Taxista é sequestrado e preso nu em porta-malas, mas consegue escapar

Publicação: 2019-02-11 10:53:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um taxista foi assaltado e feito de refém por dois criminosos na madrugada desta segunda-feira (11) após aceitar uma corrida. Segundo a Polícia Militar, o assalto aconteceu em Natal, e o motorista só conseguiu se livrar dos bandidos em Currais Novos, Seridó potiguar, depois de escapar do porta-malas do táxi, onde foi mantido preso.

De acordo com a vítima, um homem de 49 anos, dois indivíduos o abordaram para uma corrida na Rodoviária de Natal. O destino final seria a Rua São José, no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste da cidade. Ao chegar no destino solicitado, a dupla anunciou o assalto. O condutor foi obrigado a entregar o dinheiro e outros objetos de valor. Ele tentou fugir, porém, acabou contido pela dupla e feito de refém.

Os dois homens seguiram no táxi com o motorista por rodovias federais e entraram em estradas de terra. Em um dos trechos dessa estradas, eles pararam o veículo e colocaram a vítima no porta-malas. Na segunda parada, retiraram ele do bagageiro, despiram e amordaçaram, e novamente foi trancafiado no porta-malas, totalmente nu.

Taxista foi sequestrado e mantido preso dentro de porta-malas
Taxista foi sequestrado e mantido preso dentro de porta-malas

Durante o sequestro, na BR-226, já em Currais Novos, ele conseguiu abrir o porta-malas sem que os dois assaltantes percebessem, no entanto, não pulou do carro porque ele estava em movimento. Quando a dupla parou em um posto de combustível para abastecer, ele conseguiu sair do táxi correndo, sem roupas e se escondeu. Os bandidos fugiram, e ele conseguiu pediu ajuda.

A Polícia Militar foi acionada e teve início uma série de buscas pela região. Policiais das cidades de Acari, Lagoa Nova, Currais Novos e Cerro Corá montaram um cerco para tentar localizar os criminosos. Após a realização de diligências na área, o táxi foi encontrado às margens da RN-041, e logo depois, os dois criminosos localizado em uma área de mata.

A dupla, um homem de 21 anos e outro de 29, confessaram o crime e afirmaram que beberam e não agrediram o taxista. Eles foram encaminhados para uma Delegacia em Currais Novos. A vítima passa bem, e teve seus pertences devolvidos, mais o carro.










continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários