Natal
Apenados cavam túnel para fuga em massa em Alcaçuz
Publicado: 17:31:00 - 10/09/2011 Atualizado: 07:36:37 - 12/09/2011
Guia Dantas - repórter

Os agentes penitenciários de plantão na tarde deste sábado (10), na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, evitaram uma fuga em massa, de aproximadamente 150 presos que cavaram um túnel (de cinco metros de profundidade e 13 de comprimento) entre o pavilhão quatro e o muro que circunda a estrutura do presídio.  

Os apenados aproveitaram o horário de visita dos pavilhões dois e três e as duas horas de paralisação dos agentes penitenciário que protestavam contra o anúncio do governo de não pagar o reajuste salarial já previsto em lei, cuja previsão de implantação era o mês de setembro. “Essa é um alerta para o governo saber que poderemos entrar em greve por tempo indeterminado, caso esse acordo seja quebrado”, afirmou a vice-presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Prisional do RN (Sindasp/RN), Vilma Batista. Os agentes prometem uma nova paralisação para a manhã deste domingo (11).

Um plantonista em Alcaçuz no momento da descoberta do túnel informou à reportagem que a fuga estava prevista para ocorrer às 18h, segundo relato de um dos apenados. “Eles souberam do tumulto de hoje de manhã quando fizemos a primeira paralisação e aproveitaram para bolar um plano de evasão do local”, registrou o servidor público.

A vice-presidente do Sindasp lamenta o ocorrido e chama o governo a dialogar com os profissionais da área. “Só em saber que os agentes iriam passar duas horas cavaram um túnel e iam fugir em massa. Os agentes mesmo com a precariedade do sistema prisional foram fazer revista de rotina e encontraram isso. Não se furtaram em desenvolver o trabalho deles, mesmo com essa posição do governo”, finalizou Vilma Batista.

* Alterada para correção ortográfica.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte