Natal
Após determinação da Justiça, Capim Macio ganha Parque Ecológico
Publicado: 00:00:00 - 27/06/2021 Atualizado: 13:25:42 - 26/06/2021
Cláudio Oliveira
Repórter

Já estão em andamento as obras de construção do Parque Ecológico de Capim Macio, no bairro homônimo, na zona Sul de Natal. O equipamento público é uma reivindicação da população que aguarda há oito anos a reestruturação da área, que fica entre as ruas Ismael Pereira da Silva, Missionário Joel Carlson, Industrial João Mota e Antônio Farache e que foi determinada pela Justiça para ser mantida como parque público.

Alex Régis
Equipamento fica entre as ruas Ismael Pereira da Silva, Missionário Joel Carlson, Industrial João Mota e Antônio Farache, área determinada pela Justiça para parque público

Equipamento fica entre as ruas Ismael Pereira da Silva, Missionário Joel Carlson, Industrial João Mota e Antônio Farache, área determinada pela Justiça para parque público


Leia Mais

No último dia 29 de abril foi publicado no Diário Oficial do Município de Natal o resultado do julgamento da tomada de preços destinada à contratação da empresa. Com a proposta no valor de R$ 1.277.830,49, a empresa Emko Construtora Eireli venceu o certame e a ordem serviço foi assinada neste mês de junho.

As obras foram iniciadas há cerca de duas semanas. "Já removemos os pisos do entorno da área e estamos construindo novos. No momento, também estamos fazendo a podagem das árvores", explicou o encarregado pela obra, Rainel Rodrigues. Segundo informou, 30 operários estão envolvidos no serviço. "Vamos entregar em seis meses e esse tempo já inclui imprevistos de dias de chuva", reforçou.

A área de 39.963,65 m² está cercada por tapumes e, segundo o Secretário Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur), Irapoã Nóbrega, vai abrigar vários equipamentos destinados à prática de atividade física, esporte e lazer, além de ambientes adequados a sociabilidades, reuniões e eventos. "É mais um parque ecológico para a população de Natal. Teremos pista de cooper interna e externa com a revitalização do passeio externo, bicicletário, área de convivência com playground e academia da terceira idade e, depois da conclusão dessa primeira etapa, estamos planejando um segundo projeto para incluir um cachorródromo, abrindo um espaço melhor para os pets", declarou o secretário.

A área externa contará com calçada seguindo os padrões da NBR 9050 - Normas Técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) - contornando todo o quarteirão, que inclui uma lagoa de captação já existente, além de 57 vagas de estacionamento distribuídas no entorno do parque. O projeto em execução prevê também a instalação de quadra poliesportiva com arquibancada, pátio para eventos, conselho comunitário e oficina para cursos e práticas de atividades manuais. Mantendo ainda vestígios de Mata Atlântica, está prevista a revitalização do paisagismo através do projeto Planta Natal, que já iniciou o replantio de mudas nativas.

Irapuã Nóbrega esclareceu que a gestão e administração do parque ainda está em fase de discussão. "A gestão da área ainda não está definida se ficará a cargo da Semsur ou da Semurb (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo), mas o uso vai ser aberto à população, sendo que a parte interna terá apenas uma entrada e uma saída por questão de controle, manutenção e segurança do parque, assim como se faz nos outros da cidade", explicou.

A exemplo das recentes praças e equipamentos urbanos entregues pela Prefeitura de Natal, o novo parque terá todo o sistema de iluminação modernizado em LED de alta potência trazendo além dos outros benefícios, mais segurança para a região, já que deve tornar o trecho mais iluminado e movimentado. "Aquela região tem poucas praças, então será mais um espaço de bem-estar para os moradores para a convivência e prática esportiva numa área arborizada e estruturada", destacou o secretário da Semsur.

Leia também