Após atraso nos testes, RN recebe 22 novos kits para detectar coronavírus

Publicação: 2020-04-09 14:22:00
A+ A-
O secretário de saúde do Estado, Cipriano Maia, informou que os  kits de processamento automático para identificar o coronavírus acabaram no Rio Grande do Norte e atrasaram a análise dos exames nesta quarta-feira, 8. A análise dos exames foram feitas de maneira manual para não interromper o serviço. No início da tarde desta quinta-feira, 9, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) informou que 22 novos kits de testes automáticos foram recebidos.

Créditos: Divulgação


A testagem automática leva entre dois e três dias para ter o resultado. O secretário não informou qual a média esperada com a análise manual, mas disse que isso pode ter influenciado a falta de novos casos confirmados nesta quinta-feira, 9.

"Permanecemos com o mesmo número de confirmados, mas isso pode ser uma influência da falta dessa testagem automática. Continuamos fazendo testes, mas em menor número porque se trata de algo manual", disse.

Entre os boletins desta quarta-feira e quinta-feira, apenas 14 testes foram realizados. Todos deram negativo. O número cresceu de casos descartados cresceu de 975 para 989, enquanto os confirmados permanecem em 261.

"Os kits automatizados nos permitem uma rapidez maior na etapa de extração do exame. É um equipamento que faz 96 extrações das secreções coletadas em duas horas. Estávamos fazendo isso de forma manual pelos profissionais bioquímicos, por essa razão não tivemos alteração no número de casos confirmados", explicou Derley Galvão, diretor do Laboratório Central do Rio Grande do Norte.

Os 22 kits automáticos para recebidos podem realizar cerca de 2,1 mil exames somados.












Deixe seu comentário!

Comentários