Antiga gráfica da FJA será a Livraria Manimbu

Publicação: 2019-11-09 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Natal ganhará uma nova livraria – e o que é mais surpreende, não será no shopping. A novidade é fruto da parceria entre a Fundação José Augusto (FJA) e o livreiro Aluísio Azevedo. O nome será Livraria Manimbu, pois ocupará justamente o local onde está instalada a gráfica pública Manimbu, na Rua Açu, 666, no Tirol (exatamente por trás da FJA). A inauguração será na segunda-feira (11), a partir das 17h30, com apresentação musical dos instrumentistas Alexandre Moreira e José Anchieta.

Ao lado do diretor da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, o livreiro aluísio Azevedo, ex-Nobel, vai gerenciar o espaço
Ao lado do diretor da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, o livreiro aluísio Azevedo, ex-Nobel, vai gerenciar o espaço

O novo espaço literário abre com acervo de mais de cinco mil títulos, grande parte deles de autores potiguares. A proposta é justamente fomentar entre o público a aquisição de obras de autores locais à preços populares, principalmente para estudantes da rede pública de ensino. Mas a maior parte das prateleiras estará ocupada com livros de autores nacionais e estrangeiros, seja no âmbito da ficção ou da não-ficção.

A livraria também abrigará um café com espaço para conversas, além de uma programação de saraus poéticos, shows musicais e lançamentos livros.  “Se há quem acredite que os livros ou livrarias irão se acabar, nós que defendemos a literatura e seu poder transformador, temos de ir exatamente no caminho oposto. Por essa razão, temos essa iniciativa que proporcionará aos natalenses e visitantes, um espaço compartilhado com a já existente Gráfica Manimbu”, afirma o diretor-geral da FJA, Crispiniano Neto.

A livraria funcionará de segunda a sábado no horário das 9h às 19h na Rua Açu, 666 –Tirol (por trás do prédio da Fundação José Augusto). Informações pelo telefone 2030-3036.

Outra atração é a reabertura da Galeria Newton Navarro, que volta a ganhar um calendário de exposições individuais e coletivas de artes visuais. A retomada ocorre com a exposição “Ser-Tons – Cinzas, Marrons, Ocres", das artistas Socorro Soares e Lenira Costa. A coletiva é composta de 20 peças, dentre trabalhos em papel craft, assemblage e tinta sobre couro natural de boi. O tema gira em torno da cultura sertaneja.



Serviço

Inauguração da Livraria Manimbu

Dia 11 de novembro, às 17h30

Rua Açu, 666, Tirol (por trás da FJA)

Informações: 2030-3036.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários