Após dia sem confirmação de óbitos por Covid-19, RN soma 31 mortes em 24 horas

Publicação: 2020-07-08 12:25:00
A+ A-
Mais 31 mortes e 673 novos casos do novo coronavírus foram confirmados nas últimas 24 horas no Rio Grande do Norte. Foi o que informou, na tarde desta quarta-feira (8), o secretário-adjunto de Saúde do estado, Petrônio Spinelli. O Rio Grande do Norte chegou à soma de 36.493 infectados e 1.322 mortes.
Créditos: DEMIS ROUSSOSPetrônio Spinelli detalhou dados sobre a pandemia no RNPetrônio Spinelli detalhou dados sobre a pandemia no RN

De acordo com os dados informados em coletiva de imprensa, outras 50.065 pessoas permanecem como suspeitas de estarem infectadas, enquanto 191 mortes permanecem em investigação para saber se ocorreram em decorrência da Covid-19. Esses números, que podem ser decorrentes de outros vírus e doenças, também cresceram nas últimas 24 horas.

Na estimativa de Petronio Spinelli, aproximadamente metade dos suspeitos devem ter o diagnóstico de Covid-19 confirmado, assim como a expectativa é que pelo menos 50% das mortes em investigação sejam confirmadas com o novo coronavírus como causa.

As chances de ser coronavírus é muito grande porque estamos no pico da pandemia, é natural que haja mais casos confirmados da doença que está no pico", informou Spinelli, que também é médico infectologista.

O secretário-adjunto também defendeu a suspensão da segunda fração da fase inicial de retomada econômica. Apesar da decisão, as maiores cidades potiguares, Natal e Mossoró, seguiram com a reabertura. "O decreto do Estado levou em conta os critérios científicos. Estamos sendo muito prudentes para salvar vidas", disse, sem se referir à decisão dos prefeitos.

Ainda na coletiva, Spinelli disse que a decisão do Governo de não liberar a retomada da economia na fração 2 "não tem nada de atrito com ninguém". "É uma decisão técnica, essencialmente para salvar vidas", acrescentou Spinelli ao ser perguntado sobre a divergência entre o decreto estadual e os decretos municipais.