Ampliando nossa reserva ambiental

Publicação: 2018-01-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Carlos Eduardo
Prefeito de Natal

Na última segunda-feira entregamos oficialmente à cidade documento que acrescenta 12 hectares à área do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, que passa de 136 para 148 hectares com a anexação de terreno contiguo em parte do qual hoje está o Horto Pitimbu, agora integrado ao Parque e ganhará uma trilha nova permitindo a sua visitação. Embora pareça pouco essa é uma medida de suma importância. No final do ano passado, assinei a adesão de Natal ao Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, que vem a ser a maior aliança de cidades e governos comprometidos com a luta contra as mudanças climáticas, para mitigar os problemas decorrentes do efeito estufa, plantando e incentivando o plantio de novas árvores na cidade. Nessa esteira, destacamos o acréscimo de mais de 5 mil mudas de árvores na área do Parque nesses últimos dois anos.

O Parque, agora ampliado, ganha mais extensão territorial justamente para aumentar as ações de lazer e as atividades esportivas, educativas e de multiplicação de conhecimento e conscientização socioambiental que regularmente tem oferecido aos natalenses e também aos nossos visitantes do país e do exterior. Além disso, por estar localizado no coração geográfico da cidade, tem permitido unir comunidades e realidades sociais de uma forma pouco vista em áreas urbanas, constituindo-se assim em equipamento urbano de interação social, ao integrar as comunidades das regiões sul e oeste de Natal.  E o interessante de tudo isso é que essa união acontece precisamente em defesa do meio ambiente e da conscientização ambiental e cidadã, aliando de forma singular os interesses sociais da cidade e a preservação de nossa maior reserva ambiental.

Nunca é demais lembrar dois pontos relevantes. A escolha daquela área para implantar tal equipamento urbano é plenamente justificável por conter um dos maiores aquíferos da cidade, responsável pelo abastecimento de grande parte de Natal, que assim fica definitivamente livre de ações poluentes. O outro ponto é motivo de orgulho para a nossa cidade por ser obra reconhecida internacionalmente, de autoria do grande mestre da arquitetura mundial Oscar Niemeyer, que além de genial foi extremamente benevolente, pois nada cobrou pela idealização do projeto, que foi uma das 35 obras escolhidas pelo próprio arquiteto para compor sua última exposição que percorreu as principais capitais brasileiras.

Os efeitos do aquecimento global já são sentidos em todo o mundo. É preciso agir hoje para que haja amanhã e essa é uma ação que se projeta no futuro. A cidade ganha com essa ampliação de um dos nossos patrimônios, que tem relevância imensurável para a qualidade de vida de nossa gente. Mais que preservar a rica biodiversidade de nossa fauna e nossa flora, esse equipamento urbano configura-se assim como protagonista do nosso compromisso com o meio ambiente e o crescimento sustentável de Natal.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários