Ana Cláudia Silva conquista quatro medalhas no Sul-Americano de Ginástica Artística

Publicação: 2009-11-03 14:27:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ela está de volta ao topo! Depois de passar seis meses sem competir por conta de uma lesão no cotovelo, a ginasta Ana Cláudia Silva mostrou alto desempenho no Campeonato Sul-Americano de Ginástica Artística, que se encerrou nesta segunda-feira, em Sagomoso, na Colômbia. A potiguar conseguiu quatro medalhas, sendo três de prata e uma de ouro.

Depois de seis meses sem competir, a atleta potiguar conseguiu medalhas em todas as provas que disputouA medalha de ouro foi conquistada na disputa por equipes e as pratas vieram no individual geral, no solo e na trave de equilíbrio. Ana chegou a se emocionar com esse desempenho, por saber que todo atleta passa por dificuldades quando está voltando a competir depois de um longo período.

“Nenhum atleta volta de uma lesão perfeito, até porque somos pessoas, não máquinas. Existe uma readaptação natural. Por isso, fiquei muito feliz com o meu desempenho neste Sul-Americano, porque superei até mesmo as minhas expectativas. Conquistei medalhas em todas as provas. Foi perfeito”, declarou a atleta, que abdicou do disputar medalhas nas barras assimétricas e no salto sobre cavalo, para evitar desgaste físico neste retorno.

Um obstáculo que a ginasta teve que superar foi as críticas. Durante o período que passou lesionada, ela ouviu diversos comentários maldosos sobre o seu futuro, que, no final, só contribuíram para ela se motivar ainda mais para mostrar que não é apontada como a principal ginasta da Seleção Brasileira neste ciclo olímpico à toa.

“Quando passamos por períodos de dificuldades sempre vem alguém querendo nos colocar para baixo, dizendo que não dá mais para recuperar. Só que pela terceira vez na carreira passei por uma contusão séria e volto a competir com bom desempenho.”, ressaltou Ana Cláudia, que se recuperou de contusões em períodos próximos as competições mais importantes da carreira, o Pan do Rio de Janeiro (quando conseguiu medalha de prata) e as Olimpíadas de Pequim (onde participou de duas finais).

As críticas também aconteceram pelo fato da ginasta ter se recusado a participar de três competições importantes. Ana Cláudia Silva foi convocada para representar o Brasil no Campeonato Mundial,no Torneio Internacional da Itália e na Copa da Suíça, mas viu que ainda precisava de um melhor condicionamento, para disputar tais competições.

“Muita gente não entendeu porque eu fiz isso, mas tenho que pensar o futuro, não podia me arriscar de uma forma que colocasse a minha carreira em risco. Eu e meu clube esperamos a melhor hora para voltar e avaliamos que fizemos a escolha certa. A expectativa agora é só de evoluir cada vez mais”, disse a ginasta.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários