadores velozes, Pintado não conseguiu surpreender o Sport. Pardal foi parado pela zagaApesar de ter montado um ataque com jogadores velozes, Pintado não conseguiu surpreender o Sport. Pardal foi parado pela zaga

Pintado assumiu o comando americano logo após a derrota para Chapecoense. Ele disputou dez partidas pelo clube e conseguiu 3 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. O aproveitamento foi de 40%. O América terá o quarto técnico na série B.

O América que necessitava ganhar para se ver livre da ameaça de retornar a zona de rebaixamento na atual rodada, praticamente assistiu ao Leão jogar em toda a primeira etapa. Montado de forma a explorar a velocidade, o time potiguar sentiu dificuldade na armação das jogadas e praticamente não levou perigo ao gol pernambucano. O lance mais agudo nos primeiros 45 minutos, partiu de um cruzamento de Chiquinho Alagoano, pelo lado direito, que o lateral-direita Patrick se antecipou para evitar o complemento de Adraino Pardal, isso ocorreu aos 38 minutos.

Antes disso, o Sport já havia se aproveitado de uma falha coletiva do sistema defensivo americano, para abrir o placar aos 16, quando após a cobrança de um escanteio pelo alto, a bola passou por Edson Rocha e Cleber, mas não passou por Tobi, zagueiro que se arriscou no ataque e acabou surpreendendo os defensores alvirrubros, tocando a bola para o fundo da rede.

A situação só não ficou pior, por que o goleiro Andrey, em noite inspirada, salvou alguns lances de perigo. No principal deles, o volante Rithely, que havia marcado três gols no confronto do primeiro turno em Ceará Mirim, arriscou um chute de fora da área, a bola acertou a trave esquerda do goleiro, percorreu uns seis metros por cima da linha e Andrey evitou que ela ultrapassasse a marca fatal, impedindo o segundo gol rubro-negro.

O segundo tempo não foi diferente, o camisa um americano continuou sendo o melhor jogador do alvirrubro, mas mesmo fazendo milagre, não conseguiu evitar o pior. Depois de sofrer um susto numa cobrança de falta de Raí, quando Magrão fez sua defesa mais difícil na partida, a resposta do Sport foi fatal, em dois minutos marcou duas vezes. A primeira foi com o atacante Neto Baiano, concluindo de bico uma boa jogada de Patrick, aos 23. No lance seguinte, Lucas Lima recebeu passe na entrada da área, percebeu Andrey adiantado e tocou com categoria para fechar a conta aos 24 minutos da etapa final.

Depois o time pernambucano apenas administrou a fácil vitória, uma vez que o América não conseguiu produzir bem em campo. Tanto que ao término da partida, Andrey resumiu a atuação do time como “perto de um desastre”.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • jaimec42

    Amigos dirigentes americanos. O Problema do América não é de técnico e sim de JOGADORES, já que o elenco é composto quase que totalmente por PERNAS DE PAU, salvando-se apenas o CASCATA que está machucado e não pode fazer nada. FAÇAM FAVOR, MUDAR O TÉCNICO não é a solução, se fosse o América estaria no G-4 pois quase toda semana muda de técnico.

  • abcfalcao

    Só n?o concordo com a parte do goleiro que estava em noite inspirada, para mim ele falhou em 2 dos 3 gols sofridos. No terceiro gol, ele chegou a recolher a m?o.

  • ibcosta1

    Sem um bom elenco, os times do RN patinam.Não dá para enfrentar nem um time no máximo razoável como o sport.Talvez com o Estádio novo, tenhamos rendas muito maiores para cobrir as despesas, e formar um grupo mais capacitado.

  • aflaviofagundes

    Enquanto os clubes forem administrados por oportunistas com projetos pessoais (políticos) vai ser assim: se subir, vai fazer vergonha na "A" a luta vai ser sempre para não cair. A visão é tão sem compromisso que temos o caso do Rodriguinho, não serviu para o futebol do RN e serve para o futebol de SP.

  • pitanga1004

    Quem vai pintar agora para o lugar do Pintado ?